Delator diz que Romário recebeu R$ 3 milhões para apoiar Pezão


O ex-secretário de Obras do governo do Rio Hudson Braga afirmou ter pagado R$ 3 milhões ao senador Romário Faria, pré-candidato ao governo do Estado, para que ele declarasse apoio ao então candidato a governador Luiz Fernando Pezão em 2014. As informações são da coluna Radar, da revista Veja.

Segundo o delator, Romário teria sinalizado o valor que queria com as mãos, com receio de ser gravado. A reunião teria acontecido Hotel Othon, no Rio. No mesmo encontro, o senador fechou detalhes de a agenda de eventos, incluindo entrevista coletiva, gravações de apoio e carreata. O montante teria sido pago em espécie, em parcelas de R$ 800 mil, R$ 50 mil e R$ 850 mil, por meio de um intermediário. O homem apontado como representante de Romário para receber os pagamentos é Sergio Barcelos.

Pré-candidatos à Presidência são alvos de mais de 160 investigações em tribunais


Um levantamento feito em tribunais superiores, federais e estaduais, mostra que entre 20 possíveis candidatos à presidência da República, pelo menos 15 são investigados. Casos que vão da Operação Lava Jato e suas derivações a outras investigações de desvio dinheiro público atingem pelo menos oito prováveis aspirantes ao Planalto. Há, inclusive, investigação sobre acidente de trânsito. Os dados são do jornal Folha de S.Paulo.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o líder das pesquisas eleitorais, mas deve ter a campanha inviabilizada pela condenação a 12 anos e um mês na Operação Lava Jato. Lula está preso na sede da Polícia Federal, em Curitiba. Outras duas possibilidades do Partido dos Trabalhadores (PT) são Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo, que é investigado por suposto uso de caixa dois, e Jacques Wagner, ex-governador da Bahia, investigado por suspeita de recebimento de propina na reforma da Arena Fonte Nova.

O presidente Michel Temer (MDB) possui duas denúncias e duas investigações em curso no momento. O Senador Fernando Collor (PTC) é réu na Lava Jato e tem, ainda, outros quatro inquéritos em andamento. Rodrigo Maia (DEM) é investigado em dois inquéritos da Operação Lava Jato.

O ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, teve uma investigação enviada para a Justiça Eleitoral, o que o tirou da reta da Lava Jato. Entretanto, foi acusado por delatores da Odebrecht de ter recebido R$ 10 milhões em caixa dois e se tornou alvo do Ministério Público de São Paulo. Alckmin e Haddad possuem, ainda, ações ligadas a questões administrativas dos anos em que foram, respectivamente, governador e prefeito de São Paulo. (mais…)

Prefeito é preso e confessa estupro de menina de 8 anos em SP


O prefeito interino de Bariri (SP), Paulo Henrique Barros de Araújo (PSDB), de 34 anos, foi preso na manhã deste sábado por raptar e abusar de uma menina de 8 anos, no Vale do Igapó, em Bauru (SP). De acordo com a polícia, ele confessou ter estuprado a menor.

Após o registro da ocorrência por flagrante de estupro de vulnerável, Araújo foi levado à cadeia de Barra Bonita, às 19h50min. Ele deverá passar por audiência de custódia neste domingo, em Bauru.Segundo apurou a Polícia Militar, que efetuou a prisão, o interino pegou a criança num conjunto residencial e se dirigiu até um matagal, onde o carro acabou caindo em um buraco. A menina conseguiu se desvencilhar do prefeito, correu e pediu ajuda a um casal. Araújo foi encontrado caminhando entre árvores. Ele tentou fugir e entrou em luta corporal com os policiais. De acordo com o registro policial, o político aparentava estar sob efeito de drogas. Uma perícia vai verificar se houve relação sexual.

O preso é presidente da Câmara de Vereadores de Bariri, cidade com cerca de 35 mil habitantes, e está no cargo de prefeito desde o início do ano passado. Em nota, a Câmara de Bariri anunciou que, na segunda-feira, de posse do registro policial, vai entrar com pedido de quebra de decoro e afastamento do prefeito. Também será discutido quem assume o cargo de prefeito até a nova eleição marcada para junho.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) marcou novas eleições para 3 de junho, pois, após o pleito de 2016, os candidatos a prefeito e vice da chapa mais votada – Francisco Leoni Neto e Benedito Mazotti, ambos do PSDB – tiveram o registro indeferido com base na Lei da Ficha Limpa.

Ministério Público abre inquérito contra Alckmin por suspeita de caixa 2


O Ministério Público de São Paulo abriu inquérito contra o ex-governador do Estado Geraldo Alckmin (PSDB) por suposto ato de improbidade. Alckmin, pré-candidato à Presidência da República, teria se beneficiado de valores estimados em R$ 10,5 milhões repassados para suas campanhas de 2010 e 2014 via Caixa 2.
Assinam a peça Otávio Ferreira Garcia, Nelson Luis Sampaio de Andrade e Marcelo Camargo Milani, todos da promotoria de defesa do patrimônio público. Os promotores usam o artigo 11 da Lei de Improbidade para embasar o procedimento. O artigo 11 estabelece que “constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade as instituições”.
Na semana passada, a ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça, remeteu para a Justiça Eleitoral de São Paulo o inquérito contra Alckmin que tramitava na Corte Superior. Em tese, a prática de Caixa 2 da qual Alckmin supostamente se favoreceu é de competência eleitoral.

Moradora de Itamari aparece no quadro “O Brasil que eu quero” exibido pela Rede Globo


No último sábado (24), a moradora de Itamari, Tainan Amarante, participou do quadro “O Brasil que eu quero” apresentado no Jornal Nacional, da rede Globo de televisão.
No vídeo, Tainan diz, “O Brasil que eu quero para o futuro é um Brasil onde hospitais como esse, logo aqui atrás de mim, não venha ser fechado por falta de investimentos e incompetência das administrações”

Parabéns Tai (Tainan Amarante), não se calou diante do retrocesso que vivemos com essa gestão !!

Posted by Dino Lisboa on Sunday, March 25, 2018

É notório que em sua fala ela deixa seu recado a atual gestão do município que, recentemente, decidiu fechar o Hospital São Lucas e transformá-lo em uma Unidade de Pronto Atendimento – UPA.
(Bahia em Dia)

Por suspeita de desvio, Polícia apreende carro e bens de família que arrecadou dinheiro para filho doente em SC


A Polícia Civil apreendeu na manhã desta quinta-feira (1º) um carro avaliado R$ 140 mil, celulares, alianças no valor de R$ 7 mil, relógios e outros objetos na casa da família do menino Jonatas, que sofre de uma doença degenerativa rara, em Joinville, no Norte catarinense.

Os pais são investigados por suspeita de terem usado parte das doações que arrecadou quase R$ 4 milhões pela campanha “AME Jonatas” para pagar luxos. Jonatas, de 1 ano e 8 meses, que continua em tratamento domiciliar, tem atrofia muscular espinhal (AME) e as doações foram pedidas para pagar a primeira parte do tratamento da criança.

Investigação
A Justiça bloqueou em janeiro, de forma liminar, os valores levantados com a campanha, a pedido do Ministério Público de Santa Catarina. O MPSC argumentou que tinha recebido informações de que o dinheiro doado na campanha estaria sendo usado para bancar luxos, como uma viagem para passar o réveillon em Fernando de Noronha e a compra de um carro de R$ 140 mil. O Ministério Público também justificou o pedido do bloqueio porque o casal não estava cumprindo acordo feito em audiência em outubro de 2017 para que prestasse contas dos recursos arrecadados e despesas.
Em fevereiro, a Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso, a pedido do MPSC. No mesmo mês, a Justiça negou pedido da família para desbloquear os recursos conseguidos com a campanha.

Morre ator que fazia garimpeiro em “O Outro Lado do Paraíso”


Uma notícia triste abalou os bastidores da novela “O Outro Lado do Paraíso”. Morreu nesta quinta-feira (08), aos 52 anos, no Rio de Janeiro, o ator Eduardo Carneiro, que interpretava um dos garimpeiros da trama de Walcyr CarrascoDe acordo com a assessoria de imprensa da Globo, que confirma o falecimento, o velório e o enterro serão em Fortaleza, ainda sem data e horário definidos. A causa e as condições da morte não foram informadas pela emissora.

Ex-jogador do Bahia de Feira morre em acidente de carro em Santa Catarina


O ex-atacante Fabinho, que defendeu o Bahia de Feira em 2010, morreu na madrugada desta sexta-feira (2), após sofrer um grave acidente de carro na BR-282, no município de Maravilha, no Oeste de Santa Catarina. Nascido em Salvador, ele tinha 41 anos e também teve passagens pela Chapecoense, onde se destacou na carreira. Ele ainda atuou em clubes do El Salvador.

O carro conduzido pelo ex-jogador invadiu a contramão e se chocou de frente com um caminhão. Fabinho ficou gravemente ferido e chegou a ser socorrido e levado ao hospital São José, em Maravilha, mas não resistiu aos ferimentos e morreu quando estava sendo levado para um hospital em Chapecó. O corpo do ex-atleta foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de São Miguel do Oeste. No momento do acidente, Fabinho estava acompanhado do filho, de 13 anos, e de um homem de 37 anos. Os dois sofreram ferimentos leves, assim como o motorista do caminhão.

Fabinho jogou na Chapecoense entre 2003 e 2004 e entre 2009 e 2010. Além disso, atuou pela seleção do Togo e defendeu cinco clubes de El Salvador, de 2005 a 2008. Atualmente, ele atuava como técnico de categorias de base em Santa Catarina.

(Correio)

Moro é dono de triplex e recebe auxílio moradia


Em matéria publicada na Folha de São Paulo, na edição dessa sexta-feira (02) mostra que o Juiz Sérgio Moro, ironicamente, também é dono de Triplex, tal como a OAS. Porém, não haveria problema algum, se o juiz não recebesse auxílio-moradia de R$ 4,3 mil. Ou seja, a lei veda o recebimento de auxílio moradia, caso o juiz tenha imóvel na cidade do tribunal ao qual atua.

O Triplex de Moro fica há apenas 3 km do TRF-4 de Curitiba, onde o juiz atua, uma distância que poderia ser cumprida a pé. O imóvel apresentado pela Folha de São Paulo é um Triplex adquirido em 2002, com 256 metros quadrados, ou seja, enorme para os padrões nacionais. O imóvel foi adquirido por R$ 174 mil e atualizado, custa R$ 460 mil.

Filho do cantor Cristiano Neves morre em acidente com micro-ônibus da banda no Piauí


Nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (30), por volta das 06:30h, o filho do cantor Cristiano Neves, Adhemir Teixeira Neves, morreu vítima de um acidente de trânsito na BR-135, mais conhecida como ‘Rodovia da Morte’. O acidente aconteceu próximo à localidade Santa Marta, município de Corrente, no sul do Piauí.Segundo o tecladista da banda, Alessandro Nogueira de Santana, haviam nove pessoas no micro-ônibus que vinha do Ceará com destino a São Paulo. Alessandro, Cristiano Neves e outros integrantes foram socorridos por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Corrente e estão internados no Hospital Regional de Corrente, João Pacheco Cavalcanti. O cantor não sofreu fraturas graves e apresentou apenas escoriações, porém estava psicologicamente abalado pela morte do filho. “Não deixem meu filho morrer”, pedia ele no momento socorro.

O tecladista ainda informou que o motorista do micro-ônibus perdeu o controle da direção devido a pista está molhada com as chuvas.

(Meio Norte)