Ibirataia: Vereadores auxiliam diálogo entre AGERBA e profissionais do transporte alternativo

Há mais de uma década, profissionais que atuam no ramo do transporte alternativo na BA-650, trecho que liga Ibirataia a Ipiaú, lutam para fazer a movimentação de passageiros livres das abordagens, perseguições, multas e apreensões dos veículos pela AGERBA.

Na manhã desta quinta-feira (28), um grupo de parlamentares ibirataenses, composto por Toi de Berenga, Ronaldo Tinôco e Chafick Luedy, buscou intermediar o debate entre a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (AGERBA), visando um entendimento entre o órgão estadual e os representantes da Associação dos Kombeiros de Ibirataia (ASKOI). Segundo Toi de Berenga, “a presença da AGERBA na estrada aplicando multas e autuando os motoristas e a morosidade no processo de legalização do transporte alternativo na Bahia, tem provocado uma forte indignação dos trabalhadores da categoria, e nesse processo desumano quem sai ganhando são as grandes empresas de ônibus que comandam as linhas de transporte da região, prejudicando os trabalhadores que dependem do transporte alternativo para sustentarem as suas famílias”, salientou o vereador.

Ainda de acordo com Toi de Berenga, “é necessário que representantes dos poderes Legislativo e Executivo promovam uma reunião com os representantes da Associação dos Kombeiros para que se viabilize uma saída no tocante ao transporte alternativo do município. Se possível que seja constituída uma comissão com representantes dos respectivos segmentos para a realização de uma audiência com o Diretor Geral da AGERBA em Salvador, pois só dessa forma o problema poderá ser resolvido”, enfatizou o Edil.

(Ibirataia Online)