Jequié: Irmão de radialista morre após carro invadir a contramão e colidir com sua moto


Na noite desta segunda-feira (20), por volta das 21hs, um grave acidente na Avenida Tote Lomantom em Jequié, deixou um jovem morto. De acordo com testemunhas, um veículo invadiu a contramão e bateu de frente com a moto de Joilson Santana que não resistiu e morreu no local.

Joilson, conhecido popularmente como “Jhoy Santana”, era músico católico e irmão do radialista Cacá Santana da rádio 95 FM, sua família é bastante conhecida na cidade de Jequié. Pessoas que presenciaram o acidente não tiveram tempo de deter o motorista do carro que fugiu em seguida. O cantor católico Jackson Soares lamentou a perda precoce do seu companheiro e amigo.

(Jequié Urgente)

Os deputados federais Paulo Magalhães e Lúcio Vieira são os candidatos à reeleição mais ricos da Bahia


Os deputados federais Paulo Magalhães e Lúcio Vieira Lima são os candidatos à reeleição mais ricos do estado, entre as declarações dos postulantes ao cargo proporcional.

De acordo com levantamento baseado no sistema Divulga Cand, com base em dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Paulo Magalhães (PSD) tentará a reeleição ostentando o título de candidato mais rico, com um patrimônio de R$ 16.683.655,72. Já Lúcio Vieira (MDB) aparece na segunda colocação, com patrimônio estimado em R$11.235.928,92.

Confira a lista completa:

1º Paulo Magalhães (PSD): R$ 16.683.655,72
2º Lucio Vieira Lima (MDB): R$11.235.928,92
3º Claudio Cajado (PP): R$11.124.956,55
4º José Rocha (PR): R$7.286.824,48
5º Aleluia (DEM): R$ 6.257.041,86
6º José Nunes (PSD): R$4.285.968,31
7º Jonga Bacelar (PR): R$3.719.709,13
8º Elmar Nascimento (DEM): R$3.092.652,53
9º Carletto (PP): R$2.931.612,84
10º Felix Mendonça (PDT): R$2.414.766,83
11º Mario Negromonte JR (PP): R$2.281.417,64
12º Antonio Brito (PSD): R$2.178.108,34
13º Arthur Maia (DEM): R$ 1.789.813,86
14º Paulo Azi (DEM): R$1.671.368,80
15º Imbassahy (PSDB): R$1.670.429,09
16º Alice Portugal (PCdoB): R$1.217.987,08
17º Benito Gama (PTB): R$1.063.155,77
18º Waldenor Pereira (PT): R$1.011.070,73
19º Sergio Brito (PSD): R$1.000.901,58
20º Daniel Almeida (PCdoB): R$939.020,00
21º José Carlos Araújo (PR): R$858.741,83
22º Cacá Leão (PP): R$819.034,57
23º Jorge Solla (PT): R$646.715,27
24º Pelegrino (PT): R$600.000,00
25º Caetano (PT): R$ 476.500,00
26º Bacelar (Podemos): R$413.246,77
27º Josias Gomes (PT): R$400.412,38
28º Afonso Florence (PT): 385.743,71
29º Marcio Marinho (PRB): R$309.028,06
30º Uldurico Junior (PPL): R$145.577,65
31º Erivelton Santana (Patriota): R$56.700,00
32º Tia Eron (PRB): R$38.347,10

(Bahia em Dia)

MPF pede impugnação de candidatura de Isaac Carvalho a deputado federal


A Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA), ligada ao Ministério Público Federal (MPF), pediu a impugnação da candidatura do ex-prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho (PCdoB), a deputado federal. Erroneamente, a PRE mencionou na petição que Isaac concorre a deputado estadual. Em documento enviado ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, o procurador-regional eleitoral, Cláudio Gusmão, argumentou que, como o comunista foi condenado em segunda instância por improbidade administrativa, deve ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa.

Isaac foi condenado pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) em maio de 2016 a ser inabilitado, por cinco anos, a exercer algum cargo ou função pública. Ele foi acusado de desviar R$ 111,9 milhões da Lei Orçamentária de Juazeiro, em 2009. Segundo a PRE-BA, além da condenação por órgão colegiado, não houve nenhuma decisão judicial para suspender os efeitos da sentença ou provimento para anular ou reformar o que foi julgado, o que reforça o entendimento sobre a inelegibilidade de Isaac. “Forçoso reconhecer, pois, que se encontram presentes todos os elementos fáticos e jurídicos configuradores da causa de inelegibilidade suscitada (artigo 1º, inciso I, alínea “e”, item 1, da Lei Complementar n. 64/90), quais sejam: condenação por órgão judicial colegiado, em decorrência de crime contra a administração pública; e inexistência de comando tendente a suspender ou desconstituir o acórdão proferido”, sustentou Gusmão.

Isaac é uma das maiores apostas do PCdoB na eleição para a Câmara dos Deputados. A avaliação é de que o ex-prefeito de Juazeiro tem bom potencial eleitoral por ter comandado uma das maiores cidades do estado e ainda ter emplacado sucessor – atualmente, Paulo Bonfim (PCdoB) é prefeito do município.

(Bahia Notícias)

Candidatos ao governo da Bahia se enfrentam hoje em primeiro debate na TV Band


Com previsão para início às 22h desta quinta-feira (16), o primeiro debate entre os candidatos ao governo da Bahia será transmitido pela TV Bandeirantes. Além do atual governador, Rui Costa, a emissora confirmou as participações dos candidatos Célia Sacramento (Rede), João Henrique (PRTB), João Santana (MDB), José Ronaldo (DEM) e Marcos Mendes (PSOL).

Com mediação da jornalista Carolina Rosa, o debate será dividido em cinco blocos. Na primeira etapa, será dedicada à apresentação dos candidatos, com 30 segundos para cada, que seguirá ordem sorteada previamente. Em seguida, todos os postulantes responderão a uma pergunta comum feita a partir de sugestões de telespectadores. O tempo de resposta será de dois minutos para cada. No segundo bloco, será a vez do embate entre os candidatos. Eles escolhem quem responderá a sua pergunta e têm 30 segundos para a questão. Cada candidato pode responder até duas vezes e terá dois minutos por resposta. Réplica e tréplica terão um minuto cada. No terceiro bloco, jornalistas e colunistas da Band sabatinarão. Um aspirante ao Palácio de Ondina é sorteado a responder e outro sorteado a comentar cada uma delas. Novamente, as perguntas serão feitas em 30 segundos e respondidas em até dois minutos, com réplica e tréplica de um minuto. Um novo embate marca o quarto bloco. Na última e quinta etapa, os candidatos fazem suas considerações finais.

Gandu: Casal morre após colisão entre moto e carro na BR-101


Um casal morreu em um acidente de trânsito na BR-101, em Gandu, no início da manhã desta segunda-feira (13). O fato ocorreu próximo ao restaurante Canto do Lazer.
Segundo informações, o casal morreram após a moto em que se deslocavam ter sido colidida por um carro. As vítimas foram identificadas como Irene Alves dos Santos, que teve morte instantânea, e seu marido Luis Alves dos Santos, que ainda foi socorrido e tentado trazer para Itabuna, mas que teve óbito no caminho. Já o condutor do carro, de nome não revelado, sofreu leves escoriações. Ainda segundo informações, o casal residiam no bairro Renovação 1, em Gandu.
Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) esteve no local e o corpo de Irene foi removido.
(Bahia em Dia)

Preso no Paraguai bandido que mandou matar policial ipiauense


Um dos líderes da facção Bonde do Maluco que atua em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, foi preso no Paraguai. Fábio Souza dos Santos, conhecido como Geléia, foi localizado na cidade de Minga Guazú, na fronteira com o Brasil. Ele estava dentro de um veículo junto com outros dois homens quando foi abordado pela polícia local.

Segundo os policiais paraguaios, o trio estava dentro de um carro de luxo, modelo Tucson. Durante as buscas, os agentes descobriram que Fábio era envolvido com o tráfico de drogas. Além dele, Jorge Luiz Santa Cruz e Jorge Javier Martinez Amarilla foram levados para a delegacia. Com o grupo, armas e munições foram apreendidas. De acordo com as investigações, “Geléia” atua em Vila de Abrantes e foi o mandante da morte do policial civil Luiz Alberto dos Santos, lotado na 26ª Delegacia Territorial (DT). O agente foi surpreendido quando passava, a bordo de seu próprio carro, pela BA-526 (Cia-Aeroporto) em outubro de 2017. Ele morreu na hora. A família de Luiz residiu por muitos anos na Rua Walter Hollenwerger, antiga Batateira, centro de Ipiaú, onde possuía uma serralheria. Poucos meses antes da morte, ele e o pai estiveram em Ipiaú visitando amigos. “Geléia” faz parte do grupo do BDM comandado por Vinícius dos Santos Bacelar, conhecido como “Fofão”. Ele está preso após megaoperação da Secretaria da Segurança Pública (SSP) também em outubro do ano passado.

(Aratu Online)

Intermunicipal 2018: Vai começar a festa do futebol do interior baiano


O palco já está pronto, as torcidas empolgadas, os times se prepararam com afinco para fazer bonito na estreia e a Bahia inteira estará de olho neste domingo (12) na tela da TVE, a partir das 10h30 da manhã. Atual campeã, a seleção de Eunápolis recebe a visita de Macarani na abertura do 61º Campeonato Intermunicipal de Futebol, que é organizado pela Federação Bahiana de Futebol (FBF), desde 1957. Nas redes sociais, os torcedores de eunapolitanos transmitem otimismo na conquista do bicampeonato e prometem uma bela festa nas arquibancadas, com charanga, bandeiras e outros adereços. CAMPEÕES – Antes de ser campeã em 2017, a melhor campanha de Eunápolis foi em 2015, quando a seleção foi eliminada na semifinal por Santo Amaro. O presidente da Liga de Futebol de Eunápolis, Nereu Santana, acredita no bi. Foi contratado o técnico Guto Chalup, campeão do Intermunicipal como atleta em 2001, por Coaraci. Treinou depois a seleção desta cidade, além de Ibirataia e Santo Antônio de Jesus. Dos atletas titulares da campanha do ano passado permanecem no elenco: o lateral Ninho Malhador e os atacantes Luquinhas e Rafael. Para esse ano Eunápolis contratou o goleiro Jú (Itabela), o zagueiro Fabrício (Santo Amaro), o volante Draid (Ipiaú) e o atacante Otton (Valença), figuras conhecidas no futebol amador. Os dois primeiros já foram campeões da competição. A comissão técnica ainda conta com o preparador físico Maraílton Jardim e o treinador de goleiros Ferro, campeões no ano passado e que permaneceram na seleção.DESAFIANTE – Depois de oito anos afastada do Intermunicipal, Macarani retorna em 2018 e espera dar trabalho a campeã Eunápolis na largada da competição. Para isso, a seleção do sudoeste baiano aposta no bom trabalho do técnico Leleta, que como atleta jogou o torneio e treinou a equipe nas melhores campanhas do município pela competição. Macarani foi semifinalista em 2006 e, um ano antes, foi eliminada nas quartas de final pela seleção de Cachoeira. Experiente, Leleta já treinou seleções tradicionais do Intermunicipal como Coaraci, Itajuípe, Itamaraju e Itapetinga. A base do time é formada por atletas da cidade. O volante Bagaceira foi finalista do certame em 2007, atuando pela seleção de Porto Seguro, e, em 2016, por Itabela. O atacante Romerito, que sabe se colocar bem na área, é a esperança de gols da equipe. Outros destaques da equipe são: João, zagueiro, 17 anos; Ralf, meio-campo, 18; Pixica, meio-campo, 24; Jadson, meio-campo, 16; e Léo, lateral-direito, 17.

ARBITRAGEM – Em Eunápolis, o trio de arbitragem designado é do quadro da CBF: Árbitro – Edvalter Marinho dos Santos, de Ubaitaba; Assistentes – Wesley Silva Santos, de Itabuna, e Edevan de Oliveira Pereira, de Itambé. A quarto árbitro é Jamilly Costa Oliveira, de Eunápolis.

MAIS JOGOS – Também neste domingo (12), às 15 horas, serão disputados os outros 31 jogos pela primeira rodada do Campeonato Intermunicipal de 2018. Confira a relação de todas as partidas.

Identificado motorista que morreu em acidente com carreta na BR-101, próximo à Wenceslau Guimarães; vítima era primo da prefeita de Ibirataia


Foi identificado nesta quarta-feira (08) o motorista que morreu num acidente com uma carreta tanque, carregado de combustível, na tarde de terça-feira (07) na BR-101, próximo à Wenceslau Guimarães (RELEMBRE O CASO). Jailton Carvalho dos Santos, mais conhecido como Ylton, de 31 anos, conduzia uma carreta da rede PetroSerra que, após perder o controle numa curva, a carreta tombou e acabou parando fora da pista de rolamento ficando com as rodas pra cima. A vítima ficou preso às ferragens e morreu no local. O corpo foi encaminhado ao IML de Valença. Segundo informações, Jailton é primo da prefeita de Ibirataia, Ana Cléia.

(Bahia em Dia)

Wenceslau Guimarães: Carreta tomba e motorista morre preso às ferragens na BR-101


Um grave acidente, registrado na tarde desta terça-feira (07), resultou na morte do motorista de uma carreta na BR-101. O acidente ocorreu por volta das 16hs na localidade conhecida como “Curva da Pedra Branca”, próximo à Wenceslau Guimarães.Segundo informações, após perder o controle, a carreta tanque, carregada de combustível, tombou e acabou parando fora da pista de rolamento ficando com as rodas pra cima. O motorista, ainda não identificado, ficou preso às ferragens e morreu no local.

O atendimento ao acidente mobilizou equipes da Polícia Rodoviária Federal e do Corpo de Bombeiros. A pista chegou a ser interditada por várias horas, já que havia risco de explosão. Segundo um dos bombeiros que atenderam a ocorrência, acidentes neste trecho da estrada são comuns. “Essa curva é muito perigosa. Sempre atendemos ocorrências neste ponto”, explica.

(Bahia em Dia)

17 PMs são indiciados por homicídio qualificado no caso Davi Fiúza


Dezessete policiais militares foram indiciados em inquérito da Polícia Civil pelo desaparecimento do adolescente Davi Fiúza, de 16 anos, em outubro de 2014, após uma abordagem policial em Salvador. A informação é do G1.

De acordo com o G1, o advogado Paulo Kleber Filho informou que entre os indiciados, estão dois tenentes, dois sargentos, e 13 homens que eram alunos da Polícia Militar na época do crime. Os dois tenentes e dois sargentos seguem em atividade na polícia, mesmo sendo alvos da investigação. O advogado ainda explicou, que segundo o inquérito da Polícia Civil, os envolvidos devem responder por sequestro, homicídio e ocultação de cadáver.

Ainda de acordo com o G1, após ser adiado por várias vezes, o inquérito foi concluído pela Polícia Civil e entregue ao Ministério Público do estado (MP-BA) no dia 2 de agosto, quase quatro anos após o caso, mas o órgão manteve em sigilo. Com o inquérito enviado ao MP-BA, a família da vítima espera que a denúncia seja encaminhada para a Justiça.

RELEMBRE O CASO

O adolescente David Fiúza sumiu no dia 24 de outubro de 2014, após uma abordagem realizada por policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO) e Rondas Especiais (Rondesp), no bairro de São Cristóvão, na capital baiana. A família denunciou que ele foi encapuzado com a própria roupa, por policiais. Ele teve mãos e pés amarrados e foi colocado no porta mala de um dos carros que não tinha plotagem. No momento da ação, o menino conversava com uma vizinha na Rua São Jorge de Baixo, que fica na comunidade de Vila Verde.