Munhoz e Mariano brigam no Japão após ameaça com revólver e tapas


Nesta terça-feira (4), a dupla sertaneja Munhoz e Mariano cancelou um dos shows que fariam no Japão e acabaram se envolvendo em uma grande confusão. A apresentação estava marcada para acontecer na Arena, em Fukui shi, mas não aconteceu.

Em um vídeo que está circulando na internet, Silvana Liberato, uma das organizadoras do evento, explicou a situação para parte do público que exigiu satisfações: “Eles saíram ontem (dia 1º de abril) e só chegaram hoje pela manhã no hotel. Por isso deu o atraso. Isso gerou uma discussão e da discussão a agressão e a ameaça”, disse. Segundo informações do colunista Leo Dias, houve um bate boca com os sertanejos onde teve também tapa na cara, ameaça com faca e até revólver. Um produtor da dupla tentou retirar os artistas da confusão, que também envolveu alguns músicos da banda, mas o caso foi parar na polícia local.

Além do atraso, a organização disse que a pouca procura pelos ingressos do show foi um dos principais motivos da discórdia. Pelo contrato, Munhoz e Mariano receberiam 50% do cachê antecipado e o restante seria pago com a venda dos ingressos, que não chegou a totalidade. Ao colunista, o locutor que iria apresentar o show, também deu a sua opinião sobre o lamentável episódio: “Achei falta de profissionalismo. Deu problema? Tudo bem, mas o show precisava acontecer. Ser ameaçado de morte é terrível, mas eu viria por causa de vocês. Eles poderiam vir para tirar fotos, conversar…isso iria amenizar. Não precisava nem cantar”, afirmou ele para a plateia.

Por outro lado, os cantores fizeram um vídeo se desculpando e a assessoria deles reafirmou a quebra de cláusula contratual e disse lamentar junto aos fãs pelo ocorrido no Japão.

Com três gols de Cristiano Ronaldo, Real Madrid é campeão do Mundial de Clubes


22308052

Após empatar em 2 a 2 com o time japonês Kashima Antlers no tempo regular, o Real Madrid abriu vantagem de dois gols na prorrogação e levou o título do Mundial de Clubes vencendo por 4 a 2.

O Real abriu o placar aos oito minutos do primeiro tempo com gol de Benzema. Modric pegou sobra na entrada da área e chutou forte. Sogahata colocou nos pés do francês. Com a torcida animada e empunhando bandeiras gigantes, o Kashima lutou e aos 44 minutos empatou o jogo com gol de Shibasaki.

No segundo tempo, foi o Kashima quem colocou a primeira bola na rede. O gol veio aos sete minutos, mais uma vez com Shibasaki. O Real fez 2 a 2 aos 14 minutos com Cristiano Ronaldo. Aos 28 minutos também teve gol do português, mas foi anulado em razão do jogador estar levemente adiantado. Na prorrogação, Cristiano Ronaldo fez os dois do Real, aos 8 e 13 minutos do primeiro tempo.

Com o suado triunfo, o Real se tornou o maior vencedor da história do mundial, com cinco títulos, superando o Milan, dono de quatro troféus.