Gandu é a terceira cidade a receber o projeto Escolas Culturais


Gandu, no Baixo Sul baiano, é a terceira cidade do interior a receber o projeto Escolas Culturais, implantado na tarde desta sexta-feira (6), no Centro Territorial de Educação Profissional do Baixo Sul (Cetep Baixo Sul), durante visita do governador Rui Costa. O objetivo da iniciativa é incentivar o acesso da população baiana aos projetos artísticos culturais estruturantes que as escolas desenvolvem, estimulando o protagonismo estudantil. “Esse projeto transforma cada escola do estado em equipamento cultural não somente para alunos da rede municipal e estadual, mas para toda a população. Que o espaço da escola abra as portas para receber corais, peças de teatro e muitas manifestações artísticas. Vamos transformar os auditórios em salas de cinema e transformar a realidade das cidades que terão as escolas culturais”, afirmou Rui.
O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, enfatizou que o projeto Escolas Culturais promove a integração do Ensino Médio Regular com a Educação Profissional e Tecnológica, e reconhecem a escola como um espaço que deve estar aberto à comunidade e, principalmente, impulsiona a arte, a cultura, a inovação e o empreendedorismo. “A grande ideia do governador Rui Costa foi colocar a escola indo, recebendo e abraçando a comunidade, pois a arte está nas nossas escolas e é esta arte que a gente faz a associação com a Matemática, com a Ciência, com a Fábrica- Escola e vai quebrando resistência, fazendo a leitura do que acontece em cada canto”, destacou Pinheiro.
O governador Rui Costa acrescentou que, “até dezembro, implantaremos esse projeto em 54 escolas, em 54 municípios. Gandu é a terceira cidade a receber essa iniciativa e estamos muito felizes de trazer o projeto para o Baixo Sul”. O projeto é resultado de parceria entre as secretarias da Educação, de Cultura (Secult), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e Casa Civil.  Antes de implantar o projeto no município, Rui inaugurou a Fábrica Escola do Cacau e do Chocolate, primeira unidade do tipo na Bahia, também no Cetep Baixo Sul. Ainda em Gandu, ele celebrou convênio do projeto Bahia Produtiva, no setor de fruticultura – cacau e chocolate, entregou caminhão para Associação de Desenvolvimento do Baixo Sul e anunciou as obras de recuperação da BA-120, entre Gandu e Ibirataia.

Municípios do Médio Rio de Contas registram índices baixos de investimentos, segundo a firjan


Em um ano de forte cri­se econômica e de final de mandatos municipais, quando, no Brasil, os gastos costumam aumentar, às vezes, sem a devida cobertura financeira, houve forte piora na situação fiscal das prefeituras da região em 2016. É o que aponta o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), divulgado na última quinta-feira (10) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro. O IFGF sintetiza cinco dados públicos: capacidade de a prefeitura gerar receita própria, peso dos gastos com pessoal, capacidade de investir, liquidez (recursos em caixa suficientes para honrar restos a pagar) e endividamento. O índice varia de 0 a 1. Quanto mais próximo de 1, melhor a situação fiscal. Com base nesse dado, a Firjan se­para os municípios em quatro níveis: A, com IFGF acima de 0,8, classificado como gestão de excelência; B, entre 0,6 a 0,8, como boa gestão; C, entre 0,4 e 0,6, como gestão em dificuldade; e D, abaixo de 0,4, como crítica.

Segundo o estudo, entre os 23 municípios da região, onze não constam na relação por não terem informados os dados para a Secretaria do Tesouro Nacional, são eles: Pres. Tancredo Neves, Wenceslau Guimarães, Gandu, Nova Ibiá, Apuarema, Camamu, Barra do Rocha, Ipiaú, Jitaúna, Aiquara e Jequié. Ainda segundo o estudo, nenhuma cidade da região está no nível A ou B, e apenas um município da região, Teolândia, recebeu o conceito C. Os demais receberam o conceito D, são eles: Ibirapitanga, ubatã, Itagibá, Dário Meira, Gongogi, Itamari, Ubaitaba, Aurelino Leal, Piraí do Norte, Itagi e Ibirataia. Confira abaixo a posição entre os municípios da região que enviaram as informações: (mais…)

Ibirataia: Prefeitura e Polícia Militar tratam da implantação do PROERD no município


Na manhã desta quarta-feira (26), foi recebida no gabinete da Prefeitura Municipal de Ibirataia, pela chefe de Gabinete Maria Emília Brito, os vereadores, Chafick Luedy, Charles Mosquito, Juca Muniz e Marquinhos do Cacau e o procurador jurídico Dorgival Neto a equipe da Polícia Militar da Bahia, sob o comando do Major Jocevã Lima Oliveira, acompanhado pelo tenente Ederlan Jesus e a Soldado PFEM Sueli Reis dos Santos. O assunto principal da reunião foi a implantação do programa PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência) nas escolas da Rede Municipal de Educação, mais especificamente para os alunos do 5º Ano da educação básica.

O programa é uma iniciativa da Policia Militar da Bahia, sendo uma versão brasileira do programa D.A.R.E. (Drug Abuse Resitence Education), implantado inicialmente nos Estados Unidos e, atualmente, desenvolvido em mais de cinquenta e seis países conveniados. A iniciativa é considerada pela ONU como um dos maiores programas de prevenção às drogas e a violência do mundo e tem por objetivo principal é o combate a violência e prevenção às drogas. Será convocado uma reunião com os pais e responsáveis pelos alunos, a ser ministrada pela SDPFEM Sueli Reis dos Santos, responsável pelo projeto na 55º Companhia da Polícia Militar da Bahia, juntamente com professores e diretores das escolas que irão receber o projeto para informa-los como serão aplicados os trabalhos pedagógicos que contará com 10 turmas de alunos a serem selecionados pela equipe da Secretaria Municipal de Educação.

Ibirataia: Projeto de Ravi Machado prevê criação de pré-vestibular gratuito no município


Em sessão realizada na última quarta-feira (27), o vereador de Ibirataia, Ravi Machado (PP), comemorou a aprovação por unanimidade na Câmara, de mais um dos Projetos de Lei de sua autoria. Conforme informou o edil, o projeto prevê que o poder executivo municipal promova curso pré-vestibulares gratuitos aos estudantes do distrito de Algodão e Ibirataia. Para o vereador, o requerimento busca priorizar a população carente de ambas as partes do município. “Esse projeto vai beneficiar aos alunos que concluem o ensino médio e não tem condições de cursarem o pré vestibular”, comentou Ravi Machado.

Ilhéus: Prefeitura desativa escola em estado precário após reportagem do fantástico


O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, determinou à secretaria de Educação a desativação temporária da Sala Nucleada do Japu, na localidade de Piaçaveira, zona rural de Ilhéus, e as providências para a construção de uma nova unidade escolar para atender a comunidade. A situação da escola ganhou repercussão nacional após matéria exibida no programa Fantástico, da Rede Globo, no último domingo, que enfocou detalhes da Operação Citrus, do Ministério Público, que apura casos de corrupção na Prefeitura de Ilhéus, na gestão anterior.

O prefeito estabeleceu como prioridade a extinção da estrutura precária que vem sendo utilizada pela rede municipal de ensino e determinou a construção de uma nova escola para atender aos estudantes da Piaçaveira. A suspensão das aulas ocorrerá pelo período de uma semana, até que a Secretaria de Educação defina um local para o funcionamento da escola. Segundo informação da secretária de Educação, Eliane Oliveira, na próxima segunda-feira (22), será realizada uma reunião na comunidade para tratar de medidas mais imediatas. Além disso, a secretaria de Infraestrutura, Transportes e Trânsito tomará as medidas cabíveis para a construção da nova escola, no terreno que acaba de ser doado pelo agricultor Miguel Domingos Dias. (Ilhéus 24h)

Nova Ibiá: Prefeitura entrega escola totalmente reformada na região do Pau D’Arco


Caminhando contra a realidade da educação brasileira apresentada na grande mídia, a atual administração de Nova Ibiá, tem despendido grandes investimentos na área educacional a fim de proporcionar aos alunos da rede municipal de ensino uma educação de excelência. Exemplo disso, a Prefeitura de Nova Ibiá entregou a Escola Municipal Durval Libânio totalmente reformada. A escola que fica localizada na região do Pau D’Arco, estava praticamente em ruínas, abandonada e sem a mínima condição de receber os alunos, e agora está totalmente reformada. (Bahia em Dia)