Ibirataia: Líder do governo, vereador Kei da Fanfarra faz duras criticas ao secretário de Cultura por resposta dada a requerimento

Na sessão ordinária da última segunda-feira (27), o vereador e líder do governo Silvio Brandão (Republicanos), popular ”Kei da Fanfarra”, teceu duras críticas a resposta dada pelo secretário de Cultura e Turismo Marlos Tinoco a um requerimento referente a reativação da Fanfarra Musical de Ibirataia (FAMUIBI). De autoria do vereador Cristiano de Jesus Silva, popular Fala da Banca, o requerimento solicita a reativação da fanfarra municipal com o objetivo de trazer mais entretenimento e valorização da cultura do município.

Em resposta ao requerimento, o secretário de Cultura e Turismo enviou um ofício à Câmara Municipal, onde ele esclarece que ”a única fanfarra que existia no município, a Fanfarra Musical de Ibirataia (FAMUIBI), era mantida pela Associação Cultural e Musical de Ibirataia (ACMI), possuída na natureza jurídica de associação privada com CNPJ próprio e diretoria constituída. Por tanto se trata de uma entidade independente que não faz parte da estrutura da administração pública municipal”. Concluindo a sua resposta, Marlos alega que ”dessa forma, não compete a Secretaria de Cultura e Turista a decisão de reativa-la, mesmo considerando a importância da referida entidade para a música e para a cultura da cidade, cabendo a municipalidade apenas o apoio.”

Após fazer a leitura do ofício, o vereador e 1º Secretário Kei da Fanfarra, que pelo próprio nome se intitula representante da referida entidade, se pronunciou rebatendo a justificativa do secretário de Cultura e Turismo. Na oportunidade, Kei relembrou a época em que Marlos lutou em favor da fanfarra. ”O secretário de Cultura envia esse ofício como resposta a não manutenção da fanfarra em Ibirataia, mas ele se esquece que em 2013, ele brigou com a gestão do ex-prefeito Marcos Aurélio por essa mesma entidade”, disse.

Dando continuidade à sua fala o vereador realçou: ”Eu lamento Marlos que você tenha mandado essa resposta para nós aqui essa noite. Lamento muito, sinto muito por aquilo que você não tem feito pela instituição que te ensinou a gostar de cultura, como você mesmo disse aqui na sua posse como secretário de Cultura e Turismo do município de Ibirataia.”

”A Prefeitura tem muito dinheiro pra bancar uma, duas, três, quatro, cinco, dez fanfarras. Então, tem justificativa que não são leais, não são verdadeiras, não condizem com a pasta que estas pessoas representam. Eu sinto muito”, falou Kei que ainda ressaltou: ”Agora como vereador, em meu mandato, eu consegui pra Prefeitura Municipal de Ibirataia, entrou nos cofres da Secretaria de Educação, uma verba vinda do deputado federal Marcio Marinho de R$120 mil, que a Prefeitura, o Poder Executivo fez questão de devolver.”

Finalizando sua fala, Kei deixou bem claro que, mesmo sendo líder do governo, ele não irá admitir certas justificativas para os erros da atual gestão. ”Mesmo sendo líder do governo, eu não vou admitir que esse governo venha dizer aquilo que não deve dizer, para justificar os seu erros e para justificar a sua ausência. Não em cima de mim, não em cima do meu mandato. Estarei aqui para representar aquilo que eu acredito, sempre, indiscutivelmente”, concluiu.

Durante a sessão, os demais vereadores presentes, tanto de situação como de oposição, se posicionaram a favor do vereador Kei da Fanfarra. Assista ao vídeo abaixo. (Bahia em Dia)

Siga o Bahia em Dia nas redes sociais 

Instagram: https://www.instagram.com/bahia_em_dia/