Itamari: Servidores protestam contra demissões de concursados


Na manhã deste sábado (19) centenas de pessoas protestaram pelas principais ruas de Itamari, em reivindicação contra a demissão em massa de servidores concursados do município.

Os trabalhadores foram aprovados em concurso público, como determina a lei, e nomeados para diversos cargos em 2016. Mas durante a semana, os concursados foram surpreendidos com o decreto assinado pela prefeita Palloma Uzeda.

De acordo com informações, a atual prefeita, Palloma, demitiu 147 servidores concursados alegando de que o concurso realizado pelo então prefeito Nego foi totalmente irregular. A alegação é rebatida pelos funcionários públicos, que acusam a prefeita de perseguição política e afirmam que vão lutar na justiça para retornar aos cargos.

Embalados pelo refrão nós somos concursados e queremos respeito”, os manifestantes caminharam pelas principais ruas da cidade condenando as demissões.

Posted by Tcharlis Junior Tcharlis on Sunday, May 20, 2018

 (Bahia em Dia)

Ibirataia: Em protesto, moradores fecham estrada de acesso as regiões da Jacutinga e Santa Rita


Na manhã deste feriado de sexta-feira santa (30), moradores das regiões da Jacutinga e Santa Rita, na zona rural de Ibirataia, fizeram um protesto reivindicando melhorias no acesso às localidades.

Para interditar a estrada, os moradores usaram troncos de árvores e cavaram uma enorme valeta no trecho conhecido como ‘ladeira da Santa Rita’, principal acesso das localidades ao distrito de Algodão.De acordo com um dos manifestantes, que preferiu não se identificar, objetivo é chamar a atenção do Poder Público Municipal, já que por várias vezes procurou o Secretário de Transportes, Julival Pereira, a Vice-Prefeita Eurides (que também é proprietária de uma fazenda localizada próximo daquele trecho) e o vereador Toi de Berenga (este por ser da base do governo e um dos representantes da região) em busca de uma solução para os problemas da estrada, mas nada pode ser resolvido através deles.

Nas redes sociais já repercute um vídeo. As imagens mostram como ficou o local onde aconteceu o manifesto acompanhado com o desabafo de um jovem, decepcionado com a falta de ações por parte do poder público para amenizar o sofrimento dos moradores daquela localidade. Assista o vídeo:

Posted by Raony Santos Silva on Friday, March 30, 2018

(Bahia em Dia)

Apuarema: Com salários atrasados, professores protestam em frente à Prefeitura


Os professores da rede de ensino municipal de Apuarema realizaram na manhã desta sexta-feira (19), uma manifestação em frente ao prédio da Prefeitura local, contra os atrasos salariais da categoria.

A manifestação foi aprovada durante encontro da categoria realizado na última segunda-feira (15), com o objetivo de sensibilizar o prefeito Raival Pinheiro (PP) para o pagamento do mês de dezembro, que está em atraso e que, em alguns casos, ainda tem profissionais que estão sem receber a parcela do décimo terceiro.

“A atual gestão está tendo uma atitude ante-professores e de total falta de respeito, podendo até comprometer o ano letivo de 2018. Antes, utilizava o prazo máximo do 5º dia útil para efetuar o pagamento, nos últimos meses, ultrapassa esse prazo”, comentou uma docente em contato com nossa redação.

Pelo que pode ser notado, não é um tempo tão grande de atraso, mas talvez por conta do baixo valor recebido, e que para muitos já chega praticamente todo comprometido, e o resultado é a suspensão no crediário e em outros casos pagamentos de altos juros. Até a publicação dessa matéria, nossa reportagem não conseguiu contato com a Prefeitura de Apuarema para comentar a situação.

(Bahia em Dia) 

Apuarema: Sindicato dos professores denuncia prefeitura por atraso de salários


Imagine você trabalhar um mês inteiro e na hora de receber o salário ele não chegar. É o que está acontecendo no município de Apuarema. Até o momento, professores da rede pública municipal estão com seus pagamentos, referente ao mês de dezembro, em atraso e, em alguns casos, os profissionais estão sem receber a parcela do décimo terceiro.

Quem garante é a presidente em exercício da APLB/Sindicato do município de Apuarema, professora Fabiana Pereira. Segundo Fabiana, nesta segunda-feira (15) aconteceu a primeira Assembleia Geral com a categoria, tendo a presença do assessor jurídico da APLB, onde foi discutidos sobre o atraso no pagamento dos professores da rede municipal de ensino. Ainda segundo ela, uma agenda de mobilização foi montada e medidas judiciais estão sendo tomadas.

(Bahia em Dia)

Teolândia: 60ª CIPM/Gandu participa de seminário de combate ao Feminicídio


A 60ª CIPM/Gandu participou na última terça-feira (19), em Teolândia, de um seminário para discussão de estratégias de combate ao crime de feminicídio, onde foram levantadas discussões acerca da violência contra a mulher.

O crime de feminicídio ocorre por uma motivação norteada por sentimentos de ódio, desprezo, prazer ou por sentimento de propriedade sobre as mulheres. Para os pesquisadores, representa o extremo do terror contra a mulher, incluindo abusos verbais e físicos, estupro, tortura, escravidão sexual, espancamento físico e emocional, assédio sexual, mutilação genital, etc.,No seminário a Polícia Militar, por meio do Comandante da 60ª CIPM, Major Francisco, discorreu sobre as estatísticas e os trabalho que vem sendo desenvolvido nos municípios que fazem parte da área de responsabilidade da Companhia, alertando sobre a necessidade de um trabalho preventivo de conscientização de respeito à mulher. Participaram do evento, representantes do Poder Legislativo, Associação de moradores, Associação de Mulheres do Vale do Jiquiriça, Movimento do Trabalho Livre, Movimento das Mulheres Negras de Lage. O seminário também contou com a presença da Secretaria de Política para as Mulheres do Governo do Estado.

Prefeitos da Região do Médio Rio das Contas marcam presença no movimento Pró-Município


A União dos Municípios da Bahia (UPB), com sede em Salvador, promoveu durante todo o dia desta quinta-feira (26) o Movimento Pró-Município, evento que buscou chamar a atenção para pautas prioritárias e para crise que assola os municípios baianos. Participaram da mobilização mais de 350 prefeitos do estado.

                 Prefeitas Ana Cléia (Ibirataia) e Maria das Graças (Ipiaú)

Dentre os prefeitos da região estiveram presentes: Ana Cléia de Ibirataia, Maria das Graças de Ipiaú, Profº Léo de Barra do Rocha, Olival Andrade de Itagi, Patrick Lopes de Jitaúna, Jositan Pimentel de Aiquara, Raival Pinheiro de Apuarema, Pallomma Uzeda de Itamari e Léo de Neco de Gandu.

             Prefeitos Patrick Lopes (Jitaúna) e Olival Andrade (Itagi)
                Prefeitos Léo (Gandu), Pallomma (Itamari) e Raival (Apuarema)

A concentração aconteceu logo cedo pela manhã, na sede da UPB, com marcha em direção a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (ALBA), onde foi realizada uma sessão especial abordando as pautas estaduais. A programação continuou no período da tarde, quando aconteceu o Diálogo Municipalista com a Confederação Nacional de Municípios (CNM). Na ocasião, também aconteceu o ato de entrega da Pauta Prioritária aos Senadores e Deputados Federais da Bahia.

(Bahia em Dia)