Valença: Ex-prefeito, empresário é sequestrado e bandidos pedem resgate


O empresário e ex-prefeito do município de Valença, Ramiro Campelo, foi alvo de um sequestro na manhã desta quinta-feira (18). De acordo com informações, por volta das 08:30hs, três indivíduos em um veículo HB20, de cor branca, levaram Campelo, quando saía de sua casa para o trabalho.

Quase duas horas após o sequestro, os bandidos entraram em contato com os familiares pedindo resgate. De acordo com informações do radialista Ciro Pimentel da Rádio Rio Uma FM, por questão de segurança, a família mantém sigilo do valor e busca acelerar as negociações, pois ele tem diabete e não pode ficar sem a medicação.

Muito conhecido na região, Ramiro Campelo que foi prefeito de Valença em duas oportunidades também é fundador do grupo que controla as Lojas Guaibim. A polícia está na residência do empresário e uma equipe da divisão anti-sequestro de Salvador já foi notificada.

Wenceslau Guimarães: Município tem surto de malária com uma morte e 7 casos confirmados


A cidade de Wenceslau Guimarães vive um surto de malária, com uma morte registrada e sete pessoas sendo tratadas com quadro confirmado da doença, segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). De acordo com o órgão, a morte foi de um homem de 33 anos, ocorrida no dia 16 de janeiro.

A secretaria informou que as unidades de Vigilância Epidemiológica do Estado e do Município já foram acionadas. Ainda não é possível apontar se os pacientes foram contaminados na cidade ou se alguém contraiu a doença durante viagem. A Secretaria de Saúde ressaltou que classifica o cenário como “surto localizado” em Wenceslau Guimarães, sem haver registros da situação no restante do estado.

A malária é uma doença infecciosa causada pelo parasita Plasmodium. É transmitida pela picada do mosquito de gênero Anopheles ou por contato pelo sangue, como o compartilhamento de seringas. Os sintomas incluem mal-estar, calafrios, seguido de suor intenso e prostração. No caso do plasmodium do tipo falciparum, pode ocorrer uma grave anemia, potencialmente fatal.

(G1)

Apuarema: Sindicato dos professores denuncia prefeitura por atraso de salários


Imagine você trabalhar um mês inteiro e na hora de receber o salário ele não chegar. É o que está acontecendo no município de Apuarema. Até o momento, professores da rede pública municipal estão com seus pagamentos, referente ao mês de dezembro, em atraso e, em alguns casos, os profissionais estão sem receber a parcela do décimo terceiro.

Quem garante é a presidente em exercício da APLB/Sindicato do município de Apuarema, professora Fabiana Pereira. Segundo Fabiana, nesta segunda-feira (15) aconteceu a primeira Assembleia Geral com a categoria, tendo a presença do assessor jurídico da APLB, onde foi discutidos sobre o atraso no pagamento dos professores da rede municipal de ensino. Ainda segundo ela, uma agenda de mobilização foi montada e medidas judiciais estão sendo tomadas.

(Bahia em Dia)

Ibirataia: Cansados de promessas da Prefeitura, moradores da zona rural consertam estrada


Desde a campanha política da então candidata e hoje prefeita Ana Cléia (PSD), os moradores da região do Piu, próximo ao povoado de Tesourinha, zona rural de Ibirataia, tem ouvido a promessa de que, uma vez eleita, a então candidata iria ter um carinho especial para com a região, muito especialmente em relação a estrada que é praticamente a única via de ligação entre o Piu e a sede do município, por onde é escoada toda a produção agrícola e transporte de passageiros.

A atual administração municipal conseguiu os votos dos moradores da região, mas chegou ao final do primeiro ano de gestão deixando o local em absoluto esquecimento, ao contrário do que foi prometido em campanha. Resultado: estrada esburacada, com atoleiros e matagal invadindo a pista, quase intransitável. Detalhe: o gasto com a manutenção da estrada seria apenas uma fração do que é aplicado na grande festa junina do município, por exemplo.Indignados com o descaso por parte do poder público, moradores resolveram tomar providências. Sabiam que se continuassem esperando o cumprimento das promessas jamais teriam de volta a estrada tão necessária. Em uma ação de cooperativismo, eles se organizaram, juntaram forças e contrataram do próprio bolso caçambas e máquina retro escavadeira para fazer serviços de encascalhamento e limpeza da estrada.“Um ano de gestão e até agora a comunidade rural esperando a Prefeitura para fazer os serviços de encascalhamento e patrolamento nas estradas da zona rural, sendo que o ex-prefeito deixou todas as máquinas e caçambas funcionando”, comentou um morador, que preferiu ter seu nome preservado.

Quem passa hoje pela estrada da região do Piu nota a via encascalhada e sem buracos, trânsito fácil para quem vem ou vai. Obra que só aconteceu graças a reação de força e união dos moradores, cansados de esperar por promessas vazias.

(Ipiaú on Line)

Irmãos Vieira Lima se irritam com articulação de ACM Neto para esvaziá-los no PMDB


O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), tem deixado o ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso em Brasília, e seu irmão, o deputado federal Lúcio Vieira Lima, ambos do PMDB, irritados.

De acordo com a coluna Expresso, da revista Época, a dupla acha que o democrata está por trás do movimento de enfraquecê-los dentro do partido. Ainda segundo a publicação, o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis, também peemedebista, tenta ocupar o espaço dos irmãos, investigados pela Polícia Federal e denunciados pelo Ministério Público Federal. Na quinta -feira (11), o Bahia Notícias mostrou que, realmente, há um desejo do prefeito e entre seus aliados de acabar com qualquer vínculo dos Vieira Lima com o partido. ACM Neto tem receio de, ao se candidatar a governador, precisar enfrentar o desgaste eleitoral de ter na chapa majoritária uma agremiação que tenha os irmãos.

Dário Meira: Com salário atrasado, sindicato dos servidores decide por paralisação


Em assembleia realizada na Câmara de Vereadores de Dário Meira, na manhã dessa quinta-feira (11), o os funcionários públicos municipais, filiados ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Dário Meira, o SINSERV-DM, decidiram fazer uma paralisação, seguida de mobilização, na próxima segunda-feira. Segundo o sindicato, os funcionários, reivindicam o pagamento do mês de dezembro. A mobilização dos funcionários está marcada para às 09h de segunda-feira. O ponto de concentração será na Câmara de Vereadores. “O ato percorrerá as principais ruas da cidade e visa denunciar o atraso salarial dos servidores públicos,bem como cobrar do atual prefeito Willian Almeida Sena, Willian de Alemão, maior equilíbrio e controle nas contas da prefeitura de Dário Meira”, pontou o Sindicato em nota.

Com imóvel próprio, Bolsonaro ganha auxílio-moradia da Câmara


O presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e um de seus filhos, Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), recebem dos cofres públicos R$ 6.167 por mês de auxílio-moradia mesmo tendo um imóvel em Brasília. Ambos são deputados federais.

O apartamento de dois quartos (69 m²), em nome de Jair, foi comprado no fim dos anos 90, quando ele já recebia o benefício público, mas ficou pronto no início de 2000. O político recebe da Câmara o auxílio-moradia desde outubro de 1995, ininterruptamente. Eduardo, desde fevereiro de 2015, quando tomou posse em seu primeiro mandato como deputado. Ao todo, pai e filho embolsaram até dezembro passado R$ 730 mil, já descontado Imposto de Renda. Além do apartamento na capital, os políticos da família Bolsonaro têm mais 12 imóveis no Rio, a maior parte adquirida nos últimos dez anos, como mostrou a Folha neste domingo (7).

O auxílio-moradia é pago a deputados que não ocupam apartamentos funcionais no DF. Como há mais deputados do que vagas em imóveis destinados a eles, a Câmara desembolsa para cada um desses, por mês, R$ 4.253.

Wenceslau Guimarães: Genro de vereador é executado a tiros e golpes de faca dentro de casa na Vila Tancredo Neves


Um homem foi assassinado a tiros e facadas dentro da própria casa na noite desta sexta-feira (05), na Vila Tancredo Neves, próximo ao povoado da Palmeira, em Wenceslau Guimarães. A vítima foi identificada como Claudio Santos, de 29 anos, genro do vereador Manoel dos Santos, mais conhecido como Nel da Vila.

Segundo informações, dois indivíduos invadiram a casa da vítima cometeram o crime e ainda reviraram todo o imóvel. Em seguida fugiram em uma motocicleta, tomando rumo ignorado.

Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local do crime e realizaram os procedimentos cabíveis. Os autores e as motivações do crime são desconhecidas.

(Bahia em Dia)

Executivos da Odebrecht relatam ‘demanda’ de R$ 1 milhão para filme sobre Lula


A Operação Lava Jato investiga a captação de recursos para o financiamento do longa “Lula, o Filho do Brasil”. O empreiteiro Marcelo Odebrecht e o ex-ministro Antonio Palocci já prestaram depoimento. Em e-mails capturados pela Polícia Federal, executivos relatam a “demanda” de R$ 1 milhão para “apoiar o filme de interesse do nosso cliente”, que seria o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O filme que narra a história do petista estreou em 1º de janeiro de 2010 e custou cerca de R$ 12 milhões. A Odebrecht destinou R$ 750 mil para o longa. A defesa de Lula não comentou a investigação da força-tarefa em Curitiba. O produtor do longa, Luiz Carlos Barreto, negou que tenha ocorrido tráfico de influência. A Odebrecht informou que está “colaborando com a Justiça”.

Em depoimento no dia 11 de dezembro, Palocci foi questionado pelo delegado Filipe Hille Pace sobre sua suposta relação com a produção do filme. O ex-ministro afirmou que “deseja colaborar na elucidação de tais fatos”, mas que naquele momento ficaria em silêncio. No mesmo dia, Marcelo Odebrecht – delator da Lava Jato, já condenado e em prisão domiciliar em São Paulo – também falou ao delegado. Durante o depoimento, a PF apresentou ao empreiteiro e-mails extraídos de seu computador e ligados ao financiamento do filme. Em um dos e-mails, Marcelo enviou cinco tópicos relacionados ao filme a funcionários do grupo.

A força-tarefa apura se o financiamento do filme tem relação com o esquema de desvios e corrupção na Petrobras. À PF, Marcelo disse acreditar “que a doação para o filme fazia parte da agenda mais geral da Odebrecht com PT e Lula, ou, por exemplo, de uma “conta-corrente geral de relacionamento que Emílio (Odebrecht, seu pai), poderia manter com Lula”.

Gongogi: Prefeitura ainda não pagou o 13º da maioria dos servidores públicos


A Prefeitura de Gongogi, sob a gestão Edvaldo Santos (PR), o Kaçulo, ainda não pagou o 13º salário da maior parte dos servidores públicos municipais. Há inclusive, diversos registros de servidores que receberam o benefício ‘depenado’. Até o momento só registros do pagamento do 13º – ‘retalhado’ – aos profissionais da educação. Aos servidores concursados, a gestão municipal não quitou ainda o salário de dezembro e deve novembro e dezembro aos servidores contratados. “Estamos vivendo um caos administrativo e sofrendo com atrasos salariais e ausência de serviços públicos importantes”, resumiu um professor ao Ubatã Notícias. Segundo apurou o portal, a gestão Kaçulo torrou 74% da receita corrente líquida do município com pagamento de pessoal em 2017 quando o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) limita este tipo de despesa a 54%. Por ora, servidores aguardam o capilé cair na conta.

(Ubatã Notícias)