Cantor da Banda Cacau com Leite sofre acidente de carro na BR-330, próximo a Ipiaú


Foto: Giro Ipiaú/Bruno Aragão

O cantor Ari PB, vocalista da banda de forró Cacau com Leite, sofreu um acidente de carro por volta das 15h30, desse sábado (01), na BR-330, trecho entre Jitaúna e Ipiaú. O cantor viajava sozinho, quando a barra da direção do veículo teria se rompido causando o acidente próximo a uma cascalheira, na chegada da cidade de Ipiaú. O carro saiu da pista e capotou numa ribanceira, parando cerca de 100 metros depois da rodovia.

Ari foi levado até o Hospital Geral de Ipiaú por uma guarnição da Polícia Militar. Nossa reportagem foi informada que o cantor não apresentava ferimentos e permanecia na unidade hospitalar para realização do exame de Raio X. O acidente foi registrado pela Polícia Militar de Ipiaú.
(Giro Ipiaú)

Ilhéus: Colisão entre ônibus e caminhão deixou vários feridos em São José


Um grave acidente envolvendo um ônibus da empresa São Miguel e um caminhão deixou vários feridos na manhã desta sexta-feira (31), na BA 262, trecho Ilhéus/Uruçuca. O acidente ocorreu por volta das 06h50 no distrito de São José, em Ilhéus.

De acordo com o portal de notícias Vermelhinho, o caminhão estava carregado de melancia e, por razões ainda desconhecidas, se chocou com o ônibus. No ônibus estavam estudantes, idosos e crianças de colo. A pista ficou bloqueada para o resgate dos feridos. As vitimas foram socorridas pelo Samu e encaminhadas para os hospitais da região. Por enquanto, as causas e a motivação do acidente ainda são desconhecidas.

Veja o vídeo:

Avião de pequeno porte faz pouso forçado na BR-110, em Olindina


Um avião monomotor, de pequeno porte, realizou um pouso forçado, na tarde desta quinta-feira (30), na BR-110, no povoado de Dona Maria, em Olindina.

De acordo com o G1, a aeronave, que saiu de Paulo Afonso, no norte do estado, com destino a Salvador, apresentou um problema mecânico e, pouco antes das 14hs, o piloto fez o pouso de emergência na altura do km 269 da BR-110, nas proximidades do referido povoado.

Ainda de acordo com G1, o piloto, que não teve identidade divulgada, não precisou de atendimento médico, mas foi submetido a teste de alcoolemia, que deu negativo. Já os dois passageiros da aeronave, um de 48 e outro de 49 anos, foram encaminhados por precaução ao Hospital Dantas Bião, em Alagoinhas. Após o pouso, o avião foi deslocado para o acostamento da rodovia para não bloquear a passagem de veículos no local.

Itapetinga: Sargento da PM é preso acusado de estuprar sogra de 70 anos


Um sargento da PM, de 47 anos, foi preso nesta terça-feira (28), suspeito de abusar sexualmente sua própria sogra, uma idosa de 70 anos, em Itapetinga, a 458 quilômetros de Salvador. O crime aconteceu no bairro Otávio Camões e foi descoberto após a esposa do sargento flagrar, junto com a filha do casal, o acusado estuprando a idosa que sofre com problemas de saúde.

De acordo com o comando da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Itapetinga), o policial foi localizado e encaminhado à delegacia da cidade, onde foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável. O comandante da unidade, Haroldo de Araújo Horta, disse em entrevista a um site da região que o acusado aparentava tranquilidade e não resistiu à prisão.

Em nota, a PM informou que o sargento foi apresentado na Corregedoria Geral da corporação, em Salvador, e posteriormente seguirá para a Coordenadoria de Custódia Provisória (CCP), no presídio em Mata Escura.

‘Eu queimei ele’, diz mãe suspeita de matar e esquartejar bebê em Itabuna


Uma mulher de 39 anos foi presa por suspeita de matar, queimar e esquartejar o filho, um bebê de um mês de idade, na cidade de Itabuna, revelou à polícia onde escondeu o cadáver. Ela desenterrou os restos mortais da criança após ter levado os investigadores até o local.

O corpo da criança foi escondido embaixo de uma árvore. De acordo com informações da Polícia Civil, o crime foi descoberto depois que familiares dela denunciaram o desaparecimento do bebê. O menino tinha sido levado de casa pela mulher e não retornou com ela. Rosemare de Oliveira disse que queimou a criança depois de perceber que ela estava morta e nega ter usado um canivete para ferir o filho. “Não usei canivete. Eu queimei ele. Ele estava morto. Eu sei que ele estava morto porque o corpo estava gelado. Eu não usei canivete nenhum nele, porque eu não ia maltratar meu filho. Não tem sangue meu ou dele, não tem marca nenhuma. Eu nunca usei esse canivete, eu só uso porque tenho medo de alguém fazer alguma coisa comigo. É uma auto-defesa minha”, revelou.

Conforme a polícia, em depoimento, a mãe contou que enterrou o filho depois que ele passou mal e morreu. No entanto, após desenterrar a criança, policiais do Departamento de Polícia Técnica (DPT) descobriram que o menino tinha sido assassinado. Segundo o DPT, o corpo dele estava esquartejado. De acordo com a polícia, a mulher sofre de depressão. Ela foi autuada por infanticídio e levada para a carceragem da Delegacia de Itabuna, onde está à disposição da Justiça. O caso está sob investigação da Polícia Civil. O corpo do menino foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Itabuna.

(G1)

Cantor sertanejo e músico são mortos a tiros durante festa no interior da Bahia


O cantor sertanejo Iago dos Santos Silva, de 23 anos, da dupla Thiago e Yago, e o músico Antônio Carlos Marçal Moreira, conhecido como Thony Matos, de 28 anos, foram mortos a tiros na madrugada de domingo (26), após uma discussão que teria sido motivada por ciúme, na cidade de Cotegipe, no oeste da Bahia. De acordo com informações da Polícia Civil, o crime ocorreu durante uma festa, em uma praça.

Conforme a polícia, as vítimas foram atacadas por três homens, que fugiram após a ação. Os suspeitos já foram identificados e tiveram prisão solicitada à Justiça. Os homens, que não tiveram as identidades reveladas, são procurados pela polícia.

Segundo o delegado Rivaldo Almeida Luz, coordenador da Polícia Civil na região, um dos suspeitos teria uma desavença pessoal com o cantor sertanejo Iago, por conta de uma namorada. O cantor seria o alvo dos tiros, que acabaram atingindo também o músico que estava com ele. Conforme o delegado, as vítimas morreram no local do crime. Os corpos dos dois foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Barreiras, também no oeste do estado.

(G1)

MP investiga mutirão de catarata que deixou pacientes cegos em Eunápolis


O Ministério Público da Bahia (MP-BA) apura um mutirão de cirurgia de catarata que deixou pacientes cegos na cidade de Eunápolis, no extremo sul do estado. De acordo com o órgão, os procedimentos foram realizados em julho de 2009, em uma clínica particular contratada pela prefeitura. Os dois médicos que atuavam no local chegaram a fazer 20 cirurgias por dia.

Conforme o MP, 73 pessoas foram atendidas durante o mutirão. Destas, 42 perderam a visão ou tiveram o sentido parcialmente prejudicado por conta das cirurgias. Laudos apontam que os pacientes foram infectados pela bactéria pseudomonas aeruginosa, que tem o solo como ambiente de origem. A bactéria, segundo o MP, é um indicativo de outras irregularidades que também foram apontadas durantes as investigações. Conforme os laudos, os médicos não tomaram cuidados de higiene durante os procedimentos, como o uso de toucas na cabeça e nos pés, além de aventais cirúrgicos nos pacientes.Uma das vítimas do mutirão é o tratorista aposentado Luís Oliveira, que trabalhava na época, mas precisou se afastar do serviço após perder a visão de um dos olhos. Com a dificuldade para desempenhar atividades diárias, o paciente se tornou dependente da mulher. “Depois disso eu não trabalhei mais, porque, com um olho só, não teve mais [serviço]”, contou Luís. “Era uma pessoa muito trabalhadora e agora ele está em uma situação dessa. Para levar no posto de saúde, sou eu. Para levar no médico, sou eu. Tudo sou eu”, completou a mulher do paciente, Ildete Nascimento.

O MP tenta um acordo com os dois médicos, identificados como Alaílson Mendes Brito e Wagner Gomes Dias. Os dois são denunciados por danos estéticos, morais e materiais aos 42 pacientes. Em uma reunião realizada na quarta-feira (22), com os pacientes prejudicados pelo mutirão, o órgão definiu uma indenização de R$ 40 mil para cada um deles. O caso será apresentado aos advogados dos médicos nesta quinta-feira (23).

Por meio do advogado, o médico Wagner Gomes informou que só vai se posicionar sobre o caso em juízo. Já o advogado de Alailson Mendes informou que adotou todas as providências para diminuir a infecção assim que percebeu problemas nos pacientes. O médico disse, ainda, que eles foram encaminhados para um hospital particular em Salvador, com todas as despesas e cuidados clínicos pagos por ele. A Prefeitura de Eunápolis, denunciada por negligência, por falta de fiscalização durante os procedimentos, informou que só vai se posicionar depois de um parecer final da Justiça.

(G1)

Dois caminhões colidem frontalmente e motoristas morrem na BR-101, em Pres. Tancredo Neves


Um grave acidente entre dois caminhões vitimou os dois motoristas na manhã desta quarta-feira (22) no KM 55 da BR-101, em Presidente Tancredo Neves. Segundo informações, uma terceira vítima que estava em um dos caminhões, foi socorrida e segue hospitalizado.

Ainda segundo informações, a colisão ocorreu após o motorista de um dos caminhões perder o controle do veículo e invadir a mão contrária. As vítimas ainda não foram identificadas.

(Bahia em Dia)

Família de Wenceslau Guimarães sofre acidente de carro na BA-650, próximo a Ibirataia


Uma família residente na cidade de Wenceslau Guimarães sofreu um acidente de carro, na tarde desta terça-feira (21), na BA-650, próximo a Ibirataia. O carro modelo Focus, de cor preto, seguia de Ipiaú sentido Ibirataia, quando capotou na localidade conhecida como ”Curva da Garganta”.

De acordo com informações pelo Bahia em Dia, o veículo era ocupado por um idoso de 81 anos e suas duas filhas, uma delas conduzia o veículo. Ninguém se feriu gravemente, apenas uma das irmãs que estava no banco da carona, ficou em estado de choque e foi socorrida por uma ambulância até uma unidade hospitalar de Ibirataia. Até o momento ainda não se sabe o nome dos envolvidos.

(Bahia em Dia)