Itagi: Contas do Vereador e Ex-Presidente da Câmara Renan Miranda foram aprovadas com ressalvas


Em sessão desta terça-feira (03), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) considerou regulares, com ressalvas, as contas de gestão do ex-presidente da Câmara de Vereadores de Itagi, no exercício de 2016, Renan Ricardo Miranda Ferreira (PT).

Renan Miranda foi punido com multa de R$1 mil e terá que ressarcir aos cofres municipais a quantia de R$34.167,76, sendo R$31.667,76 oriundo da ausência de comprovação de despesa no adimplemento de obrigações junto ao INSS e R$2.500,00 pelo não encaminhamento de processo de pagamento ao TCM. Da decisão cabem recurso.

(Bahia em Dia)

Gongogi: Prefeitura gastará quase R$ 2 milhões com combustível este ano


A festança de combustíveis na administração municipal de Gongogi está superando o programa do apresentador Silvio Santos. O município firmou um contrato com a empresa GONGOGI DERIVADOS DE PETROLEO LTDA, que fica situado na mesma cidade, no mês de fevereiro deste ano. Mesmo com a frota pequena de veículos, o prefeito Edvaldo dos Santos (PR), o Kaçulo, gastará um valor exorbitante com combustíveis neste primeiro ano de mandato. O contrato publicado no Diário Oficial do Municipio de 15/03/2017, pagará a empresa licitada o valor milionário de R$ 1.669.009,00 (Um milhão seiscentos e sessenta e nove mil e nove reais) e terá vigência até o final do ano de 2017 (Veja o contrato nas páginas de 05 a 08 do Diário Oficial).
Apesar de ter uma população de pouco mais de sete mil habitantes, os gastos com combustíveis pela Prefeitura de Gongogi é maior do que as mesmas despesas de Ubatã, seu município vizinho, que conta com mais de 27.000 habitantes segundo o último censo do IBGE e gastará apenas 1.323.639,24, numa diferença alarmante de trezentos mil reais a menos do que o Governo em boas mãos. O fato já virou “chacota” nas redes sociais e os populares não compreendem o motivo que levou o prefeito Kaçulo contrair essa despesa, uma vez que, segundo o mesmo, a campanha eleitoral não teve nenhum gasto. Caso fosse bem distribuída, a verba beneficiaria a população com mais ações do poder público. “Ele deveria cortar gastos em vez de demitir pais e mães de familias e sacrificar salários de trabalhadores”, desabafa um munícipe no Watsapp.
As averiguações precisam ser feitas para por fim nessas contratações milionárias em que o município vêm bancando com combustíveis, mas infelizmente, o caso dessa farra está embaixo do tapete porque os vereadores dizem “Amém” ao gestor.
(Portal Gongogi)

Ibirataia: Câmara aprova Novo Código Tributário sob vaias e protestos


Por seis votos a quatro (6X4), a Câmara Municipal de Ibirataia aprovou na manhã desta segunda-feira (02) em Sessão Extraordinária o Projeto de Lei de nº 157/2017 de origem do Poder Executivo que trata do Novo Código Tributário do Município. De acordo os vereadores Juca Muniz, Ronaldo Tinôco, Antonio Santos de Jesus (Peruca) e Marquinhos do Cacau, o PL precisava de maior análise por parte do legislativo, assim como, da comunidade por tratar de Projeto de Lei que irá onerar os cofres dos cidadãos, ou seja, necessitava um estudo mais preciso e detalhado da matéria.

              Ronaldo Tinôco, Peruca e Juca Muniz

Juca Muniz disse ainda que o referido Projeto envolve uma série de tributos, a exemplo de IPTU, Taxas da Vigilância Sanitária, Alvarás de Portas Abertas, Taxa de Iluminação Pública, entre outras. Em seus discursos os vereadores que se colocaram contrários à matéria, fizeram questão de argumentar que a comunidade teria de ser convocada e informada dos dados constantes do Projeto em questão. Os edis oposicionistas frisaram que embora seja anunciada uma crise pelo governo, as receitas municipais não caíram, ao contrário, teve alta em comparação ao exercício anterior.

Por sua vez, o vereador Ronaldo Tinôco fez questão de destacar voto contrário à matéria expondo sua convicção de que o diálogo com a comunidade e o acesso total ao teor do novo Código Tributário legitimaria a pretensão do executivo de fazer ajustes. Porém, discursou contrario à aumentos abusivos e avalia como arbitrária a votação apressada do tema, uma vez que nem os vereadores, nem a comunidade teve tempo suficiente para o estudo da nova lei. Por fim, o vereador Peruca lamentou o fato de não ter sido sequer notificado para a sessão, tendo conhecimento da mesma pelas redes sociais, lembrou que este fato nunca foi visto na Câmara de Vereadores, entendendo que o dia de hoje era um dia triste para a população ibirataense que vai sofrer ainda mais com a exacerbada carga tributária, ocasionado mais informalidade e aumento do desemprego.

       Marquinhos do Cacau também votou contra o PL

O Vereador Marcos Vinícius, o “Marquinhos do Cacau”, também votou contra o Projeto de Lei do Código Tributário, justificando assim como os demais edis que votaram contra, que a matéria deveria ser apreciada com o conhecimento da comunidade por se tratar de um projeto que irá mexer com as finanças das famílias num momento de crise que o município, estado e país atravessa.

Logo após a votação e aprovação da matéria, o público presente se indignou protestando debaixo de gritaria e vaias aos vereadores que aprovaram a matéria. Foi um clima bastante tenso e revoltante. Com o pretexto de aliviar o clima do plenário, foi proposto a queima roupa de forma verbal, uma emenda que isentou do IPTU aos beneficiários do Programa Bolsa Família. Votaram a favor do Projeto: Charles Mosquito (PMDB), Ravi Machado (PP), Manoel da Ambulância (PTN), Chafick Luedy (DEM), Bira da Topik (PCdoB) e Toi de Berenga (DEM). A matéria segue para sanção ou veto da prefeita Ana Cléia Leal.

(Tesouras Notícias)

Ibirataia: Deputado Sandro Régis protesta contra abusos na fiscalização da Agerba


Para protestar contra os abusos cometidos pela Agerba no município de Ibirataia, com a apreensão de veículos e aplicação de multas referentes ao transporte alternativo de passageiros, o deputado Sandro Régis, se pronunciou contrário a empresa. O parlamentar lembrou que, no início do governo Wagner, uma das missões da Agerba foi discutir com todos os segmentos de transportes um “modus vivendis” que permitisse um convívio salutar entre os setores envolvidos, em benefício de toda a população.

“De repente, todo esse trabalho foi simplesmente desprezado, não se sabendo os motivos. A situação atual decorrente desse fato é de verdadeiro terrorismo contra os profissionais que tentam sobreviver com dignidade. A fiscalização que deve existir, vem agindo sem critérios, de forma arbitrária e contrariando as regras do bom senso, gerando revolta no seio dos profissionais e dos beneficiários do transporte alternativo”, lamentou Sandro Régis.

O deputado concederá entrevista exclusiva ao repórter Mateus Oliver na próxima segunda feira (02), às 8:00 horas da manhã, para falar sobre o assunto. O deputado tem sido bastante atuante no município de Ibirataia e se sente revoltado em saber que os motoristas do transporte alternativo (topiqueiros) estão sendo perseguidos com tal frequência. “Há quem diga que eu não faço nada por Ibirataia mais isso não me atinge, quero dizer aos topiqueiros e população de Ibirataia que vou pra cima dessa empresa afim de resolver este problema. Não admito tal perseguição a essa classe de trabalhadores por conta de político que regula ou que seja dono de empresa e acha que só ele tem que trabalhar, Ibirataia pode ser uma cidade pequena e de poucos lucros, composta por pessoas humildes mais tem uma voz ativa na Assembléia Legislativa”, enfatizou o Régis.

(Ipiaú on Line / Mateus Oliver)

Ibirataia: Vereadores auxiliam diálogo entre AGERBA e profissionais do transporte alternativo


Há mais de uma década, profissionais que atuam no ramo do transporte alternativo na BA-650, trecho que liga Ibirataia a Ipiaú, lutam para fazer a movimentação de passageiros livres das abordagens, perseguições, multas e apreensões dos veículos pela AGERBA.

Na manhã desta quinta-feira (28), um grupo de parlamentares ibirataenses, composto por Toi de Berenga, Ronaldo Tinôco e Chafick Luedy, buscou intermediar o debate entre a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (AGERBA), visando um entendimento entre o órgão estadual e os representantes da Associação dos Kombeiros de Ibirataia (ASKOI). Segundo Toi de Berenga, “a presença da AGERBA na estrada aplicando multas e autuando os motoristas e a morosidade no processo de legalização do transporte alternativo na Bahia, tem provocado uma forte indignação dos trabalhadores da categoria, e nesse processo desumano quem sai ganhando são as grandes empresas de ônibus que comandam as linhas de transporte da região, prejudicando os trabalhadores que dependem do transporte alternativo para sustentarem as suas famílias”, salientou o vereador.

Ainda de acordo com Toi de Berenga, “é necessário que representantes dos poderes Legislativo e Executivo promovam uma reunião com os representantes da Associação dos Kombeiros para que se viabilize uma saída no tocante ao transporte alternativo do município. Se possível que seja constituída uma comissão com representantes dos respectivos segmentos para a realização de uma audiência com o Diretor Geral da AGERBA em Salvador, pois só dessa forma o problema poderá ser resolvido”, enfatizou o Edil.

(Ibirataia Online)

Ipiaú: Em Votação Apertada, Câmara Aprova Contas de 2015 do ex-prefeito Deraldino


Em votação apertada a Câmara de Vereadores de Ipiaú aprovou na noite desta quinta-feira (28), as contas do ex-prefeito, Deraldino Araújo (PMDB), referentes ao exercício de 2015, por sete votos a seis. A decisão decorreu de voto de desempate do presidente da Casa, o vereador José Carlos Bispo dos Santos (PMDB), o popular Carlinhos.

Além de Carlinhos, votaram pela aprovação da prestação de contas de Deraldino de 2015 os vereadores Andreia (PMDB), Emerson Fit (PMDB), Jean (PTdoB), Lucas do Social (PMDB), Robson Moreira (DEM) e Simone Coutinho (PMDB). Os vereadores que votaram a favor da rejeição das contas foram Cláudio Nascimento (PSD), Jô da AABB (PP), Lucas de Vavá (PSD), Pery de Margareth (PP), San de Paulista (sem partido) e Orlando (PT).

(Bahia em Dia)

Ibirataia: Inconformados, topiqueiros protestam contra “perseguição” da Agerba


Inconformados com as perseguições por parte da AGERBA, motoristas do transporte alternativo de Ibirataia, mais conhecidos como topiqueiros, decidiram na manhã desta quinta-feira (28) esvaziaram os pneus de dois ônibus da empresa viação Cidade Sol. No momento do manifesto o trânsito não foi afetado.

A categoria que faz transporte de lotação de passageiros se diz perseguida pelo órgão e atribuem a perseguição ao fato do deputado federal Ronaldo Carletto, proprietário da empresa de ônibus Viação Cidade Sol, ter influência no governo e articular as intensas fiscalizações. De acordo com os topiqueiros, os agentes do órgão não toleram, de maneira alguma, este tipo de transporte. Relataram, ainda, que as abordagens são feitas de maneira ríspida, enquanto, as empresas de ônibus não são fiscalizadas.

Logo depois do manifesto, os topiqueiros decidiram procurar a prefeita de Ibirataia, Ana Cléia, para solicitar o apoio da mesma, no sentido de intervir pacificamente junto ao órgão. Segundo os topiqueiros, após encontrarem a prefeita em um posto de combustível da cidade, os mesmos solicitaram o apoio da gestora, a fim de encontrar meios legais, para que o transporte alternativo continue servindo a população ibirataense. Por sua vez, a prefeita negou apoio e disse não ter nada a ver. Após ter o apoio negado, os topiqueiros insistiram em tentar convencê-la, porém, ela se achou ameaçada e acabou solicitando a presença da policia.

“Não somos vândalos, somos pais de família. Ela que se achou ameaçada por nossa insistência e acabou solicitando a presença da policia. Também não chutamos o carro dela como informou um blog”, disse um topiqueiro referindo uma postagem publicada em um blog da região.

Os topiqueiros ainda relataram que no ultimo protesto realizado no dia 03 de dezembro de 2015, o ex-prefeito Marcos Aurélio, juntamente com o ex-presidente da Câmara de Vereadores do município, Caio Pina, estiveram no local do protesto e garantiram total apoio a categoria, inclusive, na época, levou alguns dos representantes da categoria até a AGERBA em Salvador, para tratar do assunto.

“A prefeitura tem que entender que atualmente são cerca de 40 pais de família que retiram sua renda do trabalho como motorista. Também ajudamos na renda do município, se os topiqueiros pararem, o município para também”, disse um outro topiqueiro.

(Bahia em Dia)

Após vários roubos em Wenceslau Guimarães, três morrem e dois são presos em troca de tiros com a PM em Gandu


Na noite desta quarta-feira (27), cinco elementos cometeram diversos roubos em Wenceslau Guimarães, entre eles um roubo em uma Pizzaria no centro da cidade. Em seguida os criminosos fugiram em veículo em direção a BR-101 sentido Gandu, a Policia Militar foi acionada e deu inicio as diligências.

Com apoio de uma guarnição de Gandu, os militares do 2º Pelotão conseguiram alcançar os elementos a bordo de um veículo VW Polo nas imediações do bairro Eliseu Leal, os bandidos atiraram contra a guarnição que imediatamente revidou e acabou baleando três, dos cinco suspeitos. Os criminosos foram socorridos pela Guarnição para o Hospital Municipal João Batista de Assis, mas não resistiram aos ferimentos e morreram. Os outros dois identificados como Antônio Almeida dos Santos, de 30 anos, e Gilneam Bonfim dos Santos, de 18 anos, foram conduzidos a Delegacia de Polícia onde foi realizado o flagrante. Os elementos respondem por outros delitos nas cidades de Itamarí e Jaguaquara. Com o grupo foi apreendidos 02 revolveres, munição, 03 celulares, um veículo VW POLO com licença de Jaguaquara-BA e dinheiro fruto dos roubos.

(60ª CIPM/Gandu)

Ipiaú: Contas do ex-prefeito Deraldino Araújo serão votadas hoje na Câmara


As contas do ex-prefeito Deraldino Araújo (PMDB), referentes ao exercício 2015, serão votadas pela Câmara Municipal na noite desta quinta-feira (28). A data foi definida na manhã do ultimo dia 19 em uma reunião com a presença de todos os vereadores, dirigida pelo presidente da Casa, José Carlos Bispo dos Santos, o popular Carlinhos (PP). Será uma sessão de pauta única em que o Plenário apreciará o “Parecer Prévio” do Tribunal de Contas dos Municípios – TCM , que opinou pela aprovação, “com ressalvas”, das referidas contas. O Parecer do TCM teve como relator o conselheiro Plínio Carneiro Filho que nas ressalvas pontuou algumas falhas na prestação de contas do ex- gestor imputando a este o pagamento de multas. A matéria já tramitou nas comissões de Justiça e de Finanças da Câmara, recebendo de ambas “parecer favorável”.

(José Américo Castro/ASCOM-Câmara Municipal)

Ibirataia: Vereadores aprovam projeto que reduz salário de servidores da Prefeitura


O plenário da Câmara de Vereadores aprovou na manhã desta quarta-feira (27), em sessão extraordinária, o Projeto de Lei do Poder Executivo  sobre a reforma administrativa, que visa reorganizar a estrutura administrativa da Prefeitura de Ibirataia. A proposta enviada pela Prefeita Ana Cléia (PSD), prevê a redução dos salários dos servidores, suspensão das gratificações e suspender temporariamente a realização de horas extras.

Alegando queda nas receitas e desajustes no índice na folha de pagamento, que atualmente estaria em 61,22%, quando a Lei de Responsabilidade Fiscal determina que esteja em no máximo 54%, a Prefeita Ana Cléia justificou que as medidas será necessária, para evitar demissões de contratados e um déficit nas contas públicas municipais.

A pauta, é claro, gerou polêmica e foi muito criticada pelos vereadores da oposição. Para eles, a redução salarial é desnecessária e irá prejudicar os funcionários comissionados. Além disso, os edis afirmam que os cortes não alcançam o bolso da prefeita, da vice e nem do primeiro escalão do governo.

Dos 11 vereadores, 7 votaram a favor e 4 contra, sem abstenções. Os favoráveis foram Toi de Berenga (DEM), Charles Mosquito (PMDB), Chafick (DEM), Bira da Topic (PCdoB), Ravi Machado (PP), Marco Pina (PT) e Manoel da Ambulância (PTN). Os contrários foram Peruca (PSD), Juca Muniz (PP), Ronaldo Tinôco (PSL) e Marquinhos do Cacau (PCdoB).

(Bahia em Dia)