Ipiaú: Município é acionado pelo MP para implantar Programa de Coleta Seletiva de Lixo


O município de Ipiaú terá seis meses para criar e implantar o Programa Municipal de Coleta Seletiva de Lixo e o Programa de Educação Ambiental, caso a Justiça acate a ação civil pública ajuizada pelo promotor de Justiça Ambiental do Ministério Público estadual, Maurício Foltz Cavalcanti. Na ação, o promotor pede ainda que Ipiaú elabore os planos de Resíduos Sólidos e Saneamento Básico e adote medidas como a drenagem das águas pluviais na área do aterro sanitário, a destinação de abrigos específicos para resíduos de construção civil e pneus, bem como a inclusão dos catadores que atuam no aterro em cooperativas de coleta, assegurando o treinamento e capacitação desses trabalhadores.

A ação tomou por base o inquérito civil que constatou a inexistência dos planos e programas no município. Foram consideradas também inspeções realizadas pela Central de Apoio Técnica (Ceat) do MP que detectaram que o aterro sanitário do município funcionava de forma semelhante a um “lixão”. O promotor Maurício Foltz salienta que, antes de acionar o município na Justiça, expediu uma recomendação e propôs a celebração de Um Termo de Ajustamento de Conduta para buscar regularizar a gestão e destinação final dos resíduos sólidos em Ipiaú, “sem que obtivesse resposta por parte do município”.

Jequié: PRF resgata 27 pássaros silvestres transportados dentro de ônibus de turismo


No combate a crimes contra o meio ambiente, policiais rodoviários federais resgataram 27 pássaros silvestres, na BR-116, trecho do município de Jequié.

Por volta das 18:45h desta quarta-feira (13), nas imediações do Km 677, os agentes federais deram ordem de parada a um ônibus de turismo que seguia de São Paulo (SP) com destino a Garanhuns (PE). Durante fiscalização no veículo, os policiais encontraram sacolas plásticas com alçapões contendo vinte e sete aves silvestres, escondidas no compartimento do tanque de combustível.

Os pássaros resgatados são da espécie conhecida popularmente por trinca-ferro. Três deles estavam mortos. Os animais estavam sem água, alimentos e em ambiente sujo, demonstrando total falta de higiene e cuidados. Estavam acondicionados em compartimento escuro, de alta temperatura (devido à proximidade com o motor) e sem ventilação.

O motorista do ônibus não apresentou nenhuma documentação emitida por órgãos ambientais. Questionado, ele informou que desconhecia a origem das aves naquele compartimento. As sacolas não possuía etiquetas de identificação de bagagem. Foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), e o condutor responderá na Justiça por crime contra o meio ambiente previsto na Lei 9.605/98. As aves foram encaminhadas ao INEMA na cidade de Jequié para adoção das medidas administrativas pertinentes.

Itabuna: PRF e INEMA resgatam 34 aves silvestres criadas em cativeiro


Policiais Rodoviários Federais (PRF) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA) resgataram, na manhã desta sexta-feira (08), 34 pássaros que eram mantidos em cativeiro no município de Itabuna.

Durante ações de combate ao crime ambiental, os PRFs receberam denúncia informando sobre um possível cativeiro ilegal de animais silvestres. Ao averiguar o endereço indicado, os agentes federais encontraram gaiolas com um total de 19 aves silvestres, de espécies distintas conhecidas popularmente por azulão, trinca-ferro, papa capim, entre outros. Além disso, verificaram também algumas armadilhas (alçapões) utilizada para capturar os animais. Posteriormente, os PRFs encontraram em duas residências vizinhas, mais 15 pássaros. Dentre eles, papagaio, periquito, sabias e canário da terra.

Os proprietários das localidades e responsáveis pelos animais foram identificados, e afirmaram não possuir nenhuma licença ambiental para a criação das aves. Os animais foram encaminhados para o INEMA em Itabuna para os devidos cuidados. Os homens foram autuados de acordo com a legislação ambiental e responderão um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Cantor é denunciado após aparecer em vídeo fazendo sexo com porco; veja ao vídeo


O vocalista da banda de Forró na Pegada, Gabriel Tavares Lopes, conhecido como Biell Loop, foi denunciado na madrugada de terça-feira (05), pela presidente da Comissão de Meio Ambiente e Proteção dos Animais da Assembleia Legislativa do Amazonas (Alem), deputada Joana Darc (PR), pelo crime de maus-tratos (estupro) a um porco.Após receber imagens do cantor praticando sexo com o animal, Joana Darc foi até o Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amazonas para denunciar Biell. Ao lado dos policiais que estavam sob o comando do tenente Adailson, Joana foi até o lugar onde o cantor realizava um show e acompanhou a sua notificação. De acordo com a deputada Joana Darc, Biell terá que comparecer à Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente e Urbanismo (Dema) nesta quinta-feira, 7, para prestar esclarecimentos. Ao Batalhão Ambiental da Polícia Militar, Biell Loop negou as acusações, alegando que as imagens foram simuladas para divulgar um show.

O vídeo mostra imagens do cantor seminu supostamente mantendo relações sexuais com um porco e, ao mesmo tempo, fazenda uma propaganda da banda de forró. Confira o vídeo abaixo:

 

Mais uma barragem da Vale se rompe em Minas Gerais; assista ao vídeo


Mais uma barragem da Vale do Rio Doce se rompeu em Minas Gerais nesta sexta-feira (25), desta vez na cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte. A informação foi divulgada no início da tarde, porém, ainda sem informações sobre a extensão do impacto e ocorrências com vítimas. Segundo informações preliminares, equipes do com técnicos, Defesa Civil e bombeiros estão no local para avaliar a situação e, por enquanto, não se descarta a possibilidade de vítimas.

A Vale do Rio Doce, empresa responsável pela barragem, divulgou nota há pouco. “As primeiras informações indicam que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Ainda não há confirmação se há feridos no local. A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens”, informou a empresa.

Segundo a empresa, a prioridade é “preservar e proteger a vida de empregados e de integrantes da comunidade”. O comunicado não explica a causa do rompimento. A prefeitura lançou um comunicado em sua conta no Instragram pedindo que os moradores fiquem longe do leito do Rio Paraopeba. Assista o vídeo abaixo.

Tragédia em Mariana (MG)

O episódio remete ao rompimento da barragem do Fundão, da mineradora Samarco, no município de Mariana, também em Minas Gerais, em novembro de 2015. O desastre de mariana deixou 19 pessoas mortas na comunidade de Bento Rodrigues, que foi devastada pelos dejetos. A Vale, junto com a BHP Billiton, é uma das controladoras da Samarco.

Houve também poluição da bacia do Rio Doce e devastação de vegetação. Desde novembro de 2016, tramita na Justiça Federal de Ponte Nova (MG) uma ação criminal sobre a tragédia, que se tornou o maior desastre ambiental já registrado no país.

Maraú: Construção de muro em praia de Taipu de Fora passa por vistoria após denúncia de moradores


Uma Guarnição da Cia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA) 2° Pelotão de Ilhéus, vistoriou na tarde da última terça-feira (11), a obra de construção de um muro de concreto na praia de Taipu de Fora, Península de Maraú, que serviria para conter o avanço da maré. De acordo com o blog Barra Grande 24Horas, a obra estaria sendo feito por Duda Mendonça, marqueteiro da campanha que levou Lula à Presidência, em 2002.

Ainda segundo o blog, a Prefeitura de Maraú, por meio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente já embargou a obra. A população está revoltada com a obra na frente das piscinas naturais da famosa praia de Taipu de Fora. Moradores fizerem vídeos e postaram em grupos de WhatsApp e Facebook, denunciando um muro de contenção. O caso vem repercutindo muito na região e chamou atenção de sites regionais e da TV Santa Cruz, que na quarta-feira noticiou o protesto feito pelos moradores. Uma nova manifestação ocorreu na manhã desta quinta-feira (13), em frente ao local, com a presença da TV Santa Cruz de Itabuna.

Ibirataia: Descaso da prefeitura leva moradores de Algodão a realizarem poda de árvores


Tornou-se comum em praticamente todo o município de Ibirataia, moradores realizarem por conta própria serviços de capina de ruas, poda de árvores entre outros que são de obrigação do poder público. Não é diferente no distrito de Algodão que, nesta quarta-feira (28), alguns moradores da rua Everaldo Guimarães Resende, cansados de esperar pelo poder público, se reuniram e com o auxílio de um profissional da área realizaram a poda das árvores.De acordo com os moradores, as árvores necessitavam serem podadas, pois avançaram para a rua e, além de estarem atrapalhando os pedestres vinham prejudicando o tráfego de veículos de médio porte. Ainda segundo eles, a rede elétrica também vinha sendo afetada pelos galhos das árvores que atingiam os fios dos postes, tornando-se um perigo nos tempos de chuva, sem falar que à noite alguns trechos ficavam em total escuridão.

“Há meses, eu venho solicitando a administração o serviço da poda destas árvores. Elas realmente estavam invadindo as calçadas e a rede elétrica, inclusive algumas atrapalhando a iluminação da rua”, disse um morador que acrescentou, “tomamos essa atitude porque se dependêssemos do poder público, iríamos passar o natal e a virada em meio a essa situação”.

(Bahia em Dia)

Piraí do Norte fica em primeiro lugar na seleção de projetos do Fundo Nacional de Meio Ambiente- FNMA


O meio ambiente é um sistema de ligações e equilíbrio delicado. Constantes alterações na fauna, flora, solo, água e relações com os seres humanos podem configurar situações desastrosas para todos os seres dependentes deste sistema. De olho nessas alterações, o Ministério do Meio Ambiente identificou, nas relações humanas com a natureza, que o processo de êxodo rural se intensificou a tal ponto que atualmente 85% da população vive na zona urbana, movimentação que interfere diretamente no equilíbrio do meio ambiente. Tal situação, vem evidenciando que a integração entre o desenvolvimento social, econômico e ambiental, nos moldes postos, é insustentável. Necessitando, dessa forma, que haja uma adaptação capaz de minimizar os impactos no clima, na produção de alimentos, no uso dos recursos naturais e na vida das pessoas.

Para incentivar a mudança na relação com ambiente o Fundo Nacional de Mudanças Climáticas (FNMC) e Fundo Nacional de Meio Ambiente (FNMA), com apoio de outros parceiros, lançaram a proposta de selecionar inciativas socioambientais de redução de vulnerabilidade à mudança do clima em áreas urbanas. A cidade de Piraí do Norte, localizada no Baixo Sul da Bahia, integrante da APA do Pratigi, lançou sua proposta de redução de vulnerabilidade à mudança de clima em áreas urbanas. A construção do projeto foi coordenada pela Secretaria Municipal de Agricultura Abastecimento e Meio Ambiente (SEMAM) com o apoio técnico da Organização de Conservação da Terra (OCT). Dentre as 205 propostas recebidas de todo o Brasil, o FNMA selecionou Piraí do Norte como a primeira colocada. (mais…)