Ibirataia: Moradores denunciam a ausência constante da Prefeita no município


A prefeita de Ibirataia, Ana Cléia (PSD), parece que pouco se importa com o município. A gestora, que fez campanha nas eleições passadas prometendo transformar a cidade, já desistiu até da reeleição.

A redação do Bahia em Dia constantemente recebe denúncias contra a administração da prefeita, que segundo informações, por várias vezes desaparece da cidade e fica muito tempo sem aparecer. Há quem diga que faz duas semanas que ela não entra na prefeitura e vai até seu gabinete atender ou despachar. Informações colhidas por nossa redação dão conta que ela estava em Salvador e que retornaria nesta terça-feira (24). Ainda segundo informações, sempre que a prefeita está ausente quem assume a Prefeitura é o seu esposo e secretário de Governo Valdo Silva.Diante do fato, o curioso é que recentemente, no dia 06 de junho, a página do Facebook da Prefeitura publicou uma matéria relatando que, naquele mesmo dia, a prefeita teria sido surpreendida por sua equipe de governo ao encontrar seu gabinete decorado em homenagem à seu aniversário, que é comemorado no dia 10 de maio. Portanto, essa postagem deixou bem claro que a prefeita ficou aproximadamente um mês sem ir à seu gabinete, já que a surpresa só foi realizada 27 dias após seu aniversário.

(Bahia em Dia)

PF deflagra operação em combate ao desvio recursos públicos na Bahia


A polícia Federal de Vitória da Conquista e a Controladoria Geral da União realiza a Operação Ciranda de Pedra em oito cidades da Bahia. A ação investiga desvios de recursos públicos destinados a área da infraestrutura na cidade de Maiquinique, sudoeste do estado, nos anos de 2012 a 2017. Policiais Federais cumprem 20 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de intimação nos municípios de Maiquinique, Macarani, Itapetinga, Itamaraju, Teixeira de Freitas, Jequié, Mirante e Vitória da Conquista.

A operação é resultado de uma investigação iniciada em 2017,sobre as obras inacabadas na pavimentação que deveriam ter sido executadas nas ruas do município de Maiquinique. Para as obras, foram feitos seis procedimentos licitatórios celebrados na gestão local no quadriênio 2013-2016, em convênio com o Ministério das Cidades.

A organização criminosa obteve contratos da ordem de R$ 3.428.183,03, dos quais R$ 1.587.619,76 está estimado como o valor do desvio com ordem de bloqueio judicial. Além dos serviços não executados ou parcialmente executados, a investigação descobriu que um grupo de quatro empresas fazia revezamento nas licitações e parte dos recursos era destinada a pagamentos de parentes e pessoas ligadas à Administração Municipal. Algumas das empresas vencedoras de licitações recorrentes serviam apenas de “fachada” e eram compostas por sócios “ laranjas”. Os envolvidos responderão pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, desvio de recursos públicos e fraude à licitação.

Ipiaú: TCM multa ex-prefeito Deraldino após acatar denúncia de Margarete e Jô da AABB


O Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta quinta-feira (19/07), julgou procedente a denúncia formulada pela ex-vereadora Margarete Chaves dos Santos Oliveira e pelo vereador Josenaldo de Jesus, do município de Ipiaú, contra o ex-prefeito Deraldino Alves de Araújo por irregularidades na contratação de empresa para aquisição de gêneros alimentícios – no valor total de R$9.895.925,83, no exercício de 2016. O relator, conselheiro José Alfredo Rocha Dias, multou o gestor em R$8 mil.

Segundo a relatoria, não foram apresentados os três orçamentos – exigidos por lei – com empresas do ramo, nem a pesquisa preliminar de preços, que deveriam servir de suporte para a definição do preço de referência. Também não foram encaminhados a planilha estimada com preço médio por item, o parecer jurídico devidamente fundamentado, as solicitações emitidas pelas respectivas secretarias municipais, o cardápio e a ata de reunião do Conselho de Alimentação e o registro de nutricionista junto ao FNDE.

Considerando os elevados valores envolvidos no pregão presencial, originalmente previsto para R$9.895.925,83, o relator do processo, por sugestão do Ministério Público de Contas, determinou que a área técnica apure se houve superfaturamento no contrato celebrado, através de termo de ocorrência. Cabe recurso da decisão.

Dário Meira: TCM pune ex-prefeito Caetano


Na sessão desta quarta-feira (18/07), o Tribunal de Contas dos Municípios julgou procedente o termo de ocorrência lavrado contra o ex-prefeito do município de Dário Meira, João Caetano Sampaio Santana, em razão da omissão do gestor em promover a cobrança de multa imputada ao agente político, no exercício de 2013. Desta forma, o relator, conselheiro Raimundo Moreira determinou ressarcimento aos cofres municipais, com recursos pessoais, de R$2.782,11.

A relatoria concluiu que o gestor descumpriu a determinação do TCM ao não promover a cobrança de multa imposta ao agente político – Paulo Johnson Amaral Viana -, o que acarretou prejuízo ao erário de Dário Meira, já que o fato caracteriza renúncia indevida de receita. O gestor deixou transcorrer o prazo legal sem adotar quaisquer providências para o seu pagamento. Cabe recurso da decisão.

Ipiaú: MP investiga licitação para compra de peixes na gestão do ex-prefeito Deraldino


O Ministério Público do estado da Bahia abriu um inquérito civil para investigar supostas irregularidades no procedimento licitatório Carta Convite nº 001/2016, realizado pelo município de Ipiaú, no valor de R$ 78.960,00 para a compra de peixes.

A licitação fazia parte das comemorações da Semana Santa no município, onde a prefeitura, por meio da Secretaria de Ação Social e Desporto, promoveu o programa Peixe na Mesa com a distribuição de 9.400 quilos de peixes para pessoas que não tinham condição de adquirirem o pescado.

De acordo com a portaria publicada no Diário da Justiça desta quarta-feira (18), o inquérito vai investigar o ex-prefeito Deraldino Alves de Araújo (PMDB), Ualisson Gomes de Menezes, Ariana Pires Teixeira, Valdomiro José Rodrigues Neto, Valdinelia Borges Pimental e os representantes da Distribuidora Colonial LTDA-EPP, vencedora da licitação.

(Bocão News)

Jequié: Desleixo com a BA-547, próximo a Florestal, pode acabar em tragédia


O desleixo do governo com a BA-547 tem deixado a comunidade regional, principalmente os usuários dessa estrada, muito preocupados. A situação é mais crítica nas proximidades do distrito de Florestal, no município de Jequié, em razão do deslizamento de terra que toma de quase totalidade das duas pistas, podendo colocar vidas em risco. O problema, embora grave, se arrasta faz uns dez anos e o máximo que é feito pelo governo é a retira de parte do excesso.

As críticas ganharam novos adeptos nesta terça-feira (17) a partir da publicação de uma imagem que mostra o tamanho real do problema, pois o deslizamento não se resume ao morro próximo a pista. “O governo precisa agir, com urgência, para evitar uma possível tragédia”, disse um produtor rural.

Além do deslizamento, a buraqueira se alastra ao longo de vários trechos da BA que liga Jequié (BR-116) á Gandu (BR-101), passando por Florestal, Apuarema e Itamari. Outra agravante é a deficiência na sinalização.

(Jequié e Região)

Gongogi: Alunos reclamam de carteiras quebradas e da qualidade da merenda


Várias carteiras e cadeiras quebradas, sem apoio para escrever, com pregos à mostra, alunos fazendo atividades com cadernos e livros no colo. O cenário nas salas de aula é desolador. Ventiladores que não funcionam, quadros em situação precária, teto com goteiras e paredes sujas. O descaso com a educação tem endereço: a Escola Municipal Roque Rocha Monteiro, localizada em Gongogi, pequeno município sul baiano. É essa a realidade enfrentada, todo dia, pelos cerca de 400 estudantes do local.

Os alunos também têm reclamado com frequência da qualidade da merenda escolar: “Quase todo dia é suco com bolacha”, reclama um estudante. A situação tem sido motivo de críticas nas redes sociais, onde já circulam fotos do cenário da Instituição: “É um cenário de caos, um absurdo o que temos visto na Escola Roque Monteiro”, reclamou uma mãe de aluno. Por ora, segue o caos.

(Ubatã Notícias)

Ibirataia: Prefeitura inicia reforma de quadra e deixa abandonada há quase quatro meses


O município de Ibirataia parece ter perdido mesmo o controle da administração em menos de dois anos de governo. Moradores e principalmente a juventude que pratica esportes estão indignados com a reforma da quadra de esportes, localizada no centro da cidade (em frente a Rodoviária), que teve seus serviços iniciados há quase quatro meses e até agora a referida obra se encontra paralisada em total abandono.De acordo com moradores, a quadra que foi construída pelo saudoso prefeito Abnael Abdon Fair (Bia), mesmo com alguns problemas, a comunidade vinha fazendo a prática de esportes na localidade. “É muito triste ver nossa cidade quase dois anos de governo e não ver uma obra feita por essa administração”, disse um morador.
Lembrando que são vários os problemas existentes no município, tanto na parte da infraestrutura, quanto na saúde, educação e na área social que estão merecendo de uma melhor atenção por parte do poder público.

Ibirataia: Cansados de esperar solução, moradores do Ponto Chic 2 realizam obra por conta própria


Indignados com o descaso da Prefeitura, moradores do bairro Ponto Chic 2, em Ibirataia, resolveram por conta própria solucionar o problema de esgotamento sanitário, há muito tempo cobrado pela comunidade.

Recentemente, os moradores tomaram a iniciativa de comprar as manilhas e contratar os serviços de uma retroescavadeira e, no dia 1º de julho – domingo, formaram um mutirão e realizaram a obra de esgotamento sanitário, que no município é de responsabilidade da Prefeitura.Alguns moradores contaram a nossa reportagem que resolveram tomar essa atitude após a obra ser solicitada por várias vezes à atual gestão e nunca ser atendida. “Nós pagamos com o nosso dinheiro, mas não deveríamos. Nós já pagamos imposto para isso, mas cansamos de tanto esperar”, comentou um morador que acrescentou, “estamos aqui na própria sorte e pelo motivo de não ver uma solução por parte da prefeitura, resolvemos nos unir e fazer o mutirão”.

(Bahia em Dia)

Ipiaú: Secrataria de Saúde realiza ações de diagnósticos e prevenção às hepatites virais


Em Ipiaú, o mês de julho será dedicado à prevenção das hepatites. A Secretaria Municipal de Saúde, com apoio da Prefeitura, está promovendo uma série de ações voltadas para a prevenção e diagnóstico da doença durante a campanha Julho Amarelo. As atividades iniciaram no dia 01/07 e seguem até o dia 30/07.

Em parceria com o Grupo Nova Vida, estão sendo disponibilizados testes rápidos para Hepatites B e C, Sífilis e HIV, além do oferecimento gratuito de vacinas, preservativos e palestras nas Unidades de Saúde, das 8 às 16h.

No país, milhões de pessoas são portadoras do vírus de tipo B e C e não sabem, por isso a extrema importância da testagem e conscientização sobre o tema. Tanto a Hepatite B quanto a C podem ser transmitidas de diversas maneiras, inclusive através de relações sexuais sem proteção e compartilhamento de utensílios como agulhas.

O objetivo da campanha é ofertar ações educativas e preventivas com ênfase na prevenção das hepatites, principalmente no campo da saúde pública. A campanha é voltada para a população em geral e são prioridades aqueles que fizeram cirurgias, transplantes ou receberam transfusão de sangue antes de 1994, além dos que têm tatuagens e piercings.

A Secretária de Saúde Meirinha Silva, destaca a relevância da campanha, que é realizada nacionalmente: “Nosso objetivo é despertar na comunidade a importância da prevenção para as hepatites, já que existem vários tipos, algumas inclusive mais graves”, frisou.