Maraú: Dois suspeitos morrem e outros são presos durante operação policial em Barra Grande


Dois suspeitos morreram e sete foram presos, na manhã desta quinta-feira (14), durante uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar, com apoio da CIPE Cacaueira e da Rondesp, nos distritos de Barra Grande e Saquaíra, na Península de Maraú. Um helicóptero da Polícia Militar foi usado durante a operação, que também apreendeu três armas de fogo, um simulacro de pistola, 300 gramas de maconha, material para embalagem da droga e seis celulares.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), os dois mortos foram um homem conhecido ‘Pajé’, e seu irmão, ambos suspeitos de ter envolvimento com tráfico de drogas na região do Mangue Verde. Os sete presos, identificados como Denivaldo dos Santos, de 40 anos, Heildson Bonfim Santana 26, José Conceição Souza, 31, Joélson Assunção Marques, 25 anos, Vinícius Pinto dos Anjos, 18, Thiago Pereira Passos, 19 anos, e Ivanildo Conceição Bonfim, 39 anos, foram apresentados na delegacia de Maraú.

(Bahia em Dia)

Ibirataia: Suspeito de tráfico de drogas é preso no Alto do Mirante


Um jovem suspeito de tráfico de drogas foi preso na manhã desta quinta-feira (14) na Rua João Goulart, no Bairro Alto do Mirante, em Ibirataia.

Segundo a polícia, Rian Oliveira da Silva, de 18 anos, foi preso logo após policiais promoverem rondas no bairro e ele correr ao notar a presença da viatura. Com ele foram encontrados 14 pedras de crack e R$ 30 em espécie. O material apreendido e o suspeito foram apresentados na delegacia de Ibirataia.

Ainda segundo a polícia, além de já ser conhecido pelas práticas delituosas, Rian é suspeito de ser um dos integrantes de um grupo de criminosos no município.

(Bahia em Dia)

Itagi: Policia procura por dupla acusada de latrocínio


Investigadores da Delegacia Territorial (DT), de Itagi, realizam diligências para localizar Samuel da Conceição Pereira e Oziel Alves da Silva. Eles são apontados como autores do latrocínio José Oliveira Neto, de 43 anos. De acordo com as investigações, Samuel e Oziel foram armados à residência da vítima, com o objetivo de praticar o roubo, e quando José reagiu um dos ladrões disparou contra ele. O crime ocorreu no dia 13 de janeiro, na zona rural de Itagi. Segundo a titular da DT/Itagi, delegada Wilma Caldas de Sousa, a dupla já tem mandado de prisão expedido. “Qualquer informação que possa auxiliar a polícia na localização dos latrocidas é importante”, destaca a delegada. Ela ainda informou que não é necessário identificar-se e o sigilo é garantido.

Gongogi: Com ciúmes, homem mata amigo que bebia com sua esposa


Um homem identificado como Júlio César Vasconcelos, de 44 anos, foi morto a golpes de facão nesta terça-feira (12), no município de Gongogi. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima era amigo do suspeito do crime, identificado até o momento apenas pelo predomine de ‘Nego Serrador’. Júlio estava na frente de sua residência bebendo com a esposa do suspeito, quando foi surpreendido por Nego, que o acertou com golpes de facão no braço e no pescoço da vítima, que morreu ainda no local. Após o crime, o suspeito fugiu numa motocicleta. O homicídio teria sido motivado por ciúmes. Guarnições da PM realizaram buscas, mas o suspeito ainda não foi preso. A Polícia Civil investiga o caso.

(Ubatã Notícias)

Itagi: Homem de bicicleta morre atropelado na BA-130


Um homem identificado como Osvaldo Souza, de 56 anos, morreu em acidente envolvendo sua bicicleta e um carro de passeio na manhã desta terça-feira (12), na BA-130, próximo a cidade de Itagi.

Conforme informações repassadas ao Bahia em Dia, o motorista que não teve o nome revelado, seguia pela rodovia com o veículo modelo Cross Fox quando teria se deparado com o ciclista que saiu de uma estrada de terra e entrou na rodovia. O motorista tentou desviar, mas mesmo assim não conseguiu evitar a colisão. Osvaldo chegou a ser socorrida com vida para uma unidade hospitalar da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

(Bahia em Dia)

Apuarema: Homem morre após reagir a mandado de prisão e trocar tiros com a PM


Taison Andrade Paim, vulgo “Ringo Cão”, de 24 anos, foi morto após uma troca de tiros com policiais militares no inicio da manhã desta segunda-feira (11), na cidade de Apuarema.

De acordo com a Polícia Militar, a troca de tiros começou após os policiais localizarem o suspeito para cumprimento de um mandado de prisão. Armado, o homem, que estava dentro de sua residência, reagiu à prisão e começou a atirar contra os policiais. Taison foi baleado e encaminhado pelos policiais até o Hospital Prado Valadares, em Jequié, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade.

Com ele foram encontrados um revólver calibre 32, 02 estojos de munição calibre 32 deflagrados e 04 munições de calibre 32, sendo 02 picotadas e 02 intactas. O material apreendido foi apresentado na delegacia de Apuarema.

(Bahia em Dia)

Ubatã: Jovem comemora saída da cadeia em rede social e acaba sendo assassinado


Benedito Júnior Lemos de Oliveira, de 25 anos, foi assassinado na noite deste sábado (09) no bairro de São Raimundo, em Ubatã. O jovem foi baleado na porta de casa por dois homens numa motocicleta. Ele foi socorrido, mas morreu a caminho do Hospital de Base, em Itabuna.Benedito havia saído da Delegacia Territorial de Ubatã na sexta-feira (08) após ser preso em setembro com cerca de 1,5kg de maconha. De acordo com o site Ubatã Notícias, ele chegou a fazer um post nas redes sociais comemorando a saída da prisão, mas acabou sendo executado.

Ibirataia: Homem furta animais avaliados em R$ 100 mil e diz que foi a mando de Nossa Senhora


A Polícia Civil de Ibirataia com o apoio da Guarda Municipal recuperou na última quarta-feira (06), dois cavalos furtados da propriedade de Jovelino Abdon Fair. Segundo informou a polícia, os animais estão avaliados em R$ 100 mil.

Conforme as informações divulgadas pelo delegado Rodrigo Fernando, os animais foram encontrados amarrados em uma árvore e teriam sido furtados por Reginaldo Pereira dos Santos Júnior. “Ao ser questionado, ele assumiu que cometeu o furto por orientação de Nossa Senhora, apresentando distúrbios mentais. Disse ainda que estava com consulta marcada para o dia sete de fevereiro, no CAPS. O acusado foi encaminhado, após procedimento foi medicado e responderá o procedimento em liberdade pelo crime”, comentou o delegado. Os animais já foram devolvidos ao proprietário.

(Giro Ipiaú)

Ituberá: Acusado de homicídio qualificado é condenado a 31 anos de prisão


Em sessão do Tribunal do Júri realizada nesta quinta-feira (07), na comarca de Ituberá, Uziel dos Santos Torres foi condenado a 31 anos de reclusão em regime fechado em razão do homicídio de Washington Luiz Palma Silva. Segundo informações da denúncia, cinco homens cumprindo ordens de Uziel, movidos com intenção de matar e por motivo fútil, dispararam tiros contra a vítima Washington, no dia 4 de fevereiro de 2013, por volta das 12h, no manguezal existente nas imediações da BA-001, em Ituberá. A denúncia do Ministério Público estadual foi sustentada pelo promotor de Justiça Gustavo Vieira, que registrou que no dia do crime, os réus, munidos com armas de fogo, motivados por questões relacionadas ao tráfico de drogas no município, aguardaram a vítima no final da rua em que residia e, ao avistá-la, perseguiram-na pela via pública. O júri foi presidido pelo juiz Reinaldo Peixoto Marinho.

Lula é condenado a 12 anos e 11 meses no caso do sítio de Atibaia


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado, nesta quarta-feira (06), a 12 anos e 11 meses por corrupção e lavagem de dinheiro no processo da Lava Jato que apura se ele recebeu propina por meio da reforma de um sítio em Atibaia (SP). A sentença da juíza substituta Gabriela Hardt, da primeira instância, é a segunda que condena Lula na Operação Lava Jato no Paraná. Cabe recurso. Outras 12 pessoas foram denunciadas no processo. As informações são do G1.

O ex-presidente está preso desde abril de 2018 em Curitiba, onde cumpre pena de 12 anos e 1 mês determinada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), na primeira condenação dele na segunda instância pela Lava Jato. Ele foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex no Guarujá (SP).

Gabriela Hardt também determinou o confisco do sítio e decretou a interdição de Lula para o exercício de cargo ou função pública pelo período equivalente ao dobro da pena estabelecida. A medida atinge ainda os outros condenados por lavagem de dinheiro – Léo Pinheiro, José Carlos Bumlai, Emílio Odebrecht, Alexandrino Alencar, Carlos Paschoal, Emyr Dinis, Roberto Teixeira, Fernando Bittar e Paulo Gordilho. O G1 entrou em contato com a defesa de Lula, que informou ainda não ter um posicionamento sobre a condenação.