Ibirataia: Presidente da Câmara rebate acusação sobre suposto golpe em antecipação da eleição da Mesa Diretora


O vereador e presidente da Câmara Municipal de Ibirataia Antônio Carlos dos Santos Gomes, popular Toi de Berenga, rebate matéria publicada em um site da cidade, sobre um suposto golpe na antecipação da eleição da Mesa Diretora para o biênio 2023 e 2024. A referida matéria diz que o atual presidente da Casa teria se utilizado de uma manobra para registrar uma chapa de forma irregular, impedindo que outra chapa fosse registrada em tempo hábil pelo prazo sugestionado.

Através de uma nota publicada nas redes sociais da Câmara Municipal, o presidente da Casa afirma que a antecipação da eleição foi aprovada, por unanimidade, pelos próprios vereadores durante as sessões.

”Com a aprovação por unanimidade dos Senhores Vereadores nas Sessões, o Projeto de Lei 178/2022 (Lei orgânica do município de Ibirataia) e a Resolução 226/2022 (Novo Regimento Interno do Poder Legislativo) foi possível dar legalidade e pleno direito à antecipação das eleições dos cargos da Mesa Diretora deste Legislativo para o biênio 2023 e 2024”, diz um dos trechos da nota.

Ele também reitera que a eleição foi informada 5 (cinco) dias antes no Portal Oficial da Câmara.

”A atual Presidência baixou o Edital 013/2022, publicado no Portal Oficial da Câmara de Ibirataia no dia 15 de junho de 2022, ou seja, 05 dias antes da realização da citada eleição que acontecerá no dia 20 de junho de 2022 às 18h30m (conforme estipulado no ART. 15, II, da Resolução 226/2022 deste Legislativo – Novo Regimento Interno)”, itera nota que conclui: ”salientamos a todos que todos os atos estão publicados no portal oficial do Legislativo.”

Já em contato com a reportagem do Bahia em Dia, Toi de Berenga também se pronunciou sobre as acusações. ”Não há de se falar em suposto golpe, sendo que todos os atos foram publicados no portal oficial do legislativo, incluindo as convocações para sessões extraordinárias (o que demonstra a oficialidade e legalidade dos atos deste legislativo)”.

(Bahia em Dia)

(mais…)

Nova Ibiá: Prefeitura nega aplicação de vacina com validade vencida


A Prefeitura de Nova Ibiá negou, neste sábado (03), que tenha aplicado vacina contra a Covid-19 com validade vencida. Uma matéria publicada pelo jornal Folha de São Paulo nesta sexta-feira (02) informou que 26 mil doses de vacinas da AstraZeneca teriam sido aplicadas após o vencimento em 1.532 municípios brasileiros, sendo que 01 delas foi aplicada no município de Nova Ibiá.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de Nova Ibiá informou que 40 doses com o lote 4120Z005 foram recebidas pelo município no dia 25/01/2021 e aplicadas integralmente em profissionais da saúde no dia 27/01/2021, dentro do prazo validade.

A pasta ainda explicou que os imunizantes foram aplicados no prazo de validade, mas o registo no sistema do Ministério da Saúde ocorreu depois da data de vencimento da vacina.

(Bahia em Dia)

Ibirataia: Alex Calheira pede afastamento da Secretaria de Saúde após reabertura do comércio


Alex Pinheiro Calheira, que está à frente da Secretaria de Saúde de Ibirataia desde janeiro de 2017,  pediu seu afastamento nesta quinta-feira (04) em meio à crise gerada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

O anúncio foi feito por meio de uma nota, divulgada pelo próprio Alex Calheira nas redes sociais. O motivo, segundo o próprio Alex citou, é por não concordar com reabertura do comércio em momento que o município está vivendo na fase da curva epidemiológica crescente. Veja abaixo a íntegra da nota.

Quero agradecer a Deus por me colocar pessoas especiais em vida, por isso externar a minha gratidão ao ex- prefeito Julio Leal ( In Memória) e a Prefeita Ana Cléia pela a confiança ao me convidar para assumir a Secretaria de Saúde do município de Ibirataia, cidade onde nasci e cresci. Experiência que jamais irei esquecer.

Construímos um trabalho sólido e montamos uma equipe técnica com excelentes profissionais para o combate do coronavírus em Ibiratata. De acordo com os relatórios técnicos apresentados pelo nosso COMITÊ DE COMBATE AO COVID-19. Sempre nos posicionamos em defesa do cumprimento das normas Sanitárias que visam a desaceleração da nossa curva de contaminação do coronavírus.

Porém levando em consideração os acontecimentos da semana onde lideranças política e alguns comerciantes formais, informais e alguns religiosos promoveram uma manifestação pedindo a reabertura do comércio. Posso a até em entender, porém na condição de Secretário municipal de saúde e maior autoridade Sanitária me vejo na condição de me afastar da função, por não concordar com atitudes como essas. Ibiratata está vivendo na fase da curva epidemiológica crescente devido ao início da transmissão comunitária, sendo este momento primordial o cumprimento das normas de isolamento social.

A Saúde pública se faz com a união de diferentes categorias e intervenções concretas em defesa do povo. Não adianta ir de encontro à realidade expressa nos números e a ameaça real da Covid-19.

Por tanto informo que estarei me AFASTANDO DO CARGO, continuarei ajudando o município, apoiando a nossa Prefeita Ana Cléia nas suas decisões, e contribuindo assim para o avanço do município em outras atribuições.

Alex Pinheiro Calheira
Secretário municipal de Saúde de Ibirataia

Vale lembrar que o comércio de Ibirataia reabriu na última quarta-feira (03), dentro da modalidade de revezamento e seguindo as determinações sanitárias dos órgãos públicos para o controle da doença. A decisão da reabertura foi tomada na última segunda-feira (01) após a prefeita Ana Cléia receber em seu gabinete representantes do comercio local (RELEMBRE).

(Bahia em Dia) (mais…)

Ipiaú: MP-BA e PM alertam para risco de colapso na saúde com aumento de pessoas nas ruas e a falta de leitos


Em nota conjunta divulgada nesta terça-feira (02), o Ministério Público da Bahia e a 55ª Companhia Independente da Policia Militar alertam a população de Ipiaú sobre o risco de colapso do sistema de saúde do município, devido o aumento de casos do novo coronavírus (Covid-19).

Segundo o documento, Ipiaú, que também atende outros municípios da região, conta com apenas nove leitos, dos quais apenas dois possuem respiradores, não havendo leitos de UTI.

A nota ainda reforça a necessidade da população manter o distanciamento social e intensificar as medidas de prevenção, evitando circular nas ruas, salvo caso de extrema necessidade. Confira abaixo a íntegra da nota, que é assinada pelas promotoras de Justiça, Letícia Monte Alto e Rafaella Carvalho, e pelo Major Jocevã Oliveira, Comandante da 55ª CIPM/Ipiaú.

Diante do alarmante número de casos de Covid-19 e óbitos decorrentes da doença no município de Ipiaú e região, bem como do aumento da circulação de pessoas nas ruas, o Ministério Público Estadual e a Polícia Militar, cumprindo o dever de informação, vem a público alertar a população que o sistema de saúde local não está preparado para atender a novas demandas.

Mesmo com o esforço do Poder Público, o município conta com apenas nove leitos, dos quais apenas dois possuem respiradores, não havendo leitos de UTI em Ipiaú/BA.

Diante desses fatos, o Ministério Público e a Polícia Militar conclamam que a população de Ipiaú mantenha o distanciamento social e intensifique as medidas de prevenção, evitando circular nas ruas, salvo caso de extrema necessidade.

Alerta-se, ainda, que a continuidade das medidas de flexibilização e o retorno à normalidade dependem das atitudes individuais tomadas nesse momento. Seja solidário, proteja o próximo e quem você
ama. Se possível, fique em casa!

Ipiaú/BA, 02 de junho de 2020

Vale lembrar que até às 18h de terça-feira (02), Ipiaú havia registrado 246 casos confirmados da doença, destes 74 estão em isolamento social, 05 estão internados, 07 vieram a óbitos e 160 estão recuperados. O município também havia notificado 941 casos suspeito, destes 303 aguardam resultado de exames e 392 foram descartados.

(Bahia em Dia) (mais…)

Comunicados da Clínica Vitta Oral e OAB


Em virtude dos últimos acontecimentos e notícias sobre a disseminação do COVID – 19 (o Corona Vírus) no nosso estado e nos municípios circunvizinhos, a direção da Clínica Vitta Oral suspende suas atividades em todas as áreas de atendimento por um período indeterminado a partir desta data.
Essa medida foi tomada com base na recomendação da ABO (Associação Brasileira de Odontologia) regional Ipiaú-BA emitida na data de ontem 19/03/2020, como forma de contenção da disseminação do vírus.

Atendimentos emergenciais na área Odontológicos poderão ser solicitados através dos nossos canais de comunicação para esclarecimentos e remarcação dos atendimentos.
WhatsApp: (73) 9 9957-5948 (Unidade Ibirataia)
(73) 9 9925-8494 (Unidade Algodão)
Instagram: @vittaoral_ibirataia
Facebook: Consultorio Odontologico Dr. Jaldo Júnior e Dra Patricia Almeida.

Desde já, agradecemos a compreensão de todos.
Ibirataia 20 de Março de 2020.

Ibirataia: Prefeitura emite nota de esclarecimento sobre o Covid-19 (coronavírus)


A Prefeitura de Ibirataia, através da Secretaria Municipal de Saúde, esclarece que nenhum caso de coronavírus foi registrado na cidade. Um áudio divulgado e veiculado em programação local mencionando um caso de Covid-19, como é chamado tecnicamente o novo coronavírus, portanto, não condiz com as atualizações dos setores.

A Vigilância Epidemiológica do município, entretanto, informa que não procede a informação e repudia de forma veemente a disseminação de notícias falsas. A Secretaria de Saúde reforça medidas preventivas, como a higienização constante e frequente das mãos, como uma das formas de evitar o contágio e ressalta que, segue monitorando a situação, com o cumprimento em integralidade das definições e protocolos do Ministério da Saúde.

O objetivo é reforçar os procedimentos padronizados para a resposta e as estratégias de atuação frente à ocorrência de eventuais casos suspeitos, já que a pandemia é mundial. (mais…)

Ibirataia: Grupo emite nota rebatendo matéria sobre conselheiros de saúde


No último dia 07 de outubro, a Secretaria de Saúde de Ibirataia (SEMUS/Ibirataia) divulgou em sua página no Facebook uma matéria com o seguinte tema: COORDENADOR DA COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO AOS CONSELHO MUNICIPAIS DE SAÚDE DA BAHIA SE REÚNE COM CMSI. Porém nesta terça-feira (29), um grupo de pessoas, que preferiram não se identificarem, procurou nossa redação e nos enviaram uma nota de esclarecimento, rebatendo as informações divulgadas na referida matéria.

Leia na íntegra a nota:

Foi gerada uma grande expectativa em torno da presença em Ibirataia de uma comissão de conselheiros estaduais de saúde que viriam acompanhar a situação envolvendo o Conselho Municipal de Saúde da cidade. Vale ressaltar que a gestão atual da saúde em Ibirataia atropelou todos os princípios democráticos e legais do Sistema Único de Saúde e impôs uma composição do conselho de saúde ao gosto do secretário de saúde local. A situação gerou repercussão e foi denunciada ao Ministério Público Estadual e ao Ministério Público Federal, pois uma das principais atribuições dos conselhos de saúde é fiscalizar a aplicação das verbas federais que chegam ao município.
Mas causou-nos surpresa o desenrolar dessa visita. Primeiro, o que se chamou de comissão, tratou-se de um conselheiro e um funcionário do conselho estadual de saúde, como o SUS tem regras legais de funcionamento, uma comissão no mínimo teria que ser composta por conselheiros estaduais de saúde em exercício do mandato e a comissão deveria ter paridade. Segundo, para que a comissão pudesse ter elementos para apresentar relatório ao Plenário do Conselho Estadual de Saúde, quem delibera, deveria ouvir todos os envolvidos na situação, quem atropelou os princípios democráticos e legais e quem denunciou tais absurdos, No entanto, a “comissão” conversou apenas com a gestão e entendeu que todas as irregularidades cometidas por esta, estavam corretas e que o suposto conselho municipal de saúde deveria criar uma comissão eleitoral para eleger quatro entidades para completar o número de vagas estabelecido na lei municipal (também desrespeitada e atropelada).
É de assustar! Será que estamos assistindo o conselho estadual de saúde da Bahia querendo legitimar irregularidades contra o controle social?
Será que a “comissão” composta por apenas um conselheiro estadual de saúde e sem paridade não se deu conta que, ao propor criar comissão eleitoral para escolher mais quatro entidades para compor o conselho municipal de saúde de Ibirataia, está admitindo que a denúncia ao MP procede, e tudo feito pela gestão foi irregular? Como essa “comissão” vai explicar ao Ministério Público, que está correto um conselho de saúde municipal, órgão fiscalizador das verbas públicas, ter o seu processo de composição feito de tal forma, qual seja, 70% irregular, ilegal, antidemocrático e o restante 30% ser feito através de processo mais próximo do que pode ser considerado correto? Os 30% do processo que querem fazer segundo eles, de forma correta, não eliminará os 70% de irregularidades, ilegalidades cometidas.
Finalizando, perguntas que não pode deixar de ser feita a essa “comissão de conselheiros estaduais de saúde” e ao plenário do Conselho Estadual de Saúde da Bahia-CES: Nos processos de eleição de entidades para compor o Conselho Estadual de Saúde, o modelo aplicado é igual ao que a gestão de Ibirataia fez? Na escolha de entidades para o CES é o secretário estadual de saúde da Bahia que toma a frente do processo, ditando as regras, formando um CES segundo o seu gosto? A eleição para o CES/BA é feita sem conhecimento público, sem divulgação através de edital? Se a resposta da “comissão de conselheiros estaduais de saúde” e do plenário do CES da Bahia for NÂO.
– Precisamos dizer que não é interessante propor aos outros aquilo que não serve para si mesmo.
É importante afirmar que em Ibirataia existe entidades da sociedade civil que acredita na instituições como Ministério Público Estadual, Federal, inclusive no plenário do Conselho Estadual de Saúde, pois o controle social precisa estar acima de qualquer movimentação que o enfraqueça, fortalecer o SUS é atribuição de todos nós.

O Bahia em Dia deixa o espaço aberto para todos citados na nota. (mais…)

Ibirataia: Vereador Peruca emite nota de agradecimento pela expressiva votação a seus deputados


Confira na íntegra:

Venho humildemente através desta nota, agradecer aos amigos de Ibirataia, Tesourinhas, Zona Rural e ao meu querido Distrito de Algodão pelo apoio dado aos nossos candidatos Eduardo Sales e Mario Negromonte Júnior.
Sem sombra de dúvida os amigos e amigas do Distrito de Algodão mais uma vez demonstraram todo carinho e confiança pelos nossos candidatos. Na qualidade de vereador, não tenho como agradecer à todos vocês que depositaram o seu voto dando uma votação expressiva à Eduardo Sales e a Mário Júnior.
Juntamente com o ex-prefeito Marcos Aurélio e todo nosso grupo político iremos cobrar todo esse apoio dado em obras, ações e trabalho em prol de nosso município, especialmente ao Distrito de Algodão, terra que aprendi a amar e me dedicar 24 horas por dia. Não irei citar nomes para não cometer injustiça, mas de coração, quero agradecer imensamente à todos os nossos amigos e irmãos algodãoenses por entrar na história política de Ibirataia e Algodão, dando uma excelente votação, com uma diferença histórica.
Agradeço a Deus e a todos vocês pelo apoio. Meu muito obrigado!

Vereador Peruca