Ibirataia: Vereador Juca Muniz consegue R$ 300 mil de emenda do deputado Lázaro para saúde


O vereador Juca Muniz conseguiu junto ao Deputado Federal Irmão Lázaro, mais uma Emenda Parlamentar para custeio da saúde básica do município de Ibirataia, no valor de R$ 300,00 (Trezentos mil reais), para aquisição de aparelhos de ultrassom, ECG, Endoscopia e outros. De acordo com o Oficio n° 134/DEP.IL/2018 o Deputado Irmão Lazaro informa que a emenda n° 34870010 será viabilizada através do Ministério da Saúde.
“É grande a satisfação de conseguir esse importante recurso para município, haja vista que a saúde é uma prioridade para população”, comentou o vereador que finalizou dizendo, “que espera que a prefeita viabilize todos meios necessários para não perder esse importante convenio”.

Governo quer mudar Revalida; alteração beneficiária cubanos interessados em ficar


O governo vai mudar o Revalida, a prova feita para certificação de diplomas de Medicina obtidos no Exterior. O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, afirmou que as primeiras discussões para a mudança do sistema deverão ser realizadas ainda esta semana com o Ministério da Educação. A ideia é que alterações sejam definidas rapidamente. Uma das propostas em análise é descentralizar o exame, hoje preparado de forma exclusiva pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas de Educação Anísio Teixeira (Inep). Com a mudança, a prova poderia ser aplicada pelas 54 Universidades Federais que apresentam hospitais universitários.

O formato em discussão pelo governo resgata o sistema que havia antes do Revalida. Até 2010, as provas eram realizadas por universidades federais interessadas. Elas ficavam responsáveis por analisar o currículo do médico formato no Exterior, a preparar o exame e fixavam o valor da taxa cobrada para realização da prova. O modelo era considerado pouco uniforme, com provas com graus de dificuldades distintas e, sobretudo, com valores de inscrição muito diferentes. Na época, as taxas variavam de R$ 100 a R$ 5 mil. Com a mudança proposta pelo governo, a periodicidade da prova também seria menor, o que poderia dar mais agilidade ao processo. Uma das maiores queixas de médicos formados no Exterior interessados em trabalhar no País é a demora para a realização da prova. (mais…)

Governo publica edital com 8,5 mil vagas para o Mais Médicos


Foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (20) o novo edital para o programa Mais Médicos. São ofertadas 8.517 vagas em 2.824 municípios e 34 distritos indígenas, maior parte delas ocupadas atualmente por médicos cubanos que atuavam no país por meio de cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Na Bahia, são 834 vagas em 313 municípios.

Serão selecionados médicos brasileiros e estrangeiros que tenham registro no Conselho Regional de Medicina (CRM). Caso as vagas disponíveis não sejam preenchidas, elas serão oferecidas – em novo edital, a ser lançado na semana que vem – a profissionais brasileiros e estrangeiros que não possuem registro no CRM e nem foram aprovados no Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Ensino Superior Estrangeira (Revalida).

Conforme a publicação, as inscrições no programa poderão ser feitas a partir de quarta-feira (21), no site maismedicos.gov.br, e vão até as 23h59min do dia 25 de novembro. O sistema de seleção no site do programa vai informar o número de vagas por município, e fica com a vaga o profissional que se inscrever primeiro e atender aos requisitos.

Confira as vagas em municípios da região
Em Ibirataia serão 2 médicos, Ipiaú (01), Apuarema (03), Barra do Rocha (01), Dário Meira (03), Gongogi (03), Ibirapitanga (01), Itagi (01), Itagibá (03), Itamari (01), Jequié (04), Jitaúna (01), Nova Ibiá (01), Piraí do Norte (01), Presidente Tancredo Neves (02) e Teolândia (01). Os profissionais selecionados receberão salário de R$ 11.865,60 por 36 meses, com possibilidade de prorrogação. As atividades dos médicos incluem oito horas acadêmicas teóricas e 32 em unidades básicas de saúde.

Seleção de médicos brasileiros para substituir cubanos será ainda em novembro, diz ministério


O Ministério da Saúde informou na manhã desta sexta-feira (16) que a seleção de médicos brasileiros para ocuparem as vagas que serão deixadas pelos profissionais cubanos do programa Mais Médicos ocorrerá ainda em novembro. Na última quarta-feira (14), o Ministério da Saúde Pública de Cuba anunciou a decisão de deixar o programa Mais Médicos, criado durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff. Cuba enviava profissionais para atuar no Brasil desde 2013. O governo cubano atribuiu a decisão a “declarações ameaçadoras e depreciativas” de Bolsonaro. O presidente eleito afirma que Cuba não quis aceitar condições para continuar no programa.

De acordo com o Ministério da Saúde, a formulação do edital para substituição dos médicos cubanos será finalizada ainda nesta sexta, durante reunião com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). “O Ministério da Saúde realizará reunião com a Opas (Organização Pan-Americana de Saúde) para a definição da saída dos médicos cubanos e entrada dos profissionais brasileiros que serão selecionados por edital. Será finalizada a proposta de edital para selecionar profissionais para as 8.332 vagas que serão deixadas pelos médicos cubanos”, informou a pasta. A seleção de profissionais brasileiros em primeira chamada do edital será realizada ainda no mês de novembro e o comparecimento aos municípios, imediatamente após a seleção”, completou o Ministério da Saúde.

O Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) informou ter sido avisado pela embaixada de Cuba que os médicos do país deixarão o Brasil até o fim do ano. De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a saída de cubanos do Mais Médicos afetará 28 milhões de pessoas. “Entre os 1.575 municípios que possuem somente médico cubano do programa, 80% possuem menos de 20 mil habitantes. Dessa forma, a saída desses médicos sem a garantia de outros profissionais pode gerar a desassistência básica de saúde a mais de 28 milhões de pessoas”, diz a entidade.

(G1)

Consultório Odontológico Dr Jaldo Júnior e Dra Patricia Almeida é inaugurado no distrito de Algodão


O distrito de Algodão, município de Ibirataia, foi presenteado na última segunda-feira (12) com a moderna e mais nova unidade do Consultório Odontológico Dr Jaldo Júnior e Dra Patricia Almeida. Na ocasião familiares, amigos e populares se fizeram presentes na Inauguração, onde Dr Jaldo Júnior e Dra Patricia Almeida recepcionaram seus convidados com um coquetel de boas vindas para comemorarem a abertura e apresentarem o mais novo estabelecimento do casal.O novo espaço odontológico oferece tratamentos em todas as áreas da odontologia como: restauração, extração, limpeza, clareamento, prótese, aparelhos ortodônticos, implante e demais serviços, fazendo com que os seus pacientes façam todo o seu tratamento odontológico na própria clínica sem precisar se deslocar para outro local para realização das consultas.

Vale destacar também que a unidade conta com atendimento profissional especializado e capacitado com o objetivo de oferecer o que há de mais inovador, confortável e completo na odontologia, que, juntos integram a equipe Dr Jaldo Júnior e Dra Patricia Almeida. Dr Jaldo Júnior, graduado em Odontologia em 2013, especialista em Endodontia, com atualização em Prótese e Cirurgia Oral Menor. Já Dra Patricia Almeida, graduada em Odontologia em 2013, especialista em Ortodontia e ortopedia facial, com atualização em estética dental e clareamento. (mais…)

Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso e promete asilo a médicos cubanos


O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse na última quarta-feira (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos por brasileiros ou estrangeiros. Ele afirmou que os cubanos que quiserem atuar no país devem revalidar os diplomas. A afirmação ocorre no momento em que Cuba informou que vai se desligar do programa por não aceitar as exigências feitas pelo novo governo.
Em conversa com a imprensa na tarde de quarta, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede do governo de transição, Bolsonaro disse, “estamos formando, tenho certeza, em torno de 20 mil médicos por ano, e a tendência é aumentar esse número. Nós podemos suprir esse problema com esses médicos. O programa não está suspenso, [médicos] de outros países podem vir para cá. A partir de janeiro, pretendemos, logicamente, dar uma satisfação a essas populações que serão desassistidas”.

O presidente eleito acrescentou que sempre foi contra o programa por discordar do modelo de contratação dos profissionais cubanos. Segundo ele, há um tratamento “desumano” por parte das autoridades em relação aos médicos. Como exemplo, Bolsonaro citou o fato de alguns profissionais virem para o Brasil, mas deixando as famílias em Cuba. Ele ainda acusou o governo cubano de explorar os profissionais e ainda pôs em dúvida a capacidade profissional dos médicos oriundos da ilha. “Em torno de 70% do salário desses médicos é confiscado para a ditadura cubana. E outra coisa, que é um desrespeito com quem recebe o tratamento por parte desses cubanos, não temos qualquer comprovação que eles sejam realmente médicos e estejam aptos a desempenhar sua função” (mais…)

É hoje Algodão! Inauguração do Consultório Odontológico Dr Jaldo Júnior e Dra Patricia Almeida


Hoje segunda-feira, dia 12 de novembro, o Consultório Odontológico Dr Jaldo Júnior e Dra Patricia Almeida irá inaugurar a sua mais nova unidade, instalado no distrito de Algodão. A inauguração acontecerá ás 16 horas.
O novo espaço odontológico oferecerá tratamentos em todas as áreas da odontologia como: restauração, extração, limpeza, clareamento, prótese, aparelhos ortodônticos, implante e demais serviços, fazendo com que os seus pacientes façam todo o seu tratamento odontológico na própria clínica sem precisar se deslocar para outro local para realização das consultas.

Vale destacar também que a unidade contará com atendimento profissional especializado e capacitado com o objetivo de oferecer o que há de mais inovador, confortável e completo na odontologia, que, juntos integram a equipe Dr Jaldo Júnior e Dra Patricia Almeida. Dr Jaldo Júnior, graduado em Odontologia em 2013, especialista em Endodontia, com atualização em Prótese e Cirurgia Oral Menor. Já Dra Patricia Almeida, graduada em Odontologia em 2013, especialista em Ortodontia e ortopedia facial, com atualização em estética dental e clareamento.

Tudo é para que você se sinta bem. O Consultório Odontológico Dr Jaldo Júnior e Dra Patrícia Almeida está trazendo muitas novidades aos seus pacientes e apresenta uma grande variedade de produtos e serviços odontológicos que podem ser encontrados para quem procurar o consultório. O atendimento será especial, os equipamentos são modernos, fácil localização e espaço confortável, além de ser tratado por profissionais capacitados que sabem atender às necessidades de cada paciente individualmente.

Localizado ao lado do posto de combustível, no endereço rua José Muniz Ferreira, n° 17, a partir de amanhã,  terça-feira (13), o consultório atenderá de segunda-feira a sexta-feira das 08:00 às 12:00hs e das 14:00 às 18:00hs e aos sábados 08:00 às 12:00hs.
Dentre os serviços oferecidos encontra-se:
• Aparelhos Ortodônticos
• Tratamento Endodôntico (Canal)
• Restaurações (Obturação)
• Limpeza
• Raios-X
• Cirurgias e Extrações
• Clareamento
• Prótese
• Urgência Odontológica (Dor)
• Clinica Geral

Você certamente já ouviu a frase “Prevenir é melhor que remediar” inúmeras vezes. Quando se trata de garantir a saúde dos seus dentes e do seu sorriso, prevenção é a palavra-chave.
Marque sua avaliação: (73) 99925-8494 (WhattsApp)

Bolsonaro quer doar sobra de campanha para hospital em Juiz de Fora; TSE proíbe


O presidente eleito, Jair Bolsonaro, usou o Twitter nesta terça-feira (30), para anunciar que fará uma vultuosa doação para a Santa Casa de Juiz de Fora (MG). Sua campanha teve um custo total de R$ 1.721.537 e as doações de pessoas física declaradas à Justiça Eleitoral pelo PSL totalizam R$ 3,7 milhões por meio de “vaquinhas virtuais”. Sendo assim, ficou um saldo de pelo menos 2 milhões. Bolsonaro doará essa “sobra” para o hospital beneficente onde foi operado após ser vítima de um ataque a faca, no dia 6 de setembro. O político disse estar confiante que as pessoas que fizeram as doações “estarão de acordo” com sua decisão.

O prazo de prestação de contas de campanha encerra em 17 de novembro. Por isso, os valores ainda não são oficiais. Horas depois da declaração de Bolsonaro, o TSE disse que isso não é possível. O Tribunal informou em nota que “a legislação eleitoral não permite a doação, uma vez que as sobras de campanha devem retornar ao partido e o comprovante de transferência deve ser enviado junto com a prestação de contas à Justiça Eleitoral”.

A repercussão do anúncio de doação do presidente nas redes sociais foi positiva, com muitos usuários expressando admiração pelo gesto incomum em um país onde os políticos com frequência viram notícia por tirar dinheiro e não doá-lo. A campanha do PSL optou por abrir mão do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, dinheiro do contribuinte e custou 20 vezes menos que a de Fernando Haddad (PT), que declarou ter gasto R$ 34.400.867. A mais cara do primeiro turno foi a de Henrique Meirelles (MDB) que destinou R$ 57.030.000 para as eleições. (mais…)

Estudante de medicina morre após ser picada por formiga em Salvador


Uma jovem de 24 anos morreu após passar mal depois de ter sido picada por uma formiga na casa onde morava, em Salvador. A vítima, Michelle Teixeira do Valle, é filha do ex-vereador da cidade de Pilão Arcado, na região norte do estado, Márcio Ribeiro do Vale, e estudava medicina na capital baiana.

Segundo informações do Hospital da Bahia, onde a vítima foi atendida, Michelle chegou à unidade em estado extremamente grave na segunda-feira (22), às 14h, conduzida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). O hospital informou que, segundo os agentes de saúde do Samu, a paciente tinha sido vítima de uma picada de inseto, que evoluiu para grave síncope com choque circulatório e Parada Cardiorrespiratória (PCR). Os médicos do Samu, ainda de acordo com o hospital, tentaram por cerca de 40 minutos reanimar a vítima antes de levá-la para a unidade de saúde. A jovem, conforme o hospital, chegou à unidade em coma profundo, sem reflexos de tronco. No hospital, foram solicitados todos os exames e testes toxicológicos. A paciente teve o protocolo de morte cerebral fechado na terça-feira (23), às 16h, e a família assinou o termo permitindo a doação de órgãos.

A prima de Michelle, Maluza Ribeiro, que mora em Pilão Arcado, conversou com o G1 nesta quarta e lamentou o ocorrido. “Pelo que ficamos sabendo, ela pisou na formiga e foi picada. Ela era alérgica”, disse. A prima afirmou que o pai da jovem estava bastante abalado. Michelle também era neta do ex-prefeito de Pilão Arcado, João Ribeiro do Valle, já falecido. Nas redes sociais, amigos lamentaram a morte da jovem. “Não consigo acreditar. Que Deus te receba de braços abertos. Descanse em paz, meu anjo!”, postou uma colega. A Câmara Municipal de Pilão Arcado decretou, na terça-feira (23), luto oficial de dois dias e a suspensão das sessões legislativas, pelo mesmo período.

(G1)

Nove redes de supermercados são acionadas por vender produtos com resíduos de agrotóxicos proibido


As redes de supermercados Bompreço, G Barbosa, Hiperideal, Perini, Extra, Atacadão, Atakarejo, Rmix e Masani foram acionadas pelo Ministério Público estadual por comercializarem, em Salvador, hortifrútis com resíduos de agrotóxicos não autorizados e/ou acima dos limites permitidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). As nove ações civis públicas foram ajuizadas pelo promotor de Justiça do Consumidor Olimpio Campinho no período de um mês, sendo uma em setembro e as outras oito em outubro, com três delas protocoladas nesta segunda-feira (22).
O promotor aponta que os produtos comercializados, “nitidamente, com vícios de qualidade, puseram os consumidores em perigo”. Segundo Olimpio Campinho, as redes cometeram prática abusiva ao levarem seus clientes a erro, pois eles confiaram que compraram produtos tratados conforme as normas sanitárias. Nas ações, o promotor pede que a Justiça conceda decisão liminar para proibir que as nove redes de supermercados comercializem os produtos de distribuidores que foram identificados com resíduos de agrotóxicos de forma irregular, até que a Diretoria de Vigilância Sanitária  (Divisa) reabilite os distribuidores a fornecer os produtos para o mercado.
Conforme as ações, foram encontrados com resíduos de agrotóxicos proibidos e/ou acima dos limites permitidos os seguintes hortifrútis, em um total de 11: cebola (na rede Masani, G Barbosa e Extra), pimentão (G Barbosa, Perini, Extra, Bompreço e Atakarejo), uva (G Barbosa, Extra, Bompreço), goiaba (G Barbosa, Perini e Bompreço), morango (Rmix, Perini, Extra, Atacadão e Bompreço), abacaxi (Hiperideal e Atakarejo), cenoura (Hiperideal e Atakarejo), abobrinha (Hiperideal, Extra e Bompreço), alface (Perini, Extra, Atacadão e Bompreço), fubá de milho e batata (ambos no Bompreço).