Acusado de matar ex-companheira em SP pode estar escondido no Sul da Bahia

A polícia está procurando por Carlos Augusto Santos Silva, de 31 anos, apontado como autor do assassinato da ex-companheira, a estudante de direito Talita Santos Santana, de 27 anos. O crime foi registrado no último dia 13 de fevereiro, em Santana, na zona norte de São Paulo. O mandado de prisão contra o homem foi expedido pela Justiça paulista.

Segundo o que foi apurado pela reportagem do Bahia em Dia, a vítima foi morta a facadas enquanto dormia na casa onde vivia com o filho que tinha com o acusado. O casal havia se separou há alguns meses depois que a mulher descobriu que era traída. Talita tinha medida protetiva determinada contra Carlos Augusto que, mesmo separados, já havia agredido e ameaçado a ex-companheira.

O crime tomou repercussão nacional, chegando a passar no Programa Balança Geral da Record TV – veja a matéria abaixo.

Denúncias sobre o paradeiro de Carlos Augusto podem ser repassadas pelo telefone 190. Informações dão conta que o acusado fugiu após o crime e pode estar em território baiano, mais provavelmente na região dos municípios de Itabuna e Itapé, onde residem seus parentes.

(Bahia em Dia)