Prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, será candidato ao Governo da Bahia


Apontado como o principal nome para ser o candidato da oposição ao governo do estado após a decisão do prefeito ACM Neto (DEM), o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho (DEM), se afastará da prefeitura de Feira de Santana, a partir deste sábado (07), para ser candidato ao Governo da Bahia.

Ronaldo tomou a decisão no final da noite desta sexta-feira (06), após uma longa reunião com diversas lideranças políticas. O vice, até o fechamento dessa matéria, ainda não havia sido definido.

Zé Ronaldo foi eleito prefeito de Feira pela primeira vez em 2000 e reeleito em 2004. Retornou à prefeitura em 2013, renovando novamente o mandato em 2016. Ele iniciou sua carreira política em 1983 como vereador do município. O democrata ficou no cargo até 1987, quando assumiu uma cadeira de deputado estadual na Assembleia Legislativa. No legislativo baiano, o prefeito ficou por três mandatos até 1998, quando foi eleito deputado federal, cargo que exerceu por dois anos, até assumir o comando da segunda maior cidade da Bahia.

Ibirataia: Governo Ana Cléia sofre três baixas nos últimos três meses


A prefeita de Ibirataia, Ana Cléia (PSD), sofreu, durante esses últimos três meses, três baixas importantes em sua equipe de governo. O primeiro foi o Diretor de Esportes do Distrito de Algodão, Ruan da Silva Soares, que no final do mês de janeiro pediu sua exoneração. Logo depois, no início de março, foi a vez do Secretário de Governo, Alexsandro Freitas Silva, popular “Sandro Futuca”, também pedir sua exoneração. Na ocasião, ambos pediram exoneração, dos respectivos cargos, alegando motivos pessoais.

Desta vez, foi o Administrador do Distrito de Algodão, Leandro de Jesus Santos, conhecido por “Léo”, que na semana passada também pediu sua exoneração do cargo. Em contato com o Bahia em Dia nesta quinta-feira (05), Leandro que assumiu o cargo em janeiro de 2017, também alegou “motivos pessoais” para se afastar de sua função.

Substituindo Leandro, assumiu na terça-feira (03) o cargo de Administrador do Distrito, o ex-vereador Irenilton Lima.Como forma de agradecimento a gestão do ex-administrador Leandro, os servidores municipais que atuam no Distrito reuniram-se e realizaram, na última quarta-feira (04), um almoço de confraternização. Além dos servidores, o evento, realizado no Clube Social, contou com a presença de amigos, colaboradores e do vereador Toi de Berenga.

“Agradeço imensamente à equipe que me ajudou administrar, a Prefeita Ana Cleia, a Vice-Prefeita Eurides Nunes, ao vereador Toi de Berenga e aos servidores municipais, sem estes não haveriam bons serviços e obras para nossa população. Tenho absoluta convicção de que, Irenilton Lima, o novo Administrador, dará continuidade aos trabalhos, aos quais desejo de coração uma excelente administração. Deixo aqui, os meus mais profundos agradecimentos à comunidade de Algodão, a qual espero servir sempre”, disse Leandro.

(Bahia em Dia)

ACM Neto desiste de se candidatar ao governo da Bahia


Apontado como o principal nome capaz de impedir a reeleição do petista e atual governador Rui Costa, o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) confirmou, na manhã desta sexta-feira (6), que não deixará o Palácio Thomé de Souza para concorrer ao governo da Bahia em 2018.

Com a decisão de ACM Neto, o grupo de oposição ainda segue em negociação para finalizar os ajustes da chapa majoritária. “Meu coração me impede de deixar a prefeitura de Salvador”, anunciou o prefeito.

Após decidir que não será candidato ao governo do Estado, o prefeito de Salvador sugeriu que Zé Ronaldo (DEM) pode assumir seu lugar como cabeça de chapa nas eleições deste ano. Em seu discurso durante a inauguração da Comunidade Guerreira Zeferina, Neto disse que o atual prefeito de Feira de Santana pode ser o líder da oposição no processo se quiser.

Jitaúna: Ex-prefeito Edson tem contas rejeitadas pelo TCM e é denunciado ao MP


O Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta quinta-feira (05/04), rejeitou as contas da prefeitura de Jitaúna, da responsabilidade de Edson Silva Souza, referentes ao exercício de 2016, em razão de uma série de irregularidades. Além de descumprir o artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal, que trata da ausência de recursos para pagamento dos restos a pagar, o gestor também não aplicou o percentual mínimo exigido em Educação e Saúde. O ex-prefeito foi denunciado ao Ministério Público Estadual para que sejam investigados eventuais crimes administrativos.

O relator do parecer, conselheiro substituto Antônio Carlos da Silva, multou o gestor em R$20 mil pelas irregularidades apuradas durante a análise das contas. E em R$21.600,00, que corresponde a 12% dos seus subsídios anuais, em razão da não redução da despesa total com pessoal.

Em relação aos restos a pagar, os recursos deixados em caixa pelo gestor não foram suficientes para cobrir despesas no montante de R$1.062.216,90, o que resultou em um saldo negativo na ordem de R$1.086.479,58. O que demonstra o descumprimento do disposto no artigo 42 da LRF, e configura existência de desequilíbrio fiscal no município.

Os investimentos nas áreas da Educação e Saúde também não atenderam ao percentual mínimo exigido. Na manutenção e desenvolvimento do ensino foram aplicados apenas 23,72% da receita resultante de impostos – aquelas provenientes de transferências, quando o mínimo exigido é 25%. Já nas ações e serviços públicos de saúde, o investimento alcançou apenas 14,72% dos recursos específicos, sendo o mínimo 15%.

O gestor ainda extrapolou nas despesas com pessoal, utilizando 63,35% da receita corrente líquida do município nestes gastos, quando o máximo permitido é 54%. E não promoveu o pagamento de multas e ressarcimentos da sua responsabilidade. Cabe recurso da decisão.

Ipiaú: Ruas esburacadas incomodam população


O problema no sistema viário do município é antigo, mas a falta de reparos agravou a situação, principalmente nos últimos anos onde andar pelas ruas têm se tornado um grande desafio. Pedestres precisam dividir os pequenos espaços com carros, motos e até veículos maiores.Por toda a cidade os buracos fazem parte da paisagem nada agradável que se tornou comum no dia a dia de Ipiaú. Nos bairros mais carentes, as ruas estão totalmente tomadas por buracos, e em dias de chuva a situação fica ainda mais difícil, além disso, o mato tomou conta das poucas calçadas, e em alguns casos até a rua já foi tomada pelo capim.

Segundo os moradores, a falta de atenção e reparos têm causado grandes transtornos e prejuízos, pois devido a falta de capina além das ruas o mato têm causado o entupimento de bueiros e consequentemente a inundação de casas durante os períodos de chuva.Em conversa com nossa equipe mototaxistas relataram que é estressante andar pelas ruas da cidade, e as despesas com a manutenção dos veículos aumentaram.

(Pural Ipiaú)

Ibirataia: Prefeita grava áudio ameaçando denunciar moradores da zona rural após realizarem protesto


Circula desde a noite de ontem, sexta-feira (30), por meio de redes sociais, um um áudio da prefeita de Ibirataia, Ana Cléia, ameaçando denunciar os moradores das regiões da Jacutinga e Santa Rita, na zona rural de Ibirataia, pela forma que os mesmos realizaram um protesto. O manifesto foi realizado durante a manhã desta sexta-feira, onde os moradores reivindicavam melhorias no acesso às localidades (RELEMBRE A MATÉRIA).

No áudio a prefeita inicia ameaçando denunciar os manifestantes que, segundo ela, terão que consertar o que fizeram pra depois a máquina passar na região. Ainda em seu áudio, ela diz “…já pensou se agora, nesse momento, agente vai lá e passa a máquina e faz o que eles querem, isso vai acontecer em todas as outras regiões.” Ouça o áudio:

 

UM QUESTIONAMENTO 

Não querendo defender ou incentivar a maneira como foi realizado o protesto, mas faço um questionamento. Se a manifestação fosse feita de forma contrária (como por exemplo: um mutirão para recuperar o referido trecho), será que a prefeita se sensibilizaria e, de imediato, avaliaria uma data para dar inicio aos serviços de melhoria daquela estrada?, Será?

Por que este questionamento?

Porque, vale lembrar que algumas semanas atrás, um grupo de moradores da região do Paty, cansados de esperar providências por parte da gestão atual, resolveram por contra própria fazer um mutirão onde conseguiram recuperar pelo menos um determinado trecho da estrada que dá acesso aquela localidade (RELEMBRE A MATÉRIA). Para concluir, faço uma última pergunta: Será que depois desse ato, algum representante da prefeitura ou até mesmo a própria prefeita procurou os moradores do Paty para, ao menos, informa-los de um provável inicio dos serviços?, será?

(Bahia em Dia)

Ibirataia: Em protesto, moradores fecham estrada de acesso as regiões da Jacutinga e Santa Rita


Na manhã deste feriado de sexta-feira santa (30), moradores das regiões da Jacutinga e Santa Rita, na zona rural de Ibirataia, fizeram um protesto reivindicando melhorias no acesso às localidades.

Para interditar a estrada, os moradores usaram troncos de árvores e cavaram uma enorme valeta no trecho conhecido como ‘ladeira da Santa Rita’, principal acesso das localidades ao distrito de Algodão.De acordo com um dos manifestantes, que preferiu não se identificar, objetivo é chamar a atenção do Poder Público Municipal, já que por várias vezes procurou o Secretário de Transportes, Julival Pereira, a Vice-Prefeita Eurides (que também é proprietária de uma fazenda localizada próximo daquele trecho) e o vereador Toi de Berenga (este por ser da base do governo e um dos representantes da região) em busca de uma solução para os problemas da estrada, mas nada pode ser resolvido através deles.

Nas redes sociais já repercute um vídeo. As imagens mostram como ficou o local onde aconteceu o manifesto acompanhado com o desabafo de um jovem, decepcionado com a falta de ações por parte do poder público para amenizar o sofrimento dos moradores daquela localidade. Assista o vídeo:

Posted by Raony Santos Silva on Friday, March 30, 2018

(Bahia em Dia)

Wenceslau Guimarães: Mais uma vez, Prefeitura não distribui o tradicional peixe da Semana Santa


Acostumados com a entrega do tradicional ‘peixe da Semana Santana’, que há anos era mantida pela prefeitura, pelo segundo ano seguido, os moradores da cidade de Wenceslau Guimarães ficarem sem ele. É que a atual gestão fez diferente das tradições realizadas por várias prefeituras, inclusive da própria, que em anos passados sempre distribuía o tradicional peixe.

Novamente a noticia não agradou as pessoas que estavam na expectativa que este ano a atual gestão retornaria a realizar a distribuição solidária. Segundo relatos de alguns moradores, assim como em Wenceslau Guimarães várias outras cidades da região também tiveram uma queda de receita, mas mesmo assim mantiveram a tradição distribuindo grandes quantidades de peixes aos seus moradores.

Vale ressaltar que o tradicional ‘peixe da Semana Santa’ é um dos principais componentes do prato dos wenceslauenses nesta época.

(Bahia em Dia)

Moradora de Itamari aparece no quadro “O Brasil que eu quero” exibido pela Rede Globo


No último sábado (24), a moradora de Itamari, Tainan Amarante, participou do quadro “O Brasil que eu quero” apresentado no Jornal Nacional, da rede Globo de televisão.
No vídeo, Tainan diz, “O Brasil que eu quero para o futuro é um Brasil onde hospitais como esse, logo aqui atrás de mim, não venha ser fechado por falta de investimentos e incompetência das administrações”

Parabéns Tai (Tainan Amarante), não se calou diante do retrocesso que vivemos com essa gestão !!

Posted by Dino Lisboa on Sunday, March 25, 2018

É notório que em sua fala ela deixa seu recado a atual gestão do município que, recentemente, decidiu fechar o Hospital São Lucas e transformá-lo em uma Unidade de Pronto Atendimento – UPA.
(Bahia em Dia)

Ipiaú: Carros caem em cratera na rua Ataíde Ribeiro


O que deveria ser uma obra para melhorar a mobilidade e conforto para os moradores, motoristas e pedestres que trafegam pela Rua Ataíde Ribeiro (conhecida como Mira Rio), se tornou na verdade um transtorno. Na noite deste sábado (24), dois motoristas foram vítimas de um acidente ocorrido devido à sinalização precária no local da obra, quando os veículos que dirigiam caíram em uma cratera aberta no local após a chuva que caiu durante boa parte desse sábado.Após as fortes chuvas que atingiram a cidade de Ipiaú no final do mês de janeiro, uma verdadeira piscina formou-se no local devido a deficiência na rede de drenagem pluvial naquela localidade, e no dia 26/01, funcionários da prefeitura realizaram obras para drenagem da água acumulada e/ou reparação da galeria obstruída.Há quase 60 dias a rua encontra-se parcialmente interditada, onde cavaletes às vezes fecham o trânsito naquela rua, e às vezes permite que os veículos transitem em uma estreita faixa ao lado de uma cratera aberta pela retroescavadeira.A rua deveria ser uma via de escape para descongestionar o trânsito do centro da cidade. Contudo, resta aos moradores e os que necessitam transitar por aquela localidade, aguardar até que o piso seja totalmente recuperado, deixando de levar perigo e transtorno a todos.

(Ipiaú Online)