Prefeito é preso e confessa estupro de menina de 8 anos em SP


O prefeito interino de Bariri (SP), Paulo Henrique Barros de Araújo (PSDB), de 34 anos, foi preso na manhã deste sábado por raptar e abusar de uma menina de 8 anos, no Vale do Igapó, em Bauru (SP). De acordo com a polícia, ele confessou ter estuprado a menor.

Após o registro da ocorrência por flagrante de estupro de vulnerável, Araújo foi levado à cadeia de Barra Bonita, às 19h50min. Ele deverá passar por audiência de custódia neste domingo, em Bauru.Segundo apurou a Polícia Militar, que efetuou a prisão, o interino pegou a criança num conjunto residencial e se dirigiu até um matagal, onde o carro acabou caindo em um buraco. A menina conseguiu se desvencilhar do prefeito, correu e pediu ajuda a um casal. Araújo foi encontrado caminhando entre árvores. Ele tentou fugir e entrou em luta corporal com os policiais. De acordo com o registro policial, o político aparentava estar sob efeito de drogas. Uma perícia vai verificar se houve relação sexual.

O preso é presidente da Câmara de Vereadores de Bariri, cidade com cerca de 35 mil habitantes, e está no cargo de prefeito desde o início do ano passado. Em nota, a Câmara de Bariri anunciou que, na segunda-feira, de posse do registro policial, vai entrar com pedido de quebra de decoro e afastamento do prefeito. Também será discutido quem assume o cargo de prefeito até a nova eleição marcada para junho.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) marcou novas eleições para 3 de junho, pois, após o pleito de 2016, os candidatos a prefeito e vice da chapa mais votada – Francisco Leoni Neto e Benedito Mazotti, ambos do PSDB – tiveram o registro indeferido com base na Lei da Ficha Limpa.

Jitaúna: Colisão entre três veículos deixam ao menos duas pessoas feridas na BR-330


Um veículo modelo Duster colidiu numa motocicleta no início da noite deste sábado (21), por volta das 18hs, na rodovia BR-330, próximo ao povoado da Vila Temão, município de Jitaúna.

Segundo informações da policia, o condutor do Duster de placa OZJ-2454, Tito Rebouças Ribeiro colidiu no fundo da motocicleta conduzida por Israel Souza Pereira e o seu carona Nadsol Pereira Santos, que com o impacto da colisão a dupla projetou-se ao solo vindo a ter serias lesões pelo corpo. As vitimas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital Prado Valadares em Jequié.

Ainda de acordo a PM após o Duster colidir na motocicleta um veículo modelo Palio conduzido por Edonicio de Souza Reis colidiu na traseira do Duster causando apenas perdas materiais. Já os condutores não sofreram ferimentos. A Polícia Militar esteve no local registrando a ocorrência. Segundo a PM, o condutor do carro estava vindo sentido Jitaúna quando deparou com a moto que vinha no mesmo sentido provocando o acidente. As causas serão apuradas.

(Jitaúna em Dia)

Ipiaú: Perseguição acaba em tiroteio e morte na zona rural


Os moradores da pacata região da Água Branquinha, na zona rural de Ipiaú foi surpreendida na tarde deste sábado (21) com o que parecia ser cena de um verdadeiro filme hollywoodiano.

Moradores relataram que por volta das 15h30, dois veículos em alta velocidade percorreram as estradas vicinais que dão acesso à região do Hotel Fazenda em um intenso tiroteio entre eles.

De acordo com os relatos, em dado trecho daquela estrada, um homem desembarcou do veículo que seguia à frente e fugiu sentido à uma roça de cacau, sendo alvejado por alguns dos vários tiros disparados pelos ocupantes do segundo veículo. Nesse tiroteio, alguns animais foram atingidos e morreram.A Polícia Militar foi acionada e ao chegar no local não encontrou os possíveis envolvidos no confronto, contido, com a ajuda de moradores da região, um homem foi encontrado baleado em meio ao matagal. Os militares prestaram socorro conduzindo a vítima até o Hospital Geral de Ipiaú, mas o mesmo não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

A motivação do confronto ainda está sendo investigada, assim como a confirmação de que de fato o documento encontrado com a vítima pertença ao mesmo de fato. Na Certidão de Nascimento encontrada constava como sendo Alexandre de Souza Balbino, 33 anos de idade e natural da cidade de Ilhéus.

Buscas continuam sendo feitas na região na intenção de localizar os demais envolvidos ou até mesmo alguma outra vítima que possa ter sido alvejada no confronto.

(Ipiaú Online)

Sem foro privilegiado, José Ronaldo é alvo de ação movida desde 2013


Renunciar ao mandato de prefeito da segunda maior cidade do estado, Feira de Santana, para disputar o cargo de governador da Bahia, nas próximas eleições, previstas para outubro, pode não ter sido a melhor escolha para o pré-candidato democrata José Ronaldo (DEM), que substituiu ACM Neto, após a desistência do prefeito de Salvador em concorrer ao pleito. Segundo o advogado especialista em Direito Processual, Edilson Amorim Jr, com a renúncia, José Ronaldo não possui mais foro privilegiado e poderá ser julgado por um juiz de primeiro grau e condenado por crime de responsabilidade, em ação corrente na justiça desde 2013.

Movida pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), a Ação Penal Pública a qual responde, de número 0023133-08.2013.8.05.0000, apresentada por meio da procuradoria- geral e promotoria de justiça, denunciou José Ronaldo, e o então motorista, Constantino Portugal, por indícios de crime contra o sistema previdenciário. Na peça processual, as promotoras Ana Rita Rodrigues e Sara Souza, proferem que: “consta das peças informativas coligidas nos autos do inquérito policial nº 0531/2011-4-SR/DPF/BA, instaurado pela Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários para apurar suposta prática de estelionato previdenciário, que o segundo denunciado, na condição de beneficiário de aposentadoria por invalidez, figurava, concomitantemente, na base de dados do CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) como servidor temporário da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, o que tornava ilegal a manutenção do referido benefício previdenciário”. (mais…)

Ministério Público abre inquérito contra Alckmin por suspeita de caixa 2


O Ministério Público de São Paulo abriu inquérito contra o ex-governador do Estado Geraldo Alckmin (PSDB) por suposto ato de improbidade. Alckmin, pré-candidato à Presidência da República, teria se beneficiado de valores estimados em R$ 10,5 milhões repassados para suas campanhas de 2010 e 2014 via Caixa 2.
Assinam a peça Otávio Ferreira Garcia, Nelson Luis Sampaio de Andrade e Marcelo Camargo Milani, todos da promotoria de defesa do patrimônio público. Os promotores usam o artigo 11 da Lei de Improbidade para embasar o procedimento. O artigo 11 estabelece que “constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade as instituições”.
Na semana passada, a ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça, remeteu para a Justiça Eleitoral de São Paulo o inquérito contra Alckmin que tramitava na Corte Superior. Em tese, a prática de Caixa 2 da qual Alckmin supostamente se favoreceu é de competência eleitoral.

Copa Intervale terá arbitragem da CBF em clássico entre Gandu x Laje, nesse domingo (22)


Preocupada com os erros de arbitragem dos últimos jogos pela Copa Intervale, a organização do campeonato escalou para este domingo (22), na partida entre Gandu e Laje, um árbitro da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Jailson tem experiência de anos atuando em partidas das finais de campeonatos como Copa do Nordeste, Baiano e Campeonato Brasileiro da série A. Ao longo da carreira, Jailson já apitou 6 finais do campeonato intermunicipal e é considerado pela crítica o melhor árbitro da história do futebol baiano. 

A Seleção entra em campo neste domingo (22), no estádio Macaxeirão, às 15h, com a vantagem do empate para se classificar para as semifinais. A torcida promete lotar o estádio para incentivar a equipe. A participação da seleção na Copa Intervale tem o apoio da Liga Ganduense de Futebol, Secretaria Municipal de Esporte e Prefeitura.

(Sul Bahia1)

Joesley afirma que pagava mesada de R$ 50 mil para Aécio por meio de rádio


O empresário Joesley Batista afirmou, em depoimento à Procuradoria-Geral da República (PGR), que pagou uma mesada de R$ 50 mil ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) entre 2015 e 2017. O dinheiro chegava ao tucano por meio de pagamentos feitos pela JBS à rádio Arco Íris, afiliada da Joven Pan em Belo Horizonte, da qual Aécio foi sócio.

Ainda segundo o relato de Joesley, o senador pediu a mesada a ele durante um encontro no Rio. Nas palavras do delator, Aécio disse que usaria o dinheiro para “custeio mensal de suas despesas”. As informações são da edição desta sexta-feira do jornal “Folha de S.Paulo” e foram confirmadas pelo GLOBO.

De acordo com a reportagem, além de fazer o relato do pagamento das mesadas, Joesley entregou para os investigadores 16 notas fiscais de R$ 54 mil emitidas pela rádio no período em nome da JBS. Os recibos têm como justificativa a prestação de “serviço de publicidade”, em forma de “patrocínio do Jornal da Manhã”, um dos programas da rádio.

Joesley não esclareceu, no depoimento, a diferença de R$ 4 mil no valor das notas e na mesada acertada com Aécio. Ele relatou não saber se as propagandas de fato foram veiculadas, mas reforçou que sua intenção era repassar a mesada para ter bom relacionamento com tucano, candidato à Presidência da República em 2014.

O último pagamento da JBS a Aécio, segundo a “Folha”, ocorreu em junho de 2017, um mês após vir à tona a delação dos executivos do grupo. Em um dos pontos da colaboração, Joesley gravou o senador tucano lhe pedindo R$ 2 milhões. Parte do dinheiro foi entregue a um primo de Aécio, Frederico Pacheco. Aécio, Pacheco e a irmã do senador, Andrea, tornaram-se réus neste processo no Supremo Tribunal Federal (STF) na última terça-feira.

À “Folha”, o advogado Alberto Toron, que defende Aécio, negou o pagamento de uma mesada e afirmou que Joesley se aproveita de uma “relação comercial lícita” para “forjar mais uma falsa acusação” contra o senador mineiro.

Ibirataia: Motociclista fica ferido após colidir em carro que tentava fazer retorno


Um motociclista, identificado apenas como Marcos, se feriu após colidir a moto em um carro que tentava fazer um retorno na Avenida Aurelino Coelho Lima, nas imediações da Rodoviária de Ibirataia. O acidente aconteceu na noite desta quarta-feira (18).De acordo com informações repassadas ao Bahia em Dia, a moto e o carro trafegavam no mesmo sentido, quando o condutor do automóvel tentou realizar o retorno e foi atingido pela moto, que realizava uma ultrapassagem. Ainda de acordo com informações, o condutor do veiculo, identificado como Elias Neto, permaneceu no local dando apoio e preocupado com a vitima. O motociclista recebeu os atendimentos do SAMU e em seguida foi levado ao Hospital Geral de Ipiaú, mas passa bem.

(Bahia em Dia)

Iramaia: Homem sai para caçar com amigo e morre após ser baleado na testa


Um homem de 36 anos morreu ao ser atingido acidentalmente no rosto por um disparo de arma de fogo durante uma caçada. De acordo com o Blog Marcos Frahm, o fato aconteceu às 12h desta terça-feira (17), no Assentamento Boa Sorte, área rural do município de Iramaia.

Ainda de acordo com o blog, Ailton Alves Nogueira havia saído de casa para caçar com o amigo Vanderlei Chagas Guimarães. Durante a caçada, Vanderlei teria disparado um tiro de garrucha que alvejou Ailton na testa, tendo a vítima ido a óbito no local. O amigo procurou o pai da vítima, Daniel Alves Nogueira, para informar sobre o ocorrido e posteriormente evadiu.

A Polícia Militar foi chamada e constatou o óbito, acionando a Polícia Civil e o Departamento de Polícia Técnica de Jequié que providenciaram o encaminhamento do corpo ao Instituto Médico Legal. De acordo com a ocorrência policial, Ailton e Vanderlei eram amigos e nunca tiveram desavença. O caso será investigado pela Delegacia Territorial de Iramaia.

Itamari: Ex-prefeitos ‘Nego’ e ‘Miquinha’ têm contas rejeitadas pelo TCM


O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta terça-feira (17/04), rejeitou as contas da Prefeitura de Itamari, da responsabilidade de Valter da Silva Júnior, o “Nego”, e Erivaldo Andrade Silva, o ”Miquinha”, relativas ao exercício de 2016. O relator do parecer, conselheiro Plínio Carneiro Filho, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra os gestores em razão do descumprimento do artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal – restos a pagar sem recursos disponíveis – e por irregularidades em licitações.

Nego, que ficou no cargo no período de 01/01 a 06/07 de 2016, foi multado em R$15 mil e terá que restituir aos cofres municipais, com recursos pessoais, a quantia de R$110.985,04, devido a realização de despesas sem comprovação. Já o sucessor, Miquinha, responsável pelo período de 07/07 a 31/12 de 2016, foi multado em R$7 mil.

A relatoria apurou que os recursos deixados em caixa pelo gestor, no montante de R$2.059.978,40, foram insuficientes para o pagamento das despesas inscritas como “restos a pagar e de exercícios anteriores”, resultando em um saldo negativo na ordem de R$2.200.902,86. Além de descumprir o disposto no artigo 42 da LRF, essa irregularidade também caracteriza a existência de grave desequilíbrio fiscal, e compromete o mérito das contas, impondo parecer pela rejeição por parte do TCM.

Os gestores também extrapolaram na despesa total com pessoal, vez que os gastos alcançaram o montante de R$14.144.075,88, que corresponde a 64,20% da receita corrente líquida do município, quando o limite máximo permitido pela LRF é de 54%.

O relatório técnico ainda destacou uma série de irregularidades formais em procedimentos licitatórios realizados no montante total de R$4.743.619,70, tais como ausências de comprovação de conformidade dos preços que orientaram o processo licitatório com os praticados no mercado, publicidade do resumo do edital e concorrentes para itens licitados. Cabe recurso da decisão.