Isaquias é tricampeão mundial no C1 500m; Erlon e Maico disputará final B no C2 1000m


Martin Fuksa parecia ser o grande adversário. Era o então bicampeão mundial do C1 500m, o cara que venceu tudo o que disputou ao longo da temporada. Mas o baiano de Ubaitaba, Isaquias Queiroz, se valeu do trabalho duro e de uma máxima repetida à exaustão pelo técnico Jesus Morlán: não se pode ganhar tudo. Isaquias foi superior quando realmente importou, na final do Campeonato Mundial de canoagem velocidade de Montemor-o-Velho, em Portugal, disputada nesta sexta-feira (24). Cravou 1m49s203 e provou que é quem manda nessa distância. Vencedor também em 2013 e 2014, ele agora é tricampeão mundial na prova.

Na disputa desta sexta, curiosamente, Sebastian Brendel, tricampeão olímpico no C1 1000m, foi a maior ameaça a Isaquias Queiroz. O alemão fez uma prova espetacular, se colando ao lado do brasileiro nos metros finais, mas acabou na segunda colocação com 1m49s496. Fuksa observou tudo de perto e ficou em terceiro lugar (1m50s143).

Erlon e Maico disputará final B no C2 1000m

Parceiro de Isaquias Queiroz na conquista da prata olímpica da Rio 2016 no C2 1000m, o outro baiano Erlon de Souza, este de Ubatã, remou no Mundial em Montemor-o-Velho ao lado do jovem Maico dos Santos nessa prova. Maico também é baiano do município de Itacaré. A ideia era dar uma folga para Isaquias e ajudar o menino Maico a ter o direito de pleitear a Bolsa Pódio com a classificação para a final. E esse último objetivo, por muito pouco, não foi alcançado. Os dois terminaram a bateria semifinal na quarta colocação, com tempo de 3m37s135, e a vaga para a final A escapou por uma posição.

(Globo Esporte)

Ibirataia: Presidente da Liga de futebol visita a FBF


O presidente da Liga Ibirataense de Futebol (LIF), Damião Jordão, esteve na sede da Federação Bahiana de Futebol (FBF) nesta segunda-feira (20). Na oportunidade, o desportista regularizou a Liga e se reuniu com a diretoria da entidade. Com o vice-presidente Ricardo Lima, Jordão discutiu projetos para o fomento do futebol no município.Em seguida, ele foi recebido pela diretora de competições, Taíse Galvão. À dirigente, Damião apresentou detalhes sobre o Campeonato Municipal e o Campeonato Rural, que serão realizados pela Liga ainda este ano e terão o apoio da FBF. Também participaram do encontro o diretor de esportes do município de Ibirataia, Gilvandro Lobo, e o presidente da Liga de Futsal, José Souza.

Intermunicipal 2018: Vai começar a festa do futebol do interior baiano


O palco já está pronto, as torcidas empolgadas, os times se prepararam com afinco para fazer bonito na estreia e a Bahia inteira estará de olho neste domingo (12) na tela da TVE, a partir das 10h30 da manhã. Atual campeã, a seleção de Eunápolis recebe a visita de Macarani na abertura do 61º Campeonato Intermunicipal de Futebol, que é organizado pela Federação Bahiana de Futebol (FBF), desde 1957. Nas redes sociais, os torcedores de eunapolitanos transmitem otimismo na conquista do bicampeonato e prometem uma bela festa nas arquibancadas, com charanga, bandeiras e outros adereços. CAMPEÕES – Antes de ser campeã em 2017, a melhor campanha de Eunápolis foi em 2015, quando a seleção foi eliminada na semifinal por Santo Amaro. O presidente da Liga de Futebol de Eunápolis, Nereu Santana, acredita no bi. Foi contratado o técnico Guto Chalup, campeão do Intermunicipal como atleta em 2001, por Coaraci. Treinou depois a seleção desta cidade, além de Ibirataia e Santo Antônio de Jesus. Dos atletas titulares da campanha do ano passado permanecem no elenco: o lateral Ninho Malhador e os atacantes Luquinhas e Rafael. Para esse ano Eunápolis contratou o goleiro Jú (Itabela), o zagueiro Fabrício (Santo Amaro), o volante Draid (Ipiaú) e o atacante Otton (Valença), figuras conhecidas no futebol amador. Os dois primeiros já foram campeões da competição. A comissão técnica ainda conta com o preparador físico Maraílton Jardim e o treinador de goleiros Ferro, campeões no ano passado e que permaneceram na seleção.DESAFIANTE – Depois de oito anos afastada do Intermunicipal, Macarani retorna em 2018 e espera dar trabalho a campeã Eunápolis na largada da competição. Para isso, a seleção do sudoeste baiano aposta no bom trabalho do técnico Leleta, que como atleta jogou o torneio e treinou a equipe nas melhores campanhas do município pela competição. Macarani foi semifinalista em 2006 e, um ano antes, foi eliminada nas quartas de final pela seleção de Cachoeira. Experiente, Leleta já treinou seleções tradicionais do Intermunicipal como Coaraci, Itajuípe, Itamaraju e Itapetinga. A base do time é formada por atletas da cidade. O volante Bagaceira foi finalista do certame em 2007, atuando pela seleção de Porto Seguro, e, em 2016, por Itabela. O atacante Romerito, que sabe se colocar bem na área, é a esperança de gols da equipe. Outros destaques da equipe são: João, zagueiro, 17 anos; Ralf, meio-campo, 18; Pixica, meio-campo, 24; Jadson, meio-campo, 16; e Léo, lateral-direito, 17.

ARBITRAGEM – Em Eunápolis, o trio de arbitragem designado é do quadro da CBF: Árbitro – Edvalter Marinho dos Santos, de Ubaitaba; Assistentes – Wesley Silva Santos, de Itabuna, e Edevan de Oliveira Pereira, de Itambé. A quarto árbitro é Jamilly Costa Oliveira, de Eunápolis.

MAIS JOGOS – Também neste domingo (12), às 15 horas, serão disputados os outros 31 jogos pela primeira rodada do Campeonato Intermunicipal de 2018. Confira a relação de todas as partidas.

Intermunicipal 2018: Seleções de Ipiaú e Ubatã conhecem adversários da primeira fase


As seleções de Ipiaú e Ubatã conheceram, na tarde desse sábado (04), seus adversários da primeira fase do Campeonato Intermunicipal de Futebol amador 2018. A competição contará com 64 seleções, divididas em 16 grupos. A seleção ipiauense ficou no grupo 8, e terá como adversários as seleções de Ibirapitanga, Jaguaquara e Ubaíra. Já a seleção de Ubatã, outra representante da região, ficou no grupo 10, e jogará com as seleções de Itabuna, Itajuípe e Uruçuca. A tabela dos jogos ainda não foi divulgada. A abertura da competição será no próximo domingo (12), às 10h30, na cidade de Eunápolis, onde a seleção local e atual campeã enfrentará a seleção de Macarani.

Veja como ficou os grupos:

G1= Canudos, Cipó, Euclides da Cunha e Paulo Afonso

G2= Campo Formoso, São Domingos, Senhor do Bonfim e Valente

G3= Biritinga, Conceição do  Coité, Ichú e Retirolândia

G4= Feira de Santana, Itaberaba, João Dourado e Morro do Chapéu
G5= Conceição da Feira, Pé de Serra, Riachão do Jacuípe e Santa Bárbara

G6= Camaçari, Lauro de Freitas, Santo Amaro e Terra Nova

G7= Cachoeira, Maragojipe, Sapeaçu e Saubara

G8= Ibirapitanga, Ipiaú, Jagaquara e Ubaíra

G9= Ituberá, Santo Antônio de Jesus, Valença e Ubaitaba

G10= Itabuna, Itajuípe, Ubatã e Uruçuca

G11= Brumado, Luís Eduardo Magalhães, Paratinga e São Desidério

G12= Barra do Choça, Itambé, Itororó e Vitória da Conquista

G13= Arataca, Camacan, Canavieiras e Una

G14= Floresta Azul, Ibicaraí, Itaju do Colônia e Itapé

G15= Eunápolis, Itapetinga, Macaraní e Pau Brasil

G16= Itamarajú, Porto Seguro, Prado e Teixeira de Freitas

(Bahia em Dia)

Seleção de Ibirataia ficará mais uma vez de fora do Intermunicipal


A Federação Bahiana de Futebol (FBF), anunciou na tarde da última sexta-feira (27), a lista das 64 seleções que irão participar da 63ª edição do Campeonato Intermunicipal de futebol. Para tristeza dos ibirataenses apaixonados pelo esporte, mais uma vez a prefeito Ana Cléia (PSD) não cumpre a promessa de apoiar o futebol amador e a seleção de Ibirataia ficará, pelo segundo ano consecutivo, fora da competição. A última participação da equipe local no Intermunicipal aconteceu no ano de 2016.

Apesar dos insistentes pedidos da população, parece que, em nenhum momento, a atual gestão municipal se sensibilizou com a importância do certame. Para os amantes do esporte, além de perder a oportunidade de revelar talentos, a Prefeitura deixa de dá visibilidade ao esporte, bem como a própria cidade. Alguns jogadores ibirataenses já estão representando outras cidades na disputa pela competição.

Além da seleção de Ibirataia, outras duas grandes ausências serão as seleções de Jitaúna e de Itagibá, esta última ficará de fora pelo terceiro ano consecutivo. Este ano, apenas as seleções de Ipiaú, Ubatã e Ibirapitanga representarão a região.

Confira os 64 participantes: Arataca, Barra do Choça, Biritinga, Brumado, Cachoeira, Camacan, Camaçari, Campo Formoso, Canavieiras, Canudos, Cipó, Conceição da Feira, Conceição do Coité, Euclides da Cunha, Eunápolis, Feira de Santana, Floresta Azul, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ichú, Ipiaú, Itaberaba, Itabuna, Itajú do Colônia, Itajuípe, Itamarajú, Itambé, Itapé, Itapetinga, Itororó, Ituberá, Jaguaquara, João Dourado, Lauro de Feiras, Luís Eduardo Magalhães, Macarani, Maragogipe, Morro do Chapéu, Paratinga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pé de Serra, Porto Seguro, Prado, Retirolândia, Riachão do Jacuípe, Santa Bárbara, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, São Desidério, São Domingos, Sapeaçu, Saubara, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Terra Nova, Ubaíra, Ubaitaba, Ubatã, Una, Uruçuca, Valença, Valente e Vitória da Conquista.

(Bahia em Dia)

Jovem ibirataense jogará pelo Fluminense/RJ final da Taça BH de futebol Sub-17


O jovem ibirataense André Trindade, de 17 anos, jogará a grande final da Taça BH de futebol Sub-17, segunda competição mais importante do país nas categorias de base, atrás apenas da Copa São Paulo de Juniores. André, que é natural de Algodão distrito de Ibirataia, defenderá o time do Fluminense/RJ, onde disputará o título contra o Atlético/MG, que se classificou para a final após vencer o São Paulo de virada por 2 a 1.

A grande final será realizada na próxima terça-feira (31), às 21:45hs, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Devido o jogo ser transmitido pelo canal Sportv, informações dão conta que no município, em especial em Algodão, a perspectiva é grande entre os telespectadores que torcerão pelo ilustre ibirataense.

O Fluminense chegou a grande final após empatar com o Vasco em 1 a 1 no tempo normal, e vencer nos pênaltis por 5 a 4, inclusive, o último gol do time carioca nas cobranças foi marcado por André. Assista a vitória do Fluminense na disputa de pênaltis:

André, que joga como volante titular e capitão do Fluminense/RJ, tem se destacado em jogos pelo time. Antes do tricolor carioca, onde vem integrando as categorias de base há quatro anos, André passou pouco mais de um ano pela base do Bahia.

(Bahia em Dia)

Ipiaú: Seleção deve participar do Intermunicipal, afirma presidente da LDI


Reuniões entre a Liga Desportista de Ipiaú e a prefeitura vem sendo constante nos últimos dias, e há alguns impasses sobre o valor a ser repassado pela prefeitura para a liga. No ano passado a liga e a prefeitura firmaram um convênio no valor de R$ 30 mil, já esse ano a prefeitura só disponibilizou R$ 15 mil, uma quantia de 50% a menos. O presidente da liga, Marcelo Martins, não aceitou essa proposta e, segundo o mesmo, com esse valor não daria para participar do intermunicipal.

Uma outra informação apurada pela nossa reportagem é de que a prefeitura na última reunião tinha aumentado de R$ 15 para R$ 20 mil, o valor do convênio. Com essa proposta, a diretoria da liga chegou até se reunir com alguns desportistas, especialmente com a diretoria do Flabar – equipe vice-campeã do campeonato municipal, para expor a situação e discutir alguns nomes de jogadores para a seleção de Ipiaú, onde todos se colocaram a disposição para fazer uma comissão para ajudar a liga no que for preciso.

Na manhã desta sexta-feira (27), Marcelo Martins afirmou que está bem encaminhada a participação da seleção no maior campeonato amador do Brasil. No ano passado, a seleção de Ipiaú surpreendeu fazendo uma excelente participação, sendo eliminada pela atual campeã Eunápolis. Os torcedores que ano passado fez bonito nas arquibancadas do estádio Pedro Caetano, esperam com ansiedade uma definição da participação da seleção na competição.

(Ipiaú.Net)

Neymar fica fora da lista dos 10 finalistas ao prêmio de melhor do mundo da Fifa


Neymar terá que esperar até 2019, pelo menos, para tentar realizar o sonho de vencer o The Best, prêmio dado pela Fifa ao melhor jogador de futebol do mundo da temporada. O craque do Paris Saint-Germain e da Seleção Brasileira é a grande ausência da lista divulgada nesta terça-feira (24) pela Fifa com os nomes dos 10 candidatos ao prêmio que será entregue em setembro, em festa de gala da entidade, em Londres.

Os principais destaques, como já era esperado, são os jogadores que brilharam na Copa da Rússia e na Liga dos Campeões da Europa, casos do francês Kylian Mbappe (melhor jogador jovem do Mundial), do croata Luka Modric (craque da Copa) e do português Cristiano Ronaldo (campeão da Champions pelo Real Madrid). A única “figurinha carimbada” que não teve uma temporada brilhante, mas continuou no top 10, foi Lionel Messi, do Barcelona.

A lista completa dos 10 candidatos ao prêmio é a seguinte: Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Lionel Messi (Barcelona), Luka Modric (Real Madrid), Kylian Mbappe (PSG), Antoine Griezmann (Atlético de Madri), Varane (Real Madrid), Mohamed Salah (Liverpool) Kevin De Bruyne (Manchester City), Eden Hazard (Chelsea) e Harry Kane (Tottenham).

Tite também ficou de fora

Não foi apenas Neymar que teve decepção ao ver a lista de finalistas de 2018. O técnico Tite, que fez ótimo trabalho na Seleção até a eliminação diante da Bélgica, também não está entre os 11 melhores do mundo para a Fifa. Os técnicos selecionados pela entidade foram os seguintes: Didier Deschamps (França), Zlatko Dalic (Croácia), Roberto Martinez (Bélgica), Gareth Southgate (Inglaterra), Stanislav Chercheshov (Rússia), Zinedine Zidane (desempregado), Jürgen Klopp (Liverpool), Diego Simeone (Atlético de Madri), Josep Guardiola (Manchester City-ING), Ernesto Valverde (Barcelona) e Massiminiano Allegri (Juventus).

Ipiaú: Final do Campeonato Municipal de Futebol marcará o fim de semana


As equipes ACM e Flamengo farão a grande final do Campeonato Municipal Futebol de Ipiaú, marcado para o próximo domingo (22), no Estádio Pedro Caetano, à partir das 15:00hs.

A competição começou no dia 29/04 e contou com a participação de oito equipes sendo elas: Avenida, Alto da Carolina, David de Souza, ACM, Flamengo, Cidreira, Bugi Mirim e São José, sendo que seis delas foram eliminadas ao longo das rodadas classificatórias e eliminatórias. Dentre as seis eliminadas, duas foram rebaixadas: Avenida e São José. Ambas terão que participar do Campeonato da Baixada, que acontecerá no campo Mané Grande.

Uma realização da Diretoria de Esportes, o campeonato recebeu o apoio logístico e financeiro da Prefeitura Municipal de Ipiaú, que não mediu esforços para que o evento acontecesse.

Há mais de cinco anos suspenso por questões políticas e administrativas, o campeonato voltou a abrilhantar as tardes de domingo das famílias ipiauenses que clamavam pelo retorno do espetáculo. O evento desportivo serve como oportunidade para revelar novos atletas que certamente, irão fazer parte do elenco que irá disputar 64º Campeonato Intermunicipal de Futebol, considerado a maior competição de futebol amadora do mundo, onde Ipiaú já sagrou-se tricampeã em conquistas memoráveis.

Este ano, o campeonato municipal trouxe uma inovação e pôde contar com a participação de dois atletas profissionais compondo cada equipe.

“Ficará marcado na história do nosso município, primeiro pela dedicação e esforço dados pela prefeita Maria, que durante toda gestão vem incentivando a prática esportiva em suas mais variadas modalidades. Com o futebol não foi diferente, estamos nos empenhando ao máximo e imprimindo um ritmo acelerado, visando cada vez mais, apoiar os desportistas da nossa cidade, valorizando os talentos e aproveitando as pratas da casa”, disse Givaldo Nascimento, Diretor de Esportes de Ipiaú.

Ibirataia: Sapo e Fabão fazem grande duelo de boxe e juízes decretam empate


Um grande público lotou as dependências do Ginásio de Esportes Luis Eduardo Magalhães nesse sábado (07) para assistir o grande combate entre os boxeadores Rogério Sapo X Fabão. A plateia composta de pessoas de Ibirataia, Ipiaú, Itagibá e outras cidades da região vibrou durante todo o tempo na calorosa luta. O evento beneficente foi organizado pela Academia Rad Jiu Jitsu, na pessoa do professor Gilmar Souza e o professor de Boxe Dê Carlos.O embate aconteceu em 5 (cinco) raunds de 3 (três) minutos, totalizando 15 minutos de luta que ao final os árbitros julgadores decidiram por empate técnico. Vale lembrar que o ibirataense Fabão (30), já venceu 06 (seis) lutas em sua carreira. Já o boxeador Rogério Sapo, morador do Japumirim – Itagibá, tem uma extensa trajetória como lutador – ele que é bicampeão baiano, bicampeão brasileiro e campeão sul-americano. 

Houve também pela primeira vez em Ibirataia a luta de MMA valendo a disputa pelo Cinturão Regional na categoria que foi disputado entre o jequieense Darlan X D’Anjos, da cidade de Vitória da Conquista. Darlan finalizou a luta em menos de 2 minutos e ficou com o Cinturão Regional.

O grande evento teve o apoio da Prefeitura Municipal e teve como patrocinador oficial a Auto Bahia, entre outros patrocinadores. “Quero aqui agradecer ao grande público presente que confiou em nossa organização e agradecer aos patrocinadores pelo apoio”, disse Gilmar Souza. Vale lembrar que além da luta principal entre Sapo X Fabão, houve outros combates entre Dedé X Willian, Fernando X Santos e Torim X Matheus.

(Tesouras Notícias)