Bizarro: Postes no meio de rodovia estadual causam acidentes no interior do Ceará


Já imaginou viajar e se deparar com uma placa indicando um poste a 100 metros no percurso? Parece brincadeira, mas isso existe. Um internauta não identificado publicou esta semana um vídeo impressionante que mostra um poste instalado no meio da rodovia estadual CE-282, no trecho que liga o distrito de Icozinho à cidade e Icó, no interior do Ceará, a 365 quilômetros de Fortaleza.

Além de estar na pista de rolamento, o poste também fica numa curva, o que aumenta os riscos de acidentes, mesmo com placas indicando que “existe um poste a 100 metros”. Segundo informações do jornal Diário do Nordeste, esse poste ocasionou a morte do agricultor João Paulo Batista Filho, 33 anos, em abril deste ano. Ele estava trafegando de moto quando colidiu com o obstáculo.

De acordo com a imprensa cearense, outros postes ficaram no meio da pista após obras de restauração da rodovia. O serviço custou R$ 22 milhões e foi feito em um trecho de 36 km. O Departamento Estadual de Rodovias do Ceará (DER-CE) informou que solicitou à empresa responsável pelas obras a retirada dos postes. Já a ENEL, distribuidora de energia, afirmou que enviou orçamento para a remoção dos postes em novembro de 2014, mas não teve retorno.

Veja o vídeo gravado por internauta:

(Blog Alvinho Patriota)

‘Fantástico’ destaca Fazendas milionárias de Geddel, no Sudoeste baiano; Assista a reportagem


Uma reportagem exibida na noite deste domingo (09), no Fantástico, da Rede Globo, mostrou o imenso patrimônio do ex-ministro Geddel Vieira Lima, do PMDB baiano, preso pela Polícia Federal, na tarde de segunda-feira (03/07), acusado de agir para atrapalhar investigações da “Operação Cui Bono”, que apura fraudes na liberação de crédito da Caixa Econômica Federal. A operação investiga irregularidades na liberação de créditos da Caixa, banco estatal no qual Geddel ocupou a Vice-presidência de Pessoa Jurídica (2011-2013 – governo Dilma Rousseff). Cidades do Sudoeste baiano, a exemplo de Itapetinga e Itororó, mostram fazendas milionárias e imóveis do peemedebista. Somente na região, o ex-ministro tem mais de 10 fazendas espalhadas por diversos municípios.
Assista a reportagem do Fantástico:

Avião com mais de 500 kg de cocaína decolou de fazenda da família de Ministro do governo Temmer


A Força Aérea Brasileira (FAB) interceptou um avião que transportava 500 quilos de cocaína em Goiás na tarde do último domingo (25). Segundo a FAB, a aeronave decolou da Fazenda Itamarati Norte, no município de Campo Novo do Pareceis (MT). A fazenda pertence ao Grupo Amaggi, empresa do ramo agrícola pertencente à família do ministro da Agricultura e senador licenciado, Blairo Maggi (PP-MT).

Segundo a FAB, a informação sobre a procedência da aeronave foi dada pelo próprio piloto, no local. Por meio da sua conta no Twitter, o ministro disse que o piloto estava “desaparecido” e que ele está acompanhando as investigações sobre o local de decolagem do avião. Ainda na rede social, Maggi afirmou que a Fazenda Itamarati é extensa e enfrenta, como o Mato Grosso, a ação vulnerável do tráfico”. A assessoria de imprensa do Ministério da Agricultura afirmou que não comentará o caso. Até o fechamento desta reportagem, a Polícia Federal de Goiânia não havia sido encontrada para confirmar o desaparecimento ou não do piloto.

Já o Grupo Amaggi informou, por meio de nota, que “a empresa tomou conhecimento do caso por meio da imprensa e aguarda o desenrolar das investigações”. Também disse que a companhia não tem ligação com a aeronave interceptada e que não emitiu autorização para pouso ou decolagem. A área onde a empresa está situada conta com 11 pistas de pouso, segundo informações do Grupo.

Com voto de Gilmar Mendes, TSE rejeita cassação da chapa Dilma-Temer


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) absolveu nesta sexta-feira (9), por 4 votos a 3, a ex-presidente Dilma Rousseff e o presidente Michel Temer da acusação de abuso de poder político e econômico na campanha de 2014. A maioria dos ministros considerou que não houve lesão ao equilíbrio da disputa e, com isso, livrou Temer da perda do atual mandato e Dilma da inelegibilidade por 8 anos. O voto que desempatou o julgamento foi o do ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE, o último a se manifestar.

A ação julgada pelo TSE foi apresentada pelo PSDB após a eleição de 2014 e apontava mais de 20 infrações supostamente cometidas pela coligação “Com a Força do Povo”, encabeçada por PT e PMDB. A principal era a suspeita de que empreiteiras fizeram doações oficiais com o pagamento de propina por contratos obtidos na Petrobras, além de desvio de dinheiro pago a gráficas pela não prestação dos serviços contratados. Além da perda do mandato e da inelegibilidade de Dilma e Temer, o PSDB reivindicava na ação que os candidatos derrotados Aécio Neves e Aloysio Nunes fossem empossados presidente e vice.
O julgamento da chapa, que começou em abril deste ano, foi retomado nesta semana com os votos do relator, Herman Benjamin, e dos demais ministros da Corte. Também se manifestaram os advogados das partes (defesa e acusação) e o Ministério Público Eleitoral.

Lula seria mentor da morte de Celso Daniel, diz Marcos Valério


Uma suposta conversa entre o publicitário Marcos Valério – preso desde 2011 e condenado por envolvimento no mensalão – e a deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) foi divulgada pela revista Veja.  Os dois teriam conversado em outubro do ano passado no presídio onde Marcos Valério está preso. Na ocasião, Marcos Valério teria falado para a deputada sobre o envolvimento do ex-presidene Luiz Inácio Lula da Silva na morte do prefeito de Santo André, Celso Daniel.  “Ele (Valério) deixou muito claro que o senhor Ronan Maria Pinto ia entregar o senhor Luiz Inácio Lula da Silva para a polícia como mentor do assassinato do prefeito Celso Daniel”, escreveu a deputada em um ofício enviado ao procurador de Justiça de São Paulo, Gianpaolo Smanio, narrando as conversas com o publicitário e pedindo andamento às investigações do crime.  Mara é filha de um empresário que foi extorquido pela quadrilha que atuava na Prefeitura de Santo André e acredita que o depoimento de Valério pode ajudar a desvendar o crime. De acordo com a publicação, Marcos Valério disse que o empresário Ronan Maria Pinto exigia 6 milhões de reais para não divulgar informações relacionadas ao caso Santo André, envolvendo o presidente Lula, o ex-ministro José Dirceu e o então assessor particular Gilberto Carvalho.  O publicitário teria garantido à deputada que possui provas da chantagem e vem negociando acordo de delação premiada com três promotores de Minas Gerais e dois procuradores da República.  Segundo revelou Marcos Valério, o ex-prefeito Celso Daniel pretendia entregar um dossiê para a Polícia Federal e para o presidente Lula, envolvendo petistas com o crime organizado. A deputada enviou um ofício sobre o caso ao procurador de Justiça de São Paulo em 3 de abril e, depois disso, dois promotores foram Marcos Valéria na prisão. Ainda conforme a Veja, o publicitário quer depor somente à Polícia Federal.  A reportagem entrou em contato com a defesa de Ronan e o advogado informou que o empresário jamais cometeu chantagens. A assessoria do ex-presidente Lula não se manifestou. (Notícias ao Minuto)

Irmão de Mário Negromonte é condenado a três anos de prisão em segunda instância


O irmão do ex-ministro Mário Negromonte, Adarico Negromonte, foi condenado nesta quinta-feira (6) a três anos e seis meses de prisão pela segunda instância da Justiça Federal por organização criminosa. Em julho de 2015, Adarico foi inocentado pelo juiz Sérgio Moro por falta de provas. De acordo com O Globo, Adarico trabalhou para o doleiro Albertou Youssef e chegou a dizer para a Polícia Federal que carregou envelopes a lacrados a pedido dele. Depois da absolvição há dois anos, o Ministério Público Federal (MPF) recorreu da decisão e pediu a condenação de Adarico. Desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) reformaram a decisão de Moro por entender que Adarico participou de organização criminosa. A pena pode ser cumprida em regime semiaberto. Outro funcionário de Youssef absolvido por Moro, Waldormiro Oliveira também foi condenado na sessão desta quinta, mas a  cinco anos e três meses de prisão por lavagem de dinheiro. Os desembargadores ainda aumentaram em dois anos a pena de Jayme Alves de Oliveira Filho, agente da PF conhecido como ‘Jayme Careca’, também por prestar serviços a Youssef. ‘Jayme Careca’ deverá ficar 13 anos, três meses e 15 dias na prisão.

Caminhão passa por cima de mulher e ela escapa ilesa do acidente; Assista o vídeo


Uma mulher de 56 anos escapou praticamente ilesa após ser atingida em cheio por um caminhão que manobrava em um posto de gasolina do Distrito Federal. O acidente foi registrado por câmeras do estabelecimento na última quinta-feira (30). As imagens são fortes. O caminhão atinge certa velocidade, de ré, e continua andando após atingir a vítima. O motorista afirmou à Polícia Civil que fazia a manobra para chegar perto das bombas de abastecimento e só parou porque ouviu gritos dos frentistas. O posto fica às margens da BR-080, em Brazlândia. De acordo com a polícia, o motorista permaneceu no local durante o socorro e compareceu espontaneamente à 18ª DP (Brazlândia), onde a ocorrência foi registrada. A corporação também informou que Maria Elizabeth Coelho foi levada ao Hospital de Brazlândia com suspeita de luxação ou lesão no ombro esquerdo. Como a unidade de saúde não tem ortopedia, ela teve de ser transferida para o hospital de Ceilândia, onde conseguiu atendimento. Marido da vítima, José Ribeiro Coelho informou nesta segunda (03) que Maria Elizabeth já está em casa. Segundo ele, os exames não indicaram qualquer tipo de fratura. Assista o vídeo:

Contas inativas de falecidos podem ter dinheiro sacado por dependentes


índice

As famílias de trabalhadores que morreram antes da liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) já podem sacar o dinheiro que se encontrava em contas inativas. É necessário, para ter acesso ao recurso, apresentar a carteira de trabalho do titular da conta, além da própria carteira de identidade. O resgate deve ser realizado junto à Caixa Econômica Federal. As pessoas que têm legitimidade para receber a quantia são, por exemplo, maridos ou esposas e herdeiros. Em caso do falecido não ter deixado inventário, é preciso ir ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e solicitar a emissão de uma declaração de dependência econômica e da inexistência de dependentes preferenciais.

Janot pede a Gilmar Mendes que Aécio Neves e mais três sejam ouvidos sobre Furnas


IMAGEM_NOTICIA_5

Diante da existência de um suposto esquema de corrupção em Furnas, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que sejam tomados os depoimentos de Aécio Neves (PSDB), do ex-ministro José Dirceu, do ex-senador Delcídio Amaral (PT-MS) e do ex-secretário-geral do PT, Silvio Pereira. Segundo informações do Estado de S. Paulo, Janot ainda pede que os relatórios da Controladoria Geral da União (CGU) e do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre o “mensalão de Furnas” sejam acrescentados à investigação. Se o pedido for aceito, essa será a primeira vez que Aécio, que foi citado na delação de Delcídio, vai depor sobre Furnas. A suspeita é de que o líder do PSDB teria se beneficiado do esquema na estatal de energia. Para apurar a versão apresentada pelo delator e lobista Fernando Horneaux de Moura, Janot também requer que a apuração seja prorrogada por mais 60 dias. De acordo com Moura, ele foi informado por Dirceu, em 2003, de que Aécio pediu a Lula para que o então diretor de Engenharia de Furnas, Dimas Toledo, fosse mantido no cargo. Quando foi dar a notícia a Toledo, suspeito de operar o esquema, Moura conta que foi avisado por ele que haveria uma divisão de propina. Segundo o delator, a propina seria dividida em um terço para o PT nacional, um terço para o PT de São Paulo e um terço para Aécio. “Na presente hipótese, os elementos informativos já reunidos nos autos apontam para a verossimilhança dos fatos trazidos pelos colaboradores e denotam a necessidade de aprofundamento das investigações, notadamente quanto o envolvimento de Dimas Fabiano Toledo no evento criminoso e a sua relação com o senador Aécio Neves”, pontua Janot no documento. Ainda segundo a publicação, Moura acompanhou as discussões com o então ministro e Pereira sobre o loteamento de cargos do governo federal, como as diretorias das estatais. (BN)

Motorista do Samu descobre que filho está morto ao atender acidente de trânsito


acidente_ponta_grossa_samu

Um motorista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, descobriu que o filho estava morto ao atender um acidente de trânsito na Avenida Visconde de Mauá, na madrugada deste domingo (26).
De acordo com o Samu, o motorista seguia com a equipe para atender uma vítima após uma batida entre um carro e uma moto. Ao chegar no local, o socorrista descobriu que a vítima era filho dele. O rapaz, que tinha 21 anos, já estava morto quando o Samu chegou para o atendimento.
A Polícia Militar informou que o motorista do carro envolvido no acidente estava bêbado. Ele fez o teste do bafômetro que apontou a presença de 1,16 ml de álcool por litro de ar expelido. Além disso, conforme a PM, o motorista dirigia com a carteira de habilitação suspensa. O homem foi preso por embriaguez ao volante e homicídio culposo. A Justiça arbitrou fiança de R$ 3 mil, mas até a manhã deste domingo ele não havia pago o valor e continuava preso. (G1)