Bolsonaro confirma quarta parcela do auxílio emergencial


O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na noite dessa quinta-feira (28), que o governo vai propor uma quarta parcela do auxílio emergencial, atualmente em R$ 600, mas que o valor ainda está em estudo pela equipe econômica, que poderá reduzi-lo.

“Nós já estudamos uma quarta parcela com o Paulo Guedes. Está definindo o valor, para ter uma transição gradativa e que a gente espera que a economia volte a funcionar”, afirmou o presidente durante sua live semanal, transmitida pelas redes sociais.

O auxílio emergencial prevê o pagamento de três parcelas de R$ 600 para trabalhadores informais, integrantes do Bolsa-Família e pessoas de baixa renda. De acordo com a Caixa Econômica Federal, cerca de 59 milhões de pessoas já receberam o benefício. Cada parcela do auxílio emergencial custa aos cofres públicas cerca de R$ 48 bilhões. (mais…)

PF faz buscas na residência do governador do RJ, Wilson Witzel, em operação contra desvios na saúde


A Polícia Federal (PF) iniciou na manhã desta terça-feira (26) a Operação Placebo, sobre suspeitas de desvios na Saúde do RJ para ações na pandemia de coronavírus. São 12 mandados de busca e apreensão – um deles no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador Wilson Witzel (PSC).

Às 8h40min, agentes saíram do Palácio Laranjeiras com um malote com documentos. Equipes da PF também foram mobilizadas para a casa onde Witzel morava antes de ser eleito, no Grajaú, e no escritório de advocacia do governador, que é ex-juiz federal.

Witzel se manifestou às 9h40min e negou participar de qualquer esquema. “A interferência anunciada pelo presidente da República [na Polícia Federal] está devidamente oficializada. Estou à disposição da Justiça,” disse.

(mais…)

Ministro da Saúde Nelson Teich pede demissão menos de um mês depois de assumir


O ministro da saúde Nelson Teich pediu exoneração do ministério nesta sexta-feira (15), um mês depois de assumir o cargo no governo do presidente Jair Bolsonaro.

Ele deixa a pasta após sofrer pressão do presidente para apoiar o uso da cloroquina — remédio cuja eficácia contra o coronavírus não é comprovada — para pacientes com Covid-19.

Na quinta-feira (14), Bolsonaro havia dito que iria “exigir” do ministério a adoção de um novo protocolo indicando o uso da cloroquina para pacientes em estágio inicial da doença. Bolsonaro vem promovendo a cloroquina como “salvação” contra o coronavírus desde o início da crise, mas diversos estudos nacionais e internacionais mostram que o uso do remédio não diminui o número de mortes ou de internações por Covid-19 e pode ter efeitos colaterais muito prejudiciais.

Teich havia assumido a pasta em 17 de abril, após a demissão de Luiz Henrique Mandetta — que saiu após um mês de conflito com Bolsonaro.

Ao assumir, Teich disse que existia um “alinhamento completo” entre ele e Bolsonaro e que não haveria mudanças radicais na política adotada até então. A “sintonia” entre o presidente o ministro, no entanto, não durou muito tempo. (mais…)

MPF pede retirada do ar vídeos do pastor Valdemiro prometendo cura falsa da covid-19


O Ministério Público Federal (MPF) solicitou ao YouTube a retirada dos vídeos nos quais o pastor Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, aparece anunciando uma falsa cura para o novo coronavírus através da venda de sementes de feijão. A plataforma de vídeos tem cinco dias para tomar as devidas providências.

No vídeo, publicado no dia 1º de maio, o pastor fala do suposto beneficio da planta e pede o “propósito de R$ 1 mil” por ela. Ele ainda mostra um suposto exame que seria de uma pessoa curada da Covid-19 após usar a semente da planta.

O MPF solicitou ainda que o YouTube mantenha a íntegra do vídeo preservada e salva em arquivos da empresa, bem como o levantamento sobre a quantidade de acessos. O objetivo disso é utilizar os dados para futuras providências de responsabilização. (mais…)

Caminhonetes são recuperadas pela PRF em Uruçuca e Itabuna


No combate às fraudes veiculares, policiais rodoviários federais durante fiscalização na BR-101 recuperaram dois veículos. A Saveiro Cross possuía ocorrência de roubo. Já a Strada HD, de propriedade de uma locadora de veículos, possuía registro de apropriação indébita. As ações aconteceram na manhã deste sábado (09), em trechos dos municípios de Uruçuca e Itabuna.

A primeira ocorrência foi registrada às 11h durante fiscalização no KM 465 da rodovia, trecho do município de Uruçuca. Equipe da PRF realizava fiscalização de combate a criminalidade na rodovia, quando abordou o veículo VW/Saveiro Cross com placas de Cotegipe (BA). O automóvel era conduzido por um homem de 43 anos.

Durante a fiscalização, foram encontradas indícios de adulterações nos elementos identificadores, o que levou a equipe a aprofundar a verificação no carro. Com técnicas de identificação veicular, os PRFs perceberam elementos que indicavam outro veículo, da mesma marca e modelo, porém com placas diferentes. Essa modalidade de troca de placas é utilizada para tentar ‘burlar’ fiscalizações da polícia.

Após consulta ao sistema de dados, os agentes constataram se tratar na realidade de um veículo roubado em setembro/2015, na capital baiana. Questionado, o condutor informou desconhecer às irregularidades apresentadas na Saveiro, pois ‘pegou’ o carro emprestado em mãos de um amigo.

O veículo apreendido e o infrator foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Uruçuca, para lavratura do auto de prisão em flagrante pelo crime de receptação. (mais…)

Aos 85 anos, o ator Flávio Migliaccio é encontrado morto em seu sítio no RJ


Aos 85 anos, o ator Flávio Migliaccio foi encontrado morto em seu sítio em Rio Bonito, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (04). A informação foi dada em primeira mão pela colunista Fábia Oliveira, de O Dia, que confirmou a morte com o advogado do ator.

O corpo teria sido encontrado pelo caseiro do sítio, que avisou à família e polícia o ocorrido. Segundo o boletim de ocorrência da PM, ao qual a equipe do “Jornal Hoje” teve acesso, há suspeitas que a causa da morte teria sido suicídio. O ator deixou uma carta aos familiares. “Me desculpem, mas não deu mais. A velhice neste país é (…) como tudo aqui. A humanidade não deu certo”, diz parte do texto, que circula nas redes sociais e que a revista Fórum diz ser autêntico. “Cuidem das crianças de hoje”, é a frase que finaliza a carta.

O último trabalho do artista na TV foi em 2019, em ‘Órfãos da Terra’, onde ele fazia o Mamede Aud. Muito conceituado no meio artístico, ao longo de sua carreira Flávio teve grandes destaque nas novelas da Rede Globo como ‘Rainha da Sucata’, ‘Perigosas Peruas’, ‘A Próxima Vítima’, ‘Senhora do Destino’ e ‘Passione’, entre muitas outros projetos.

(mais…)

Municípios baianos vão receber R$ 1,3 bilhão do Governo Federal para amenizar prejuízos


Os 417 municípios da Bahia vão receber um auxílio do Governo Federal no valor de R$ 1,3 bilhão para ajudar nas ações de combate ao novo coronavírus e amenizar os prejuízos econômicos deixados pela pandemia, de acordo com relatório apresentado pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), na última quinta-feira (30). O plenário vai analisar a proposta neste sábado (02), em sessão deliberativa remota.

Desse montante, Salvador ficará com a maior fatia, cerca de R$272 milhões. Logo atrás vem Feira de Santana, com repasse de R$58 milhões e Lauro de Freitas, com R$18,8 milhões. Ilhéus, que tem segundo maior número de casos confirmados da doença, 217, de acordo com boletim emitido pela Secretaria de Saúde (Sesab) na noite da sexta (1º), atrás apenas da capital baiana, que possui 1.995, vai receber R$15 milhões. O cálculo para o repasse foi feito com base no número de habitantes e a quantidade de casos positivos de covid-19.

(mais…)

Estudo prevê que pandemia do coronavírus no Brasil chegue ao fim em julho


Um estudo realizado pela Universidade de Singapura, com base nos dados de infectados e recuperados, aponta que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil vai chegar ao fim no início do mês de julho. No entanto, os pesquisadores alertam que pode haver erros, devido às variáveis da doença.

O gráfico da previsão, atualizado nesta terça-feira (28), aponta que o Brasil chega no pico de contágio da doença a partir desta semana. Teoricamente, com esses dados, a data final do pandemia seria em 8 de julho, quando haveria a última infecção, de acordo com os cálculos.

A data é a mesma prevista pelo estudo para o fim da pandemia no mundo. De acordo com os dados, no primeiro dia de junho, a previsão é que 97% das infecções já tenham acontecido. Para o dia 12 do mesmo mês, essa proporção deve ser de 99%, deixando apenas 1% das infecções para os dias que antecedem a data supostamente final. (mais…)

Sérgio Moro confirma saída do Ministério da Justiça; veja ao vídeo


Após ser surpreendido com a demissão do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, o agora ex-ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro, confirmou o próprio pedido de exoneração em pronunciamento na manhã desta sexta-feira (24), na sede do ministério.

Ao anunciar sua decisão, Moro lamentou ter que reunir jornalistas e servidores do órgão em meio à pandemia do novo coronavírus para anunciar sua saída, mas esta foi “inevitável e não por opção minha”. Em um pronunciamento de 38 minutos, Moro afirmou que pesou para sua decisão o fato de o governo federal ter decidido exonerar o diretor-geral da Polícia Federal (PF), Maurício Valeixo. O decreto de exoneração foi publicado, nesta sexta-feira (24), no Diário Oficial da União (DOU) (VEJA AQUI).

Moro também destacou que disse ao presidente que não tinha problema nenhum em trocar o diretor-geral da PF, mas que isso deveria ser feito com base em um motivo relacionado ao desempenho do ocupante do cargo. “Eu sempre disse ao presidente  que não tinha nenhum problema em trocar o diretor-geral, mas precisava de uma causa relacionada a uma insuficiência de desempenho, a um erro grave. No entanto, o que eu vi durante todo o período, é que o trabalho é bem feito”, avaliou o ministro. (mais…)

Moro pede demissão após troca na PF, e Bolsonaro tenta reverter


O ministro da Justiça, Sérgio Moro, chegou ao seu limite e pediu demissão ao presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (23). O motivo foi o anúncio feito pelo presidente de que deve trocar o comando da Polícia Federal. Bolsonaro tenta, agora, reverter o pedido de Moro.

O atual diretor-geral, Maurício Valeixo, que tem o apoio do ministro, deve ser demitido para dar lugar a um nome que tenha maior proximidade com Bolsonaro. Moro, porém, vê na troca um ato extremo de desautorização, que ocorreria para proteger aliados atualmente na mira da corporação.

A intenção de fazer a troca ocorre em meio ao andamento de um inquérito, aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a pedido do Procurador-geral da República, Augusto Aras, que mira deputados bolsonaristas. Eles são suspeitos de atuar para financiar e incentivar manifestações contra o Supremo e o Congresso. As manifestações foram convocadas em várias cidades para pedir um “novo AI-5”. O próprio presidente participou de um ato em frente ao Quartel General do Exército, em Brasília. (mais…)