Victor, da dupla com Leo, é acusado de agredir esposa grávida


victor-copy

O cantor Victor Chaves, da dupla sertaneja Victor e Leo, está sendo acusado de agredir a mulher Poliana Bagatini, grávida do segundo filho do casal. A empresária prestou queixa na manhã desta sexta-feira (24), em delegacia da Polícia Civil de Belo Horizonte. Em seguida, ela foi encaminhada para a Delegacia da Mulher local para o exame de corpo de delito, mas não aguardou o atendimento. Segundo a assessoria de imprensa do Departamento de Proteção e Orientação da Família da capital mineira, Poliana relatou que teria sido jogada no chão pelo companheiro, que desferiu diversos chutes nela. Ao tentar sair do apartamento, a moça foi impedida por um segurança e pela irmã do cantor.

O caso será investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais. Tanto Victor, quanto Poliana e os demais envolvidos deverão prestar depoimento em breve. Procurada para comentar o caso, a assessoria de imprensa da dupla Victor e Leo não foi encontrada. O casal já tem uma filha, Maria Vitória, de 1 ano. (Veja)

Ex-ator da novela Malhação vende pastel na rua para sobreviver


r7

No último domingo (12), o programa Domingo show, da Record TV, mostrou como está o ator Maxwell Nascimento, que viveu Pedro Firmino na 15ª temporada de Malhação, entre 2007 e 2009. O ator hoje vende pastel na rua para sobreviver. Desde dezembro de 2016, Maxwell assumiu o carrinho de pastel de sua mãe, Maria, que morreu de câncer. Mesmo antes de trabalhar com isso, porém, vender pastel sempre foi a principal fonte de renda da família. Aos 28 anos, o ator é casado e pai das meninas Nicolly, de 8 anos, e Manuela, de 5.
O ator começou a carreira em Malhação aos 18 anos, no papel de Pedro, e contracenou com Natália Dill, Caio Castro e Jonatas Faro. Além disso, participou de alguns filmes, como Boca, e chegou a ganhar prêmios de Melhor Ator pelo protagonista do filme Querô, de 2007. Na TV, seu último papel foi Juliano, na série Unidade básica, exibida pelo canal Universal em 2016.
Para complementar a renda, o ator trabalha ainda como manobrista. No palco do Domingo show, o ator pediu para ter novas oportunidades na atuação e ainda recebeu uma surpresa: o pai ganhou um trailer mais moderno para vender seus lanches, o que deixou o ator emocionado.

Acusada de dar golpe em Renato Augusto, irmã de Léo Moura leva surra e é expulsa de casa pela mãe


RenatoeLeo

Depois da polêmica com o jogador Renato Augusto, quando foi acusada de dar um calote de quase R$ 200 mil no jogador, a irmã do lateral Léo Moura foi expulsa de casa. Como tem amizade com Léo há muitos anos, o meia convidou a irmã dele para organizar sua festa de um ano de casado. No entanto, ao conferir os pagamentos, percebeu a cobrança de valores indevidos, além de desvio de verba. Ao tomar conhecimento da atitude da filha, a mãe de Lívia, Lenice Moura, não pensou duas vezes, deu uma surra na filha e a expulsou de casa.

Renato Augusto denunciou Lívia à polícia sob acusação de estelionato e roubo, e cobra dela um prejuízo de R$ 200 mil – valor que deveria ter sido usado para pagar as atrações musicais da festa e que não foram repassados. Renato pagou diretamente à empresa Divershow, de Lívia, o valor que seriam repassados às cinco atrações famosas que animaram a festa – a bateria da escola de samba Mangueira, Belo, MC Marcinho, Rodriguinho e Thiaguinho. Péricles também foi contratado, mas não compareceu por não ter recebido o cachê de R$ 40 mil. Porém, todos os artistas foram pagos com cheques após o evento, e todos tiveram o pagamento recusado por problemas na assinatura. Constrangido com a situação, Renato Augusto desembolsou R$ 160 mil para pagar um por um e exigiu ressarcimento dos R$ 40 mil a Lívia.

A irmã de Léo Moura chegou a fazer um depósito no valor de R$ 44 mil (em cheque) e enviou o recibo da transação ao jogador por WhatsApp. No entanto, o envelope inserido no caixa eletrônico estava vazio. A imagem do recibo consta na notícia-crime prestada pelo jogador à polícia. Além de toda essa confusão, Renato Augusto alega ainda que duas folhas de cheque foram furtadas de sua casa, sendo que uma delas foi usada sem autorização para um depósito de R$ 100 mil, nominal ao cantor Thiaguinho – esse cheque foi um dos que voltaram, por divergência de assinatura. (Correio)

Pastor Valdemiro é resgatado em barco à deriva em Ilhabela, SP


pastor

O pastor Valdemiro Santiago e mais dois homens foram resgatados na madrugada desta quarta-feira (18) após ficarem por cerca de 15 horas em um barco à deriva em Ilhabela, no litoral norte de São Paulo. Ninguém se feriu.
A embarcação saiu da marina por volta das 5h de terça-feira (17) e apresentou problemas mecânicos. Na lancha, estavam o líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, o genro do pastor e o piloto. Eles teriam saído de barco para pescar em alto-mar.
A pane no barco aconteceu por volta das 10h e os ocupantes ficaram na embarcação à deriva por 15 horas. Segundo o Corpo de Bombeiros, os ocupantes da lancha conseguiram ligar para um sobrinho do pastor que estava em São Paulo, que acionou as equipes de resgate e passou as coordenadas.
A lancha, que seria propriedade do líder religioso, foi encontrada a cerca de 13 km da Ponta do Boi, costa sul da ilha. De acordo com a Capitania dos Portos, um outro barco particular, que estava próximo da região, chegou a ser acionado para ajudar no resgate, mas não conseguiu fazer o reboque da lancha. Os bombeiros conseguiram fazer o resgate dos tripulantes no começo da madrugada. Nenhum dos ocupantes da embarcação se feriu. O G1 tentou contato a Igreja Mundial do Poder de Deus, mas nenhum representante da instituição foi localizado para comentar o caso.