Ipiaú: Consultório Oftalmológico irregular é fechado pela Polícia Civil


Na manhã desta última sexta-feira (15), um consultório que funcionava em frente à agência do INSS foi fechado pela Polícia Civil. Segundo denúncias, o estabelecimento funcionava de maneira inadequada, com irregularidades no quadro de profissionais que trabalhavam sem autorização para o exercício da função.

Após apuração no local, foi constatado pela Polícia que a confecção e comercialização de lentes de grau não tinham prescrição de um profissional da área. A proprietária do estabelecimento Carla Santos Silva e Cleiton do Nascimento Oliveira foram conduzidos para prestar depoimento.Segundo o delegado Rodrigo Fernando, “Cleiton se apresentou como optometrista, todavia, existe decisão judicial afirmando que a prática de optometria não é uma profissão e que essa prática é admitida com restrição expressa, ou seja, aos optometristas são vedados a instalação de consultório e, por consequência, a realização de consultas”. O mesmo será indiciado por exercer a profissão de médico sem autorização legal. O casal responderá ao crime em liberdade.

(Ipiaú Online)

PF deflagra operação para combater desvios de recursos do SUS e Fundeb no sul da Bahia


O desvio de R$ 3,2 milhões em verbas do Sistema Único de Saúde (SUS) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) é alvo da operação “Juramento de Hipócrates” deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quarta-feira (30), no sul da Bahia.

O dinheiro foi repassado para o município de Itapebi, mas a PF também suspeita que outras cidades baianas foram alvo do esquema com contratos irregulares no valor de R$ 14 milhões. O esquema funcionava por meio da constituição de empresas fictícias, que eram usadas para fraudar licitações com os governos municipais. Os contratos previam a aquisição de medicamentos, insumos hospitalares, merenda escolar e livros didáticos.

São cumpridos 21 mandados de busca nas cidades baianas de Floresta Azul, Itabuna, Ilhéus, Itapebi, Itororó, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Uruçuca e Vitória da Conquista. Empresários, advogados, médico e políticos são alvos da ação. Eles vão responder pelos crimes de fraude à licitação e organização criminosa. A operação foi batizada com o nome “Juramento de Hipócrates” porque um dos líderes do esquema é um médico, que teria quebrado o juramento de exercer a profissão com honra.

 (A Tarde)

Apuarema: Secretaria de Saúde confirma morte por H1N1 no município


A Secretaria Municipal de Saúde de Apuarema, por meio da Coordenação de Vigilância Epidemiológica, confirmou nesta quinta-feira (24), um caso de morte por H1N1 no município. A identificação da vítima do vírus não foi divulgada.

Segundo a Secretaria, este ano 1641 pessoas apresentam condições de risco no município, sendo que até o momento, apenas 988 foram vacinados, representando 60,21% da população alvo da campanha. A secretaria ressaltou ainda que todas as ações necessárias para tratamento e também imunização da população vem sendo tomadas e, que a população precisa se precaver.

(Bahia em Dia)

Operação cumpre mandados de busca contra grupo suspeito de fazer cirurgias ‘fictícias’ e desviar verbas do SUS na Bahia


A Operação “Agentes Nocivos”, deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (26), cumpre dois mandados de busca na sede da Secretaria Municipal de Saúde e no Hospital Municipal da cidade de Guaratinga, região sul do estado.

A ação investiga um grupo suspeito de fazer cirurgias e outros procedimentos médicos “fictícios” na unidade de saúde. Segundo a investigação da PF, os procedimentos médicos não foram realizados de fato, mas foram pagos com recursos do SUS. Conforme as investigações da PF, as verbas foram repassadas para o custeio da saúde na prefeitura de Guaratinga e desviados ilicitamente em benefício dos investigados, que não tiveram os nomes divulgados. A quantia em dinheiro supostamente desviada pelo grupo não foi divulgada pela polícia.

Os investigados na operação responderão pelos crimes de organização criminosa e peculato. O nome da operação é uma alusão aos agentes públicos nocivos que causam danos à saúde da população.

(G1)

Moradora de Itamari aparece no quadro “O Brasil que eu quero” exibido pela Rede Globo


No último sábado (24), a moradora de Itamari, Tainan Amarante, participou do quadro “O Brasil que eu quero” apresentado no Jornal Nacional, da rede Globo de televisão.
No vídeo, Tainan diz, “O Brasil que eu quero para o futuro é um Brasil onde hospitais como esse, logo aqui atrás de mim, não venha ser fechado por falta de investimentos e incompetência das administrações”

Parabéns Tai (Tainan Amarante), não se calou diante do retrocesso que vivemos com essa gestão !!

Posted by Dino Lisboa on Sunday, March 25, 2018

É notório que em sua fala ela deixa seu recado a atual gestão do município que, recentemente, decidiu fechar o Hospital São Lucas e transformá-lo em uma Unidade de Pronto Atendimento – UPA.
(Bahia em Dia)

Operação da PF investiga fraudes em programa do Combate ao Glaucoma no interior da Bahia


A “Operação Lanzarote”, deflagrada na manhã desta terça-feira (27) pela Polícia Federal, cumpre cinco mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva, em combate a fraudes relacionadas com a gestão do Projeto Glaucoma em diversos municípios da microrregião de Guanambi, no sudoeste baiano.

O alvo do mandado de prisão é o sócio-administrador do Instituto Oftalmológico da Bahia (Ioba), clínica responsável pela implementação do Projeto Glaucoma em Guanambi. Todos os seis mandados são cumpridos nas cidades de Guanambi e Brumado, no sudoeste baiano, e em Aracaju e Itabaiana, em Sergipe. A PF não detalhou os endereços onde são cumpridos os mandados de busca na Bahia.

Segundo a Polícia Federal, o projeto fez diversos atendimentos em regime de mutirão e foi verificada a ocorrência de inúmeros casos de falsos diagnósticos de glaucoma, inclusive com a prescrição e utilização de colírios por pacientes, sem necessidade, por períodos de até dois anos. A investigação também aponta que eram aplicados colírios mais caros em pacientes, já que a clínica recebia recursos para pagar a medicação.

O Projeto Glaucoma é um programa instituído pelo governo federal, que consiste no cadastro e contratação de instituições de saúde para o tratamento oftalmológico de pacientes com glaucoma, com atendimento clínico e o fornecimento contínuo de medicação, por meio colírios. O projeto é financiado pelo Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (Faec), do Ministério da Saúde.

De acordo com o Ministério da Saúde, no período de 2013 até maio de 2017, o Ioba recebeu a quantia total de R$ 9.418.632,99, relativamente a atendimentos a pacientes em 31 municípios baianos, a maioria da microrregião de Guanambi. Os envolvidos nas fraudes investigadas serão indiciados pela prática dos crimes previstos nos arts. 129, 278 e 312 do Código Penal. O nome da operação é uma referência à ilha onde viveu o autor do livro “Ensaio sobre a Cegueira”, o escritor português José Saramago, tendo em vista que o glaucoma é a terceira maior causa de cegueira no Brasil.

(G1)

Ibirataia: Vereador Bira da Topic prestigia reinauguração da sede da Merenda Escolar


O vereador Bira da Topic participou na manhã desta segunda-feira (05), da reinauguração da sede da Merenda Escolar, localizada na Avenida Getúlio Vargas, próximo ao Clube Social.Durante a reinauguração do prédio, o vereador Bira juntamente com a prefeita Ana Cléia, com a secretária de Educação Rubenia Galvão, e com as demais autoridades locais fizeram uma visita em todos os compartimentos do espaço. Para Bira, agora, o espaço conta com uma estrutura totalmente reformada e adequada ao armazenamento da merenda escolar da rede municipal de ensino. “Hoje este espaço está transformado. A reforma era essencial para proporcionar garantia da qualidade aos produtos e também a saúde dos nossos alunos”, disse o parlamentar.

Ainda de acordo com o Bira, a atual gestão tem se mostrado comprometido com a qualidade de ensino e dos produtos que integram a alimentação dos alunos do município. “Quero enfatizar o empenho e esforço da prefeita Ana Cléia e da secretária Rubenia para que a rede municipal de educação tivesse uma merenda de qualidade desde do primeiro ano do seu mandato”, finalizou o edil.

(Bahia em Dia)

Ibirataia: Vereador consegue R$ 500 mil para saúde através de emenda do Dep. José Nunes


A partir de emenda parlamentar do deputado federal José Nunes Soares (PSD), Ibirataia vai receber, nos próximos meses, R$ 500 mil em investimentos destinados a melhorias na saúde do município. Os recursos foram destinados via Ministério da Saúde através de uma solicitação do vereador Ravi Machado ao deputado José Nunes.

“A prefeitura sozinha não consegue arcar com todas as demandas. Nós, vereadores, estamos nas ruas, ouvimos a população e pude em conversa com a prefeita Ana perceber em que poderia ajudar. Me comprometi em pedir esse recurso ao deputado. Agora, fico feliz em ver os investimentos chegando e fortalecendo a saúde no município”, salientou o vereador Ravi.

A prefeita do município, Ana Cleia, agradeceu ao deputado José Nunes e ao vereador Ravi Machado pela viabilização da emenda, pontuando que planejar, captar recursos e organizar investimentos para a saúde é sua prioridade.

“Ficamos gratos por ter recebido esse apoio do vereador Ravi e do deputado José Nunes na captação desse recurso junto ao Ministério da Saúde”, disse Ana Cleia que acrescentou, “é uma vitória para Ibirataia receber a notícia que virão recursos para a saúde, mesmo em tempos de crise, possibilitando avanços e melhorias aos nossos pacientes. Isso tudo graças ao comprometimento e a união da classe política para atender as demandas da população”.

Por sua vez, o deputado frisou, “Ibirataia tem essa demanda e vi a oportunidade de poder colaborar com o município, buscando e insistindo no ministério, pois bem lembrou a prefeita, estamos em tempos de crises. Fico feliz em poder ajudar Ibirataia e todo o seu povo”.

(Bahia em Dia)

Wenceslau Guimarães: Sesab confirma segunda morte por malária no município; vítima foi homem de 33 anos


A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) confirmou a segunda morte por malária na Bahia esse ano. A vítima foi um homem de 33 anos, cuja morte já estava sob investigação. A informação foi divulgada pelo órgão no início da noite desta quarta-feira (24).

Anteriormente, a Sesab havia informado que o homem, que era morador da cidade de Wenceslau Guimarães, tinha morrido em decorrência de malária, mas depois voltou atrás e disse que o caso ainda estava “sob investigação”, já que o corpo do paciente não passou por análise laboratorial.

Agora, o órgão de saúde destacou que, mesmo sem a realização do exame no corpo da vítima, que já havia sido enterrado, o diagnóstico de que a causa da morte foi malária foi fechado com o critério clínico e também levando em consideração o surto da doença que é enfrentado pelo município. O número de casos confirmados de malária na Bahia subiu para 22 e todos foram registrados em Wenceslau Guimarães. Uma mulher que também era moradora do município morreu em decorrência da doença, na segunda-feira (22). A vítima foi Luciene Souza dos Santos, de 31 anos, que estava internada na cidade de Ilhéus.

Na cidade, mais de 300 moradores já fizeram teste para saber se têm a malária após apresentarem sintomas suspeitos. Um laboratório foi montado no hospital da cidade para fazer testes, cujos resultados são colhidos na hora.

“Já realizamos amostra de 304 pessoas. Examinamos essas pessoas, colhemos material e encaminhamos para ao laboratório. graças a Deus, dessas 304 pessoas, nenhum caso mais foi confirmado “, disse o prefeito de Wenceslau Guimarães, Carlos Alberto, popular Kaká.

(G1)

Wenceslau Guimarães: Município tem surto de malária com uma morte e 7 casos confirmados


A cidade de Wenceslau Guimarães vive um surto de malária, com uma morte registrada e sete pessoas sendo tratadas com quadro confirmado da doença, segundo informações da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). De acordo com o órgão, a morte foi de um homem de 33 anos, ocorrida no dia 16 de janeiro.

A secretaria informou que as unidades de Vigilância Epidemiológica do Estado e do Município já foram acionadas. Ainda não é possível apontar se os pacientes foram contaminados na cidade ou se alguém contraiu a doença durante viagem. A Secretaria de Saúde ressaltou que classifica o cenário como “surto localizado” em Wenceslau Guimarães, sem haver registros da situação no restante do estado.

A malária é uma doença infecciosa causada pelo parasita Plasmodium. É transmitida pela picada do mosquito de gênero Anopheles ou por contato pelo sangue, como o compartilhamento de seringas. Os sintomas incluem mal-estar, calafrios, seguido de suor intenso e prostração. No caso do plasmodium do tipo falciparum, pode ocorrer uma grave anemia, potencialmente fatal.

(G1)