União Brasil lança oficialmente ACM Neto como candidato ao governo da Bahia


Em convenção realizada na manhã desta sexta-feira (05) no Centro de Convenções de Salvador, o União Brasil oficializou o nome de ACM Neto para disputar o Governo da Bahia nas eleições de outubro deste ano. O ex-prefeito de Salvador por dois mandatos terá ao seu lado como candidata a vice-governadora Ana Coelho, empresária filiada ao Republicanos. O deputado federal Cacá Leão, do Progressistas (PP), também foi oficializado como candidato ao Senado pela chapa.

O evento contou com outros 12 partidos que se juntaram à candidatura de ACM Neto, formando uma das maiores coligações de oposição da história das eleições baianas. Além do União Brasil, compõem a chapa as legendas PP, Republicanos, PSDB, PDT, PSC, Solidariedade, Cidadania, Podemos, PRTB, PTB, DC e PMN.

Em seu discurso, Neto destacou que a palavra que resume a sua campanha é mudança: “Com cada vez mais intensidade eu ouço as pessoas dos quatro cantos do estado as pessoas, com coragem, levantarem a sua voz e dizerem: ‘Neto, nós queremos mudança’. Toda mudança vem do coração. A mudança nasce da esperança. E as baianas e baianos nunca, em momento algum, perderam a esperança. Mesmo quando as situações são tão difíceis, a gente não perde a esperança”, disse.

“Porém, também, toda mudança vem da busca incessante pela realização dos nossos sonhos. Em dezembro, quando apresentei a minha pré-candidatura ao governo do estado, nesse mesmo Centro de Convenções, a minha primeira  pergunta ao público foi: qual é o tamanho do seu sonho? Muitos meses se passaram desde então, nós percorremos quase 200 municípios. Eu ouvi muita gente, conversei com os baianos que vivem em cada cantinho desse enorme estado. E posso dizer hoje que os baianos já decidiram que querem essa mudança, porque os baianos sabem bem qual é o tamanho dos seus sonhos”, completou.

Candidata ao posto de vice

A candidata a vice de ACM Neto, Ana Coelho, é CEO do Grupo Aratu, proprietário da TV Aratu, afiliada do SBT na Bahia. Ela é filiada ao Republicanos (PRB). Publicitária de formação, é presidente da Associação Baiana do Mercado Publicitário (ABMP). Ela é esposa do deputado estadual Tiago Correia (PSDB).

“Me senti honrada pela oportunidade de poder ser a primeira mulher vice-governadora da Bahia. Precisamos de mais protagonismo. Tenho estudado questões de educação e segurança, mas a bandeira da representatividade feminina é uma que pretendo ouvir, trabalhar e defender”, afirmou.

(mais…)

ACM Neto recebe o apoio de mais dois prefeitos do PSD


O pré-candidato a governador da Bahia, ACM Neto (União Brasil), recebeu no inicio desta semana a adesão de mais dois prefeitos filiados ao PSD, partido que integra a base governista. Heráclito Arandas, de Jaguaripe, e Danilo de Babão, de Muritiba, ambos municípios localizados no Recôncavo Baiano.

Na segunda-feira (01), Arandas que está em seu quarto mandato como prefeito de Jaguaripe, sendo eleito em 2020 com 57,21% dos votos, juntou-se ACM Neto visando as eleições de outubro. Ao explicar a sua adesão a ACM Neto, Arandas destacou as qualidades do ex-prefeito de Salvador enquanto gestor público. “Desde os tempos de deputado federal que ele já era um político de destaque nacional, e depois que tornou-se prefeito de Salvador comprovou a sua aptidão para governar, enfrentar grandes desafios e transformar a vida das pessoas. Por isso que deixei bem claro a todos que, entre Neto e o alinhamento do partido a que estou filiado, eu prefiro ficar com ACM Neto”, disse.Já na terça-feira (02) foi a vez de Danilo de Babão, prefeito de Muritiba, também tomar a mesma decisão. Por sua vez, Danilo de Babão, filiado também ao PSD, destacou a trajetória de ACM Neto como prefeito de Salvador. “Neto foi uma inspiração para todos os prefeitos do Brasil, escolhido diversas vezes como o melhor gestor do país e uma liderança política com novo perfil. Acredito muito no trabalho dele e tenho certeza que o belíssimo trabalho realizado na nossa capital será feito também pela Bahia e por Muritiba”, afirmou. Danilo de Babão está em seu segundo mandato como prefeito de Muritiba, sendo reeleito em 2020 com 63,53% dos votos.

(Bahia em Dia) 

(mais…)

Do PSD, prefeito de Adustina efetua portabilidade e apoiará ACM Neto


O prefeito de Adustina, Paulo Sérgio (PSD), disse neste domingo (31) ao site Rodrygo Ferraz que apoiará ACM Neto (União Brasil) ao Governo do estado. A expectativa é que o ex-prefeito de Salvador esteja no dia 12 de agosto no município, em um grande palanque onde oposição e situação estarão juntas.

“Adustina e nossa gente: estamos juntos com ACM Neto. Acreditamos em dias melhores para nossos filhos e netos”, disse Paulo Sérgio que também apoia Lula para presidente, Otto Alencar para o Senado, Gabriel Nunes para deputado federal e Angelo Filho para deputado estadual, além de Fátima Nunes.

Envergonha a Bahia ter um governador que dispara fake news, critica Sandro Régis


 

O deputado estadual Sandro Régis, líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa rechaçou a fake news criada pelo governador Rui Costa (PT) contra o pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (União Brasil). Neste sábado (30), durante a convenção do PT, Rui fez um relato enganoso ao dizer que o ex-prefeito de Salvador tomou o microfone das mãos de um apoiador na cidade de Itarantim, no dia 22 de julho. “Envergonha a Bahia ter um governador que dispara fake news. É um claro sintoma de desespero eleitoral”, afirma Sandro Régis.

O vídeo completo do evento mostra, na verdade, que o microfone apresentou defeito durante a fala do presidente municipal do PP, Du Almeida, e o próprio Neto pediu a troca do equipamento. “Enquanto ACM Neto faz uma campanha limpa, alegre ao lado do povo falando de projetos e esperança, o PT faz o jogo sujo da política, faz a política mesquinha para tentar enganar as pessoas. Isso não cola mais. A resposta virá nas urnas com a vitória que o povo da Bahia dará a ACM Neto em primeiro turno”, ressalta Sandro Régis.

Pelas redes sociais, Du Almeida também desmentiu Rui Costa. “Acabei de rever um vídeo onde o governador da Bahia diz que ACM Neto tomou o meu microfone. Eu quero dizer que política se faz com seriedade, o que ACM tem feito. ACM Neto, pelo contrário, pega o meu microfone porque está com problema e de uma forma muito respeitosa ele pede um outro microfone para que eu possa continuar com o meu discurso”.

Líder da Oposição diz que petistas fazem “romaria do desespero” para reafirmar candidatura de Jerônimo Rodrigues


O deputado estadual e líder da Oposição, Sandro Régis (União Brasil), afirmou que lhe causa estranheza o que classifica como “romaria petistas” para reafirmar a candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT) ao governo da Bahia.

“Me causa estranha ver hoje a imprensa publicando matérias sobre petistas reafirmando que Jerônimo Rodrigues não irá abandonar a candidatura. Parece que há um desespero, uma necessidade de reafirmar a candidatura petista… é aquele ditado, quando o presidente do clube começa a dizer que o técnico está prestigiado e goza da confiança da diretoria é sinal de que o arroz já virou papo”, provocou Sandro Régis.

(mais…)

Sandro Régis apresenta denúncia ao TCE-BA para anular convênios feitos de forma irregular pelo governo da Bahia


O deputado estadual Sandro Régis (União Brasil), líder da bancada de Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), apresentou denúncia, nesta terça-feira (26), ao Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) para tornar inválidos os convênios celebrados ilegalmente pelo governo estadual, através da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder).

O parlamentar pediu também a abertura de procedimentos específicos para apuração de responsabilidades dos gestores envolvidos e encaminhamento de cópia do Ministério Público de Contas (MPC) para adoção das medidas cabíveis contra o que ficou conhecido como “a farra dos convênios”.

A peça aponta que o governo usou o dispositivo de gestão para tentar cooptar o apoio de prefeitos e lideranças à chapa do pré-candidato do PT à sucessão estadual, Jerônimo Rodrigues, que mesmo sem ocupar nenhum cargo oficial na administração participou de atos institucionais de assinatura de convênios. Pelas redes sociais, o governador Rui Costa (PT) chegou a registrar um encontro com 120 prefeitos, realizado no dia 13 de abril, em um hotel de luxo em Salvador.

Para atender à finalidade eleitoral, o governo empenhou em convênios R$ 1,7 bilhão em apenas seis meses deste ano – valor quase dez vezes maior que o praticado em todo o 2021, que foi de R$ 188 milhões.

Na denúncia ao TCE, Sandro Régis narra que o governo do estado admitiu firmar convênios até mesmo com prefeituras inadimplentes, “reconhecendo sem qualquer cerimônia uma ilegalidade flagrante” à legislação que exige regularidade fiscal do município a ser beneficiado. A disposição do governo foi, inclusive, verbalizada em declaração à imprensa pelo secretário de Relações Institucionais, Luiz Caetano.

Mesmo depois de ter assumido o compromisso, Rui Costa cancelou, conforme consta no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 16 de junho, “sem qualquer explicação plausível”, cerca de 300 convênios e deixou prefeitos de 244 cidades a ver navios. Em muitos casos, os gestores já haviam feito licitação e dado ordem de serviço, mas perderam a dotação orçamentária e, portanto, estão impedidos de continuar as obras prometidas pelo governador.

Caso Olindina

As ilegalidades, de acordo com a denúncia, continuaram mesmo após os atos terem sido anulados – vide o caso de Olindina, que perdeu o convênio nº 263/2022 assinado no dia 14 de maio para pavimentação de ruas na zona rural. No dia 23 de junho, foi assinado um novo convênio, com o mesmo objeto e valor do anterior. Estranhamente seis dias depois, em 29 de junho, já havia ordem de serviço para que a empresa contratada pela prefeitura executasse a obra.

“Em 06 dias, doutos Conselheiros, não há tempo hábil sequer para lançar um edital de pregão eletrônico (que exige prazo de 08 dias para recebimento de propostas), quanto o mais para vencer todas as etapas burocráticas e necessárias para que se leve a efeito um convênio com a CONDER”, explica Sandro Régis na denúncia entregue ao Tribunal nesta terça.

“O que se verifica, portanto, é o atropelo das fases de celebração dos convênios, à margem da lei, para fins de configuração do requisito das “obras em andamento”, de molde a autorizar a continuidade dos repasses subsequentes sem o óbice da legislação eleitoral”, acrescenta.

O líder da oposição também levou ao conhecimento do TCE licitações que estão sendo feitas sem planejamento para execução direta de obras em municípios com objetos coincidentes aos convênios, o que sugere indícios de superfaturamento.

Outro requerimento feito à Corte é para que a Conder, em vez de apenas negar o cancelamento, esclareça exatamente quais os convênios foram cancelados, o motivo para tal decisão e como ficarão aqueles municípios efetivamente prejudicados.

(mais…)

ACM Neto e Cacá Leão recebem o apoio do prefeito de Itaguaçu da Bahia, do PSD


Os pré-candidatos a governador ACM Neto (União Brasil) e a senador Cacá Leão (PP) receberam nesta terça-feira (26) o apoio de mais um prefeito do PSD, partido que integra a base governista. Adãozinho, de Itaguaçu da Bahia, na microrregião de Irecê, reuniu-se com a dupla no escritório do União Brasil em Salvador e anunciou a sua adesão.

O prefeito apontou a saúde e a segurança públicas como os maiores problemas atuais do município. “Hoje, muitos baianos, com essa regulação, morrem esperando uma vaga em todo o interior. Eles criaram essa regulação para que a imprensa não identifique esse grande problema que a Bahia está atravessando. E a segurança hoje está abandonada, se não são os municípios dando apoio à Polícia Militar, estavam todos abandonados pelo governo”, disse.

“Acredito que Itaguaçu, como todo o povo da Bahia, acredita que ACM Neto fez Salvador ser a cidade mais bem administrada da Bahia. E agora vai fazer com que a Bahia também seja o estado mais bem administrado do Brasil”, disse o prefeito.

Além de Adãozinho, oito dos nove vereadores do município manifestaram apoio a ACM Neto. Segundo o prefeito, a cidade precisa se desenvolver e vê no pré-candidato do União Brasil uma oportunidade. “Itaguaçu tem um potencial enorme para crescer, porque está próximo ao maior projeto de irrigação da América Latina, que é o projeto do Baixio de Irecê, e por ter um rio que percorre a cidade do início ao fim”, citou.

Adãozinho, que já teve dois mandatos seguidos à frente do município, entre 2009 e 2016, venceu novamente as eleições em 2020 com 66,75% dos votos. Na segunda-feira (25), ACM Neto e Cacá Leão já haviam recebido o apoio de dois prefeitos que estavam na base governista. Babi de Prado (PSD), de Pau Brasil, e Chepa Ribeira (PP), de São Félix do Coribe, aderiram aos pré-candidatos para as eleições.

Deputados e prefeitos do PSD teriam avisado a Otto que desejam apoiar ACM Neto, revela coluna


Embora formalmente permaneça na base governista do estado, o PSD estaria, segundo a coluna Alô Alô Política do jornal Correio, divídido em relação à disputa pela sucessão no Palácio de Ondina. Parte dos prefeitos e deputados do partido já sinalizaram ao presidente da legenda na Bahia, Otto Alencar (PSD), suas insatisfações com a pré-candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT) e o desejo de apoiar ACM Neto.

Ainda conforme publicação, alguns prefeitos já avisaram a Otto que pretendem anunciar formalmente a adesão a Neto nas próximas semanas. Outro grupo, com parlamentares e prefeitos, disse que não fará anúncio oficial de apoio a Neto, em respeito a Otto, mas também não vai trabalhar pelo nome do PT.

Sandro Régis atende lideranças e percorre Sudoeste baiano ao lado de ACM Neto e Cacá Leão


O deputado estadual Sandro Régis (União Brasil), líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia, percorrerá municípios do Sudoeste do estado ao lado do pré-candidato a governador ACM Neto e do pré-candidato ao Senado, Cacá Leão, a partir desta quinta-feira (21). A agenda começa na cidade de Itororó, com ato na Fundação Cultural Cabana da Ponte, às 18h.

Nesta sexta (22), Sandro Régis estará em três eventos junto com a chapa majoritária nas cidades de Potiraguá, às 10h30min no antigo comitê de Maurício Portugal, em Itarantim, às 12h40min no Raimundo Espertos Bar, e em Caatiba, às 16h40min com evento no Kanal Centro Automotivo.

Já no sábado (23), Sandro Régis estará em Tremendal ao lado do prefeito Zé Bahia (Podemos), a partir das 16h na recepção a ACM Neto e Cacá Leão para o ato político no sítio Luar do Sertão. Além da agenda com a chapa majoritária, o líder da oposição também se reúne, desta quinta até domingo, com lideranças de Itapetinga e Macajuba.

A Bahia já decidiu que quer mudança, diz Sandro Régis sobre liderança consolidada de ACM Neto nas pesquisas


Uma nova rodada de pesquisa sobre a disputa pelo governo da Bahia, divulgada nesta terça-feira (19), voltou a apontar liderança absoluta do ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil), com 61,60% das intenções de votos, sobre todos os demais concorrentes, reafirmando a tendência de vitória em 1º turno.

O levantamento feito pelo instituto Séculus mostra Jerônimo Rodrigues (PT) em segundo lugar com 11,73%, João Roma (PL) em terceiro com 7,54%, Kleber Rosa (PSOL) com 0,98% e Giovani Damico (PCB) com 0,39%. Nenhum/nulo representa 7,27% e os que não sabem/não opinaram 10,48%.

Na avaliação do deputado estadual Sandro Régis (União Brasil), líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o estado “vive um momento inédito, com uma demonstração clara de que chegou a hora da mudança e da renovação”.

“ACM Neto reúne todas as credenciais para fazer essa mudança. Tem a força da juventude e a experiência de ter sido por oito anos o melhor prefeito do Brasil. A Bahia já decidiu que quer mudança”, declarou.

A pesquisa entrevistou presencialmente 1.526 pessoas com 16 anos ou mais, em 72 municípios baianos. A margem de erro é de 2,5%, para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº BA-07852/2022.