STF determina novo afastamento de Mário Negromonte do TCM-BA


Réu por corrupção passiva tanto no Superior Tribunal de Justiça (STJ) quanto no Supremo Tribunal Federal (STF), o conselheiro e ex-ministro Mário Negromonte foi afastado novamente do cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA).

O STF negou também o pedido para trancar a ação penal que Negromonte responde por prática de corrupção passiva. Segundo a denúncia do MPF, o então ministro das Cidades, em 2011, teria aceitado a promessa do pagamento de R$ 25 milhões de empresários relacionados ao Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores. O pagamento, no entanto, não teria ocorrido.

Negromonte havia sido liberado para retornar ao TCM-BA por decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do STF, em julho de 2018. Antes, em fevereiro do mesmo ano, Negromonte havia sido afastado quando o STJ recebeu a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF), em fevereiro deste ano. (mais…)

Ipiaú: Professora é acusada de cortar cabelos de alunas de 10 anos para fazer mega hair


Uma professora do Colégio Leovincia Andrade, no bairro Aparecida, em Ipiaú, é acusada de cortar os cabelos de duas alunas de 10 anos, ambas do turno vespertino. O caso, segundo o blog Giro Ipiaú, ocorreu no início deste mês, mas só foi percebido pelas famílias das crianças na semana seguinte, durante a lavagem dos cabelos de uma delas. As estudantes afirmaram aos familiares que a professora teria retirado as mechas para fazer um mega hair. Segundo a denúncia, os cortes dos cabelos teriam ocorrido no banheiro da unidade escolar.

O caso gerou indignação nos familiares das estudantes que acionaram a direção da escola. Ainda segundo o blog, a diretora informou que tomou conhecimento do caso na última quarta-feira (13). Ainda segundo ela, as crianças foram ouvidas e confirmaram a versão informada aos familiares. A diretora disse ainda que a professora nega as acusações, mas que ela foi advertida e o caso encaminhado ao Conselho Tutelar e a Secretaria Municipal de Educação.

Já o secretário Alan Márcio Vitorino, de acordo com o Giro Ipiaú, informou que autorizou a abertura de um processo administrativo para apurar a denúncia e tomar as medidas cabíveis. A professora é efetiva e esse é o primeiro ano dela atuando na Escola Leovincia Andrade. A reportagem não conseguiu o contado da professora denunciada. As informações são do Giro Ipiaú. (mais…)

Ibirapitanga: Funcionário da Câmara é acusado de agredir vereador cadeirante


O vereador do município de Ibirapitanga, Guilardo Pinheiro (PP), está com dores na coluna e o braço na tipóia por causa de hematomas sofridos quando da realização de sessão na Câmara de Vereadores de Ibirapitanga que tratava de assuntos do Executivo. O vereador fez exame de corpo delito e registrou a ocorrência na delegacia local contra Jorge Pacheco, popularmente conhecido na cidade como “João Lambança”, que trabalha como chefe da divisão de finanças da Câmara.

Segundo informações, a sessão realizada no último dia 4, tratava da aprovação em regime de urgência de projetos de lei para a realização de concurso público, contratações REDA e, o mais polêmico, a anulação de sessão que havida aprovado as contas do prefeito Isravan Barcelos no mês de outubro, com base na rejeição pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia-TCM.

De acordo com o vereador, os projetos estavam cheios de irregularidades e por isso foram questionados por ele e os vereadores Nego e Ivan, ambos do DEM, argumentando que precisavam analisar com mais responsabilidade pelas suas assessorias jurídicas os processos e não poderiam ser conduzido em regime de urgência. (mais…)

JN da TV Globo admite que porteiro mentiu ao citar Bolsonaro em caso Marielle Franco


O Jornal Nacional da TV Globo admitiu, nesta quarta-feira (30), a explicação do Ministério Público (MP) de que o porteiro do Condomínio do presidente Jair Bolsonaro (PSL), no Rio de Janeiro, mentiu no depoimento à polícia, em que afirmou ter interfonado para casa da família Bolsonaro, para autorizar a entrada de Élcio Queiroz, um dos suspeitos pelo assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do seu motorista Anderson Gomes, no dia do crime, em 14 de março de 2018.

Na noite de terça-feira (29), o JN havia veiculado reportagem exclusiva contando sobre depoimento do porteiro para a Polícia Civil. Mas, nesta quarta, o Ministério Público nas suas apurações concluiu que na verdade o homem teria mentido no depoimento e que na verdade, Élcio é autorizado a entrar no condomínio por Ronnie Lessa, acusado de ter efetuados os disparos que matou Marielle e Anderson.

O Jornal Nacional, após fazer uma retrospectiva da reportagem de terça-feira, divulgou um vídeo feito por Carlos Bolsonaro desmentindo o porteiro. Em seguida, o telejornal deu a explicação do MP, que aponta que o funcionário do condomínio Vivendas da Barra mentiu nos depoimentos prestados à Polícia Civil e que ele não falou com Jair Bolsonaro. A investigação teria sido concluída nesta quarta, apenas depois que o JN divulgou a matéria. Por último, o Jornal Nacional divulgou a decisão do procurador Augusto Aras, que também descartou qualquer elo entre Bolsonaro e o caso. (mais…)

Bolsonaro é citado em caso Marielle e faz live se defendendo


Em uma reportagem exibida pelo Jornal Nacional da TV Globo, na noite desta terça-feira (29), o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) teve seu nome citado em um depoimento realizado por um porteiro do Condomínio Vivendas da Barra, no Rio de Janeiro, em que morava Ronnie Lessa, um dos acusados de ter matado a vereadora Marielle Franco (PSOL) e seu motorista Anderson Gomes, em março de 2018.

De acordo com a reportagem pelo Jornal Nacional, o porteiro afirmou à Polícia Civil que às 17h10min, de 14 de março de 2018 (horas antes da ocorrência do crime), um homem chamado Élcio (que seria Élcio Queiroz o outro acusado pelo duplo homicídio) entrou no condomínio dirigindo um Renault Logan prata e que teria afirmado que iria à casa 58, onde morava Jair Bolsonaro.

O porteiro disse que ligou para à casa 58 e quem atendeu foi “seu Jair” que autorizou a entrada de Élcio. Naquele momento Bolsonaro era deputado federal e estava em Brasília segundo os registros da Câmara dos Deputados. (mais…)

Empresário diz que Marcos Valério mentiu para incriminar Lula


O empresário Ronan Maria Pinto desmentiu a afirmação do publicitário Marcos Valério, que afirmou ao Ministério Publico que o ex-presidente Lula é um dos mandantes da morte de Celso Daniel, ex-prefeito de Santo André. “Não é de hoje que Marcos Valério, com o objetivo único de alcançar uma colaboração premissa, propaga mentiras como as de hoje”, afirmou Ronan Maria Pinto em nota enviada por seu advogado, Fernando José da Costa.

Segundo reportagem publicada nesta sexta-feira (25) pela revista Veja, que teve acesso ao depoimento do publicitário ao Ministério Público de Minas Gerais, Marcos Valério afirmou que Ronan, quando exigiu dinheiro para ficar calado, declarou que não ia ‘pagar o pato’ sozinho e que iria citar o presidente Lula como “mandante da morte” do prefeito de Santo André.

Celso Daniel foi executado a tiros depois de ser sequestrado em 2002. A Polícia Civil sempre tratou o caso como um crime sem motivação política. (mais…)

Marcos Valério cita Lula como mandante da morte de Celso Daniel, diz ‘Veja’


Detalhes de um depoimento do publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza divulgados pela Revista Veja, nesta sexta-feira (25), apontam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como mandante da morte do ex-prefeito petista de Santo André, Celso Daniel, assassinado a tiros após um sequestro em 2002.

Segundo a publicação, o relato feito ao Ministério Público de São Paulo foi de que o ex-deputado federal do PT, Professor Luizinho, “lhe confidenciou que Celso Daniel topou pagar com recursos da prefeitura a caravana de Lula pelo país, antes da eleição presidencial de 2002, mas não teria concordado em entregar a administração à ação de quadrilhas e àqueles que visavam ao enriquecimento pessoal”. Valério disse também que o empresário Ronan Maria Pinto, que participava de um esquema de cobrança de propina na prefeitura de Santo André, começou a chantagear a cúpula do PT. Após pagar a chantagem, Marcos Valério disse a Lula que iria resolver a situação.

Mas não foi apenas isso. Em reunião com o chantagista em um hotel de São Paulo, segundo Valério, Ronan exigiu dinheiro e disse que não pagaria o pato sozinho. Foi então que afirmou que iria “apontá-lo (Lula) como cabeça da morte de Celso Daniel”. Segundo Veja, no depoimento Valério disse ter se encontrado com Lula e dito que resolveu o problema. (mais…)

Lajedo do Tabocal: Ambulância é flagrada transportando carnes para abastecer Hospital; Prefeitura emite nota sobre irregularidade


Suposto transporte irregular de carne feito em uma ambulância do município de Lajedo do Tabocal, no Centro-Sul Baiano, foi denunciado pelos vereadores Pedrão (PSB) e Nem Vei da Oficina (PRB), nesta quarta-feira (16).

Segundo os parlamentares, eles receberam uma denúncia anônima de que uma fornecedora do município de Jaguaquara transportaria carne bovina, frango e embutidos para o Hospital Municipal – Álvaro Vasconcelos Fagundes. Todo o transporte do alimento foi acompanhado pelos vereadores que acionaram a Polícia Militar (PM), a Vigilância Sanitária Municipal e Secretaria da Saúde. Eles não revelaram qual empresa foi responsável pelo fornecimento dos produtos.

Ainda de acordo com os vereadores, todo o material foi incinerado em um sítio da cidade, por agentes da Vigilância, na presença dos denunciantes e da secretária da Saúde, Thaisa Brito. Veja o momento do flagrante:
(mais…)

Gandu: Blogueiro diz que recebia pagamentos da Prefeitura via “Caixa 2” e acusação pode complicar vida do prefeito Leonardo Cardoso


A grave acusação, feita pelo ex-prefeito e blogueiro “Zebrão”, nesta terça-feira (08), pode causar um efeito devastador ao atual prefeito de Gandu Leonardo Barbosa Cardoso. Segundo publicação feita em seu blog, Zebrão afirma ter recebido, entre janeiro de 2017 e outubro de 2018, pagamentos referentes à divulgação de matérias institucionais da prefeitura de Gandu através de “Caixa 2”.

De acordo com o blogueiro, ele recebia cerca de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) por mês, mas que nunca precisou ou foi obrigado à assinar algum tipo de recebido ou repassar notas sobre os serviços prestados. “Queremos saber agora a origem do dinheiro. A justiça que peça a informação aos dois, Manoel Dantas Cardoso e Leonardo Barbosa Cardoso. Como pode a prefeitura todo mês depositar na conta de uma pessoa cinco mil reais, sem dar baixa em sua contabilidade. Prova que existe Caixa 2 na prefeitura de Gandu”, escreveu Zebrão em alusão aos pagamentos que recebia.

Ainda de acordo com as acusações, foi solicitado, por ele (Zebrão), junto ao Banco do Brasil, todos os extratos do período em que ele afirma ter recebido os valores pela prestação de serviço e que os mesmos serão entregues em Juízo.

(Diário Paralelo)

(mais…)

Após 10 anos, funcionária de Clodovil afirma que estilista foi assassinado


No retorno de Geraldo Luís ao Balanço Geral, da Record TV, na última segunda-feira (30), o apresentador exibiu uma reportagem chocante sobre a morte de Clodovil Hernandes. Dez anos após a morte do estilista, uma ex-funcionária da mansão em que ele vivia contrariou o laudo médico e relatou que ele foi assassinado.

Segundo a cozinheira Renata Cândido Rodrigues, um homem esteve no quarto de Clodovil pouco antes dele ter sido encontrado inconsciente e sangrando, no dia 16 de março de 2009. Ela afirmou ainda que havia marcas de dedos no corpo de Clodovil, como se alguém tivesse tentado arrastá-lo. Ainda de acordo com o relato da cozinheira, o mesmo homem já rondava pessoas próximas ao estilista tempos antes do falecimento. (mais…)