Ibirataia: Vereadores aprovam projeto que reduz salário de servidores da Prefeitura

O plenário da Câmara de Vereadores aprovou na manhã desta quarta-feira (27), em sessão extraordinária, o Projeto de Lei do Poder Executivo  sobre a reforma administrativa, que visa reorganizar a estrutura administrativa da Prefeitura de Ibirataia. A proposta enviada pela Prefeita Ana Cléia (PSD), prevê a redução dos salários dos servidores, suspensão das gratificações e suspender temporariamente a realização de horas extras.

Alegando queda nas receitas e desajustes no índice na folha de pagamento, que atualmente estaria em 61,22%, quando a Lei de Responsabilidade Fiscal determina que esteja em no máximo 54%, a Prefeita Ana Cléia justificou que as medidas será necessária, para evitar demissões de contratados e um déficit nas contas públicas municipais.

A pauta, é claro, gerou polêmica e foi muito criticada pelos vereadores da oposição. Para eles, a redução salarial é desnecessária e irá prejudicar os funcionários comissionados. Além disso, os edis afirmam que os cortes não alcançam o bolso da prefeita, da vice e nem do primeiro escalão do governo.

Dos 11 vereadores, 7 votaram a favor e 4 contra, sem abstenções. Os favoráveis foram Toi de Berenga (DEM), Charles Mosquito (PMDB), Chafick (DEM), Bira da Topic (PCdoB), Ravi Machado (PP), Marco Pina (PT) e Manoel da Ambulância (PTN). Os contrários foram Peruca (PSD), Juca Muniz (PP), Ronaldo Tinôco (PSL) e Marquinhos do Cacau (PCdoB).

(Bahia em Dia)