Estudante de Ibirataia representará a Bahia no concurso Jovem Senador 2022, em Brasília


Dentre os nomes dos 27 estudantes vencedores do concurso Jovem Senador de 2022 está o de Ravan dos Santos Andrade, de 16 anos, 3º ano do Ensino Médio do Colégio Estadual de Ibirataia, localizado no município de Ibirataia, no Sul baiano. Ele, representando a Bahia, e os demais alunos selecionados – um de cada estado brasileiro – vão vivenciar o processo legislativo no Senado, e as propostas feitas por eles poderão ser transformadas em projetos de lei. O tema da redação deste ano foi “200 anos de Independência: lições da história para a construção do amanhã”.

Os autores dos textos vencedores, todos do Ensino Médio de escolas públicas de todo o país, estarão em Brasília no período de 27 de junho a 1º de julho, quando passarão pelo processo de discussão e elaboração das sugestões de leis, na chamada “Semana de Vivência Legislativa” do programa. Além da viagem, com passagem aérea, hospedagem, alimentação e locomoção incluídas, cada jovem senador ganhará um notebook como prêmio. Os professores-orientadores das redações escolhidas acompanham os estudantes na capital brasileira e são premiados com notebooks.

Ravan está cheio de expectativas para vivenciar a mais nova experiência da sua trajetória escolar. “Um programa como este é, sobretudo, um incentivo aos alunos das escolas públicas do Ensino Médio a participarem do processo político, o que leva ao caminho da maior participação popular – que é algo importantíssimo para a construção de um futuro próspero para um país – e trazendo para as escolas algo que muitos creem ser distante. Com isso, tenho a expectativa de ajudar a aprovar e articular no Plenário algum projeto que realmente tenha relevância para a juventude e para o nosso país, dando real sentido ao desenvolvimento correto e ético sobre as políticas públicas do nosso Brasil, na perspectiva do direito cumprido”, relata o estudante. (mais…)

Ibirataia: Câmara aprova piso salarial para professores municipais


Foi aprovado, em sessões extraordinárias realizadas nesta quarta-feira (04), o Projeto de Lei nº 004/2022 do executivo municipal que dispõe sobre a aplicação do piso mínimo nacional do magistério, no âmbito do magistério público do município de Ibirataia. A proposição que tramitava na Câmara, foi acompanhada de perto pela direção da APLB Sindicato, Núcleo de Ibirataia.

As sessões extraordinárias contaram com a participação de todos os edis, que aprovaram por unanimidade o Projeto de Lei. Vale ressaltar que o auditório da Câmara esteve composto por professores que puderam assistir presencialmente a votação dos vereadores e os discursos favoráveis à aprovação da matéria.

Previsto na Lei Federal 11.738 de 2008, o aumento dos vencimentos da classe é obrigatório a todos os municípios do Brasil. O projeto de lei que foi aprovado, segue agora para a sanção da prefeita Ana Cléia.

‘A realidade está aí para provar o descaso da atual gestão com a educação na Bahia’, afirma Sandro Régis


O deputado estadual Sandro Régis (União Brasil), líder da oposição na Assembleia, rebateu, nesta terça-feira (03), o governador Rui Costa (PT) sobre a realidade da educação pública estadual. Régis relembrou que a Bahia é o último estado de todo o país em qualidade de ensino – posição que ocupa desde 2017, e ressaltou: “A realidade está aí para provar o descaso da atual gestão”.

O parlamentar ponderou que o IDEB estadual foi o que mais caiu em todo o Brasil nos últimos anos – o índice nacional é o responsável por avaliar e monitorar a qualidade da Educação a partir de dados concretos sobre o fluxo escolar e o desempenho dos estudantes.

“Não adianta Rui gritar. O governador precisa descer do palanque e voltar a trabalhar para tentar tirar a Bahia do triste cenário que o estado ocupa desde 2017. Somos os piores em qualidade da educação de todo o país, e os dados estão aí para provar”, ressaltou.

(mais…)

Ipiaú: Cursos técnicos são apresentados a crianças e adolescentes acolhidos da Fundação ACM


Equipe do Centro Territorial de Educação Profissional do Médio Rio das Contas de Ipiaú (Cetep) visitou, na última quarta-feira (20), a instituição de acolhimento de crianças e adolescentes do município de Ipiaú, no sul da Bahia, para apresentação dos cursos disponíveis, de forma lúdica e descontraída e despertar o interesse dos acolhidos. A visita foi organizada pelo Ministério Público estadual, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Ipiaú, em parceria com a Defensoria Pública, a Secretaria de Ação Social do Município, Conselho Tutelar, Cetep e a Fundação Antônio Carlos Magalhães.

De acordo com a promotora de Justiça Lissa Aguiar Andrade, “a perspectiva do evento foi mostrar aos acolhidos que as adversidades que levaram ao acolhimento não são fatores impeditivos para o desenvolvimento pessoal e profissional e que a rede de proteção está atenta e pronta para auxiliá-los na busca de um futuro promissor”. A promotora acrescentou que “essa é apenas uma das ações de caráter preventivo e ao mesmo tempo restaurador que o Ministério Público e a Defensoria Pública estão promovendo na região e que outras acontecerão no decorrer do ano”.

Segundo Lissa Andrade, os acolhidos da Fundação Antônio Carlos Magalhães visitarão, em maio, a unidade do Cetep Médio Rio das Contas, situado na zona rural do município de Ipiaú, onde terão uma visão prática dos cursos e ambientações apresentados. O Cetep é uma unidade de ensino público técnico e profissional do Estado da Bahia e oferece cursos nas áreas de Agropecuária, Agroindústria, Biotecnologia, Edificações e Zootecnia, com relevante papel no desenvolvimento da região.

Camaçari: MP aciona município para que disponibilize profissionais de apoio a alunos especiais


O estadual ajuizou nesta terça-feira (19) ação civil pública contra o município de Camaçari, em razão da ausência de profissionais de apoio para crianças e adolescentes com necessidades especiais na rede municipal de ensino. A ação foi ajuizada pela promotora de Justiça Thiara Rusciolleli.

Na ação, o MP requer à Justiça que determine à Secretaria Municipal de Educação a oferta dos chamados Auxiliares de Desenvolvimento Infantil para Pessoas com Necessidades Especiais (ADI/PNE) em caráter de urgência e de forma contínua. Conforme a promotora, estima-se que 238 crianças e adolescentes necessitem do serviço de apoio, mas menos de 40 delas disponha atualmente do auxílio. Além disso, o MP solicita que seja apresentado um plano de gestão que assegure a oferta de profissionais de apoio para esses alunos.

A promotora Thiara Rusciolleli aponta que a não disponibilização de profissionais de auxílio para os alunos viola o direito à educação desses estudantes, uma vez que se encontram impedidos de frequentar a escola. A ação decorre de inquérito civil instaurado após o começo do ano letivo, iniciado em março deste ano. Segundo o documento, a Secretaria Municipal de Educação, quando questionada pelo MP, informou apenas que “a contratação destes profissionais está em fase de licitação e dentro em breve serão convocados, sem, ao menos, informar qual o real andamento desta demanda ou mesmo se haverá, de fato, tal contratação”.

Ibirataia: Secretaria de Educação realiza formação continuada voltada à educação inclusiva


Planejada desde setembro de 2021, com o objetivo de oferecer aperfeiçoamento e apropriação de conhecimentos fundamentais à sua prática sobre a Educação Inclusiva, analisando e discutindo as possibilidades da atuação das crianças nos espaços escolares, a Prefeitura Municipal de Ibirataia, através da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, realizou nos dias 08 e 09 de abril o primeiro encontro da Formação Continuada para todos os seus educadores da rede pública municipal, na busca de fortalecer a política de inclusão do município para garantir as condições necessárias ao favorecimento da aprendizagem da pessoa com deficiência ou com transtornos globais do desenvolvimento ou altas habilidades e superdotação, a começar por sua inclusão na escola, espaço de socialização do conhecimento.

A formação foi conduzida pela psicóloga Brena Luiza dos Santos Assunção, que atuará junto a equipe técnica da educação especial do município, por meio da observação dos processos internos, para diagnosticar as principais barreiras no campo da educação especial inclusiva que impedem a participação e o aprendizado do aluno com deficiência, além disso, oferecer formação e supervisão técnica.

O curso de Formação Continuada acontecerá durante todos os meses, ocorrendo de forma presencial e remota, com a supervisão da coordenação técnico pedagógica da Secretaria de Educação. As informações são da Prefeitura de Ibirataia/Coordenação de Comunicação.

(mais…)

Euclides da Cunha: MP recomenda que escolas privadas do município não dificultem a matrícula de deficientes


O Ministério Público estadual recomendou que as instituições de ensino básico da rede privada do município de Euclides da Cunha não recusem ou dificultem a matrícula de estudantes deficientes, inclusive autistas. No documento, assinado no último dia 4 de abril, o promotor de Justiça Samory Pereira Santos propõe que as escolas adotem todas as medidas práticas necessárias para favorecer o acesso à educação do público com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento, altas habilidades ou superdotação.

Dentre as medidas recomendadas às escolas estão a efetivação da matrícula no ensino regular de todos os estudantes que buscarem os seus serviços, independentemente da condição de deficiência, física, sensorial ou intelectual; e a oferta do Atendimento Educacional Especializado (AEE), de forma a promover a inclusão escolar, o acesso, a permanência, a participação e a aprendizagem desses estudantes. Recomenda ainda que as escolas não cobrem valores adicionais de qualquer natureza nas mensalidades, anuidades e matrículas no cumprimento das orientações. Às escolas que ainda não o fizeram, o promotor de Justiça recomenda a implantação do AEE em seus projetos pedagógicos para o ano letivo de 2022.

A recomendação levou em consideração a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, que garante que as pessoas com deficiência possam ter acesso ao ensino primário inclusivo, de qualidade e gratuito, e ao ensino secundário, em igualdade de condições com as demais pessoas na comunidade em que vivem. Considerou que a convenção dispõe que a educação de pessoas, em particular, crianças cegas, surdocegas e surdas, seja ministrada nas línguas e nos modos e meios de comunicação mais adequados ao seu máximo desenvolvimento acadêmico e social. Considerou ainda que as diretrizes normativas devem ser também observadas em relação aos estudantes autistas, uma vez que a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista dispõe expressamente que essas pessoas são consideradas pessoas com deficiência para todos os efeitos legais.

(mais…)

Ibirataia: Gestores escolares participam de formação no NTE 22


No intuito de participar do Encontro Formativo do Plano de Formação Continuada Territorial – Presencial, a Secretaria de Educação de Ibirataia enviou para a sede da NTE 22 (Núcleo Territorial de Educação), em Jequié, os gestores escolares e coordenadores pedagógicos do ensino fundamental anos finais (6º ao 9º ano), nos dias 04 e 05 de abril.

O Plano de Formação Continuada tem como foco os gestores e coordenadores pedagógicos que atuam no ensino fundamental II e no ensino médio, abordando tanto a teorização da prática quanto pautas relacionadas ao currículo e às avaliações.

A ação, promovida pela Secretaria de Educação do Estado da Bahia, por meio do Instituto Anísio Teixeira (IAT), tem como objetivo monitorar e avaliar ações conjuntas no âmbito da formação continuada, além de mobilizar os educadores e equipes técnicas para construção do Plano de Suporte Estratégico, um dispositivo de apoio na gestão educacional da rede de ensino. As informações são da Prefeitura de Ibirataia/Coordenação de Comunicação.

Gandu: Estudantes da zona rural são assaltados e feitos reféns enquanto retornavam para as suas casas


Estudantes da região do Burizinho, zona rural do município de Gandu, no baixo sul baiano, passaram por momentos de tensão nesta quarta-feira (09). Alunos de escolas da sede, eles foram assaltados e feitos de reféns enquanto retornavam para as suas casas.

Segundo informações, após serem deixados na BR-101, os estudantes seguiam a pé por uma estrada vicinal que liga a rodovia federal à referida localidade, quando foram interceptados por homens armados. O transporte escolar não teria ido até destino final devido as péssimas condições da estrada.

Conforme a mãe de um dos estudantes relatou, os criminosos renderam os alunos, roubaram seus pertences e em seguida fugiram, deixando todos amarrados dentro de um imóvel. Após algumas horas, as vítimas foram localizadas por uma equipe policial.

Felizmente, ninguém se feriu. Até o momento nenhum suspeito foi localizado pela polícia, que realizou rondas pela região na tentativa de identificar suspeitos.

(Bahia em Dia)

Volta às Aulas é na loja Mundo das Mídias!


Início de ano escolar é sempre muito especial para as crianças e para os pais, que sempre escolhem e preparam o material com muito carinho. A loja Mundo das Mídias conta com uma grande variedade de artigos em materiais escolares que vão fazer a volta às aulas caber certinho no seu bolso.

Confira algumas ofertas de materiais: cadernos 20 Mt a partir R$ 32,00, cadernos de 16 Mt a partir de R$ 22,00, cadernos 15 Mt a partir de R$ 28,00, cadernos 10 Mt a partir R$ 16,00, cadernos 01 Mt a partir de R$ 10,00, porta lápis (estojo) a partir de R$ 4,00 e tinta guache a partir de R$ 1,25.

Qualidade e menor preço é no Mundo das Mídias. A loja fica localizada na Praça Erasmo Vieira, em frente ao Centro Comercial do distrito de Algodão. Islândia e Júnior desde já agradecem pela visita.

Siga a Loja Mundo das Mídias nas redes sociais

Clique aqui para entrar no instagram do Mundo das mídias e Variedades

Clique aqui para entrar na página do Facebook do Mundo das mídias e Variedades