Irmãos Vieira Lima se irritam com articulação de ACM Neto para esvaziá-los no PMDB


O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), tem deixado o ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso em Brasília, e seu irmão, o deputado federal Lúcio Vieira Lima, ambos do PMDB, irritados.

De acordo com a coluna Expresso, da revista Época, a dupla acha que o democrata está por trás do movimento de enfraquecê-los dentro do partido. Ainda segundo a publicação, o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis, também peemedebista, tenta ocupar o espaço dos irmãos, investigados pela Polícia Federal e denunciados pelo Ministério Público Federal. Na quinta -feira (11), o Bahia Notícias mostrou que, realmente, há um desejo do prefeito e entre seus aliados de acabar com qualquer vínculo dos Vieira Lima com o partido. ACM Neto tem receio de, ao se candidatar a governador, precisar enfrentar o desgaste eleitoral de ter na chapa majoritária uma agremiação que tenha os irmãos.

Jovem de 21 anos afirma estar grávida do Padre Reginaldo Manzott


O nome do padre Reginaldo Manzotti está envolvido em uma grande polêmica. Com mais de seis milhões de seguidores no Facebook, a página do sacerdote foi invadida com diversos comentários sobre a acusação de que ele teria engravidado uma jovem de 21 anos. A informação foi divulgada pelo programa “Fofocalizando”, nesta segunda-feira (08).

A denúncia foi feita pela jovem para um jornal do norte de Minas Gerais. A assessoria do padre nega as informações. Já a jovem diz que vai provar a gravidez com exames de DNA tão logo a criança nascer. Por nota, o padre diz não conhecer a moça e afirma ainda que exerce seu sacerdócio de forma primorosa e fiel.

Com imóvel próprio, Bolsonaro ganha auxílio-moradia da Câmara


O presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e um de seus filhos, Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), recebem dos cofres públicos R$ 6.167 por mês de auxílio-moradia mesmo tendo um imóvel em Brasília. Ambos são deputados federais.

O apartamento de dois quartos (69 m²), em nome de Jair, foi comprado no fim dos anos 90, quando ele já recebia o benefício público, mas ficou pronto no início de 2000. O político recebe da Câmara o auxílio-moradia desde outubro de 1995, ininterruptamente. Eduardo, desde fevereiro de 2015, quando tomou posse em seu primeiro mandato como deputado. Ao todo, pai e filho embolsaram até dezembro passado R$ 730 mil, já descontado Imposto de Renda. Além do apartamento na capital, os políticos da família Bolsonaro têm mais 12 imóveis no Rio, a maior parte adquirida nos últimos dez anos, como mostrou a Folha neste domingo (7).

O auxílio-moradia é pago a deputados que não ocupam apartamentos funcionais no DF. Como há mais deputados do que vagas em imóveis destinados a eles, a Câmara desembolsa para cada um desses, por mês, R$ 4.253.

Padre de MT causa polêmica após postar foto com arma em rede social


Uma postagem do padre Thiago Bruno da Paróquia de São José dos Quatro Marcos, município a 343 km de Cuiabá, causou polêmica nesta terça-feira (02). Numa foto publicada no WhatsApp Status, o padre aparece deitado numa cama apontando uma arma e a mensagem #2018 escrita. A foto circula nas redes sociais. Procurado pelo G1, o sacerdote afirmou que ainda deve se manifestar sobre o caso através de uma nota.

Após a repercussão da polêmica, um suposto amigo do padre afirma que a foto foi tirada na casa dele no dia 1º de janeiro. O homem alega que a arma usada na foto é um artigo de decoração e foi trazida junto com outros objetos da Espanha. “São armas de decoração, que não dão tiro. São apenas armas do estilo faroeste daqueles filmes que comprei para fazer decoração”, declara o homem no vídeo.

Nas redes sociais, internautas repercutiram a foto com cometários a favor e contra o padre. “Não importa se a arma é de brinquedo ou não! O que importa é a mensagem que ele passa, que não é nenhuma mensagem de paz”, diz um comentário.

Em outro texto, um internauta critica a atitude. “A atitude dele não condiz com a imagem que ele tem que passar para sociedade. Sem contar que armas não trazem a paz”, diz trecho de uma declaração.

Já em defesa do padre, alguns usuários da rede social dizem não ver maldade na foto. “Que mal tem isso? Uma pessoa de bem com uma arma? Ele também pode ter carro, faca, moto, etc”, diz o comentário.

Socialite Day McCarthy protagoniza nova polêmica ao queimar a Bíblia e chamar evangélicos de ‘lixo’


Pouco mais de um mês após as ofensas racistas contra Titi, filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, a socialite Day McCarthy voltou a ser assunto nas redes sociais. A polêmica dessa vez envolve religião. No vídeo que circula nas redes sociais, a ex-garota de programa aparece lendo um trecho do Salmo 91 e, em seguida, retira um isqueiro de seu sutiã e coloca fogo na Bíblia.
 “Um salmo para os crentes que falaram que eu não sou filha de Deus, que eu sou uma pessoa do demônio. Vou ler um salmo para vocês”, diz ela no início do vídeo. Em seguida, após ler trecho do Salmo 91, ela rasga e queima o livro.”Crente merda, crente lixo, queima no inferno suas pestes, capeta”, encerra. Assista o vídeo:

Governo de Goiás distribui bonecas ‘transgênero’ para crianças e causa polêmica


O Governo de Goiás está no centro de uma polêmica após a distribuição de bonecas para as crianças. Os brinquedos, que tinham roupas e traços femininos, vieram com órgãos genitais masculinos. O fato causou estranheza e revolta para muitos pais, que acusaram o poder público de distribuir bonecas transgêneros para as crianças. Outros pais, no entanto, disseram que isto ajudaria a ensinar sobre diversidade. O governo, no entanto, ainda não esclareceu o que houve.

Em um dos vídeos postados na internet, um pai questiona o ocorrido.

– Você abre a boneca e tem batom, o nome da boneca está aqui, é menina, está de batom, mas aí, você vai tirar a roupa da boneca para dar para seu filho, sua filha, brincar. E olha só, tem cabimento um negócio desses? – indignou-se o homem.

Além do debate sobre a questão de gênero, outros pais questionaram ainda o porquê de algumas bonecas virem com ânus.

– Alguém poderia me explicar essa palhaçada? Por que as bonecas femininas têm um buraco e as masculinas não? Que idiotice é essa? Eu, com 43 anos, sempre pensei que essa parte era igual – escreveu uma das pessoas nas redes sociais. Além da ideologia de gênero, pais questionaram a presença do ânus nas bonecas.