Jair Renan Bolsonaro é alvo de operação da polícia do DF

Nesta quinta-feira (24), a Polícia Civil do Distrito Federal deflagrou uma operação para desarticular um grupo suspeito de estelionato, falsificação de documentos, sonegação fiscal e lavagem de dinheiro. Entre os alvos está Jair Renan Bolsonaro, filho mais novo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Segundo a corporação, estão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão em Brasília e em Santa Catarina. No Distrito Federal, as ordens são cumpridas nas regiões administrativas Águas Claras e Sudoeste.

Além de Renan Bolsonaro, outras duas pessoas são alvos das buscas. Segundo a investigação, o grupo agia por meio de um laranja e de empresas fantasmas. A polícia afirma que os suspeitos usavam a identidade falsa de Antônio Amâncio Alves Mandarrari para abrir contas bancárias e como proprietário de pessoas jurídicas laranjas.

A operação foi nomeada de Nexum, em alusão ao antigo instituto contratual do direito romano, que representava a passagem do dinheiro e transferência simbólica de direitos. Ao todo, 35 policiais civis de Brasília e de Santa Catarina participam das buscas.

Siga o Bahia em Dia nas redes sociais 

Instagram: https://www.instagram.com/bahia_em_dia/

Facebook: https://www.facebook.com/bahiaemdia/

Bahia em Dia