Jogador Daniel Alves é detido na Espanha após acusação de assédio sexual

O lateral-direito brasileiro Daniel Alves, de 39 anos, que esteve na última Copa do Mundo com a seleção, foi detido na manhã desta sexta-feira (20), na Espanha, devido as acusações de assédio sexual contra uma mulher de 23 anos em uma boate.

De acordo com a Suprema Corte da Catalunha, o caso teria acontecido em uma boate em Barcelona no fim de dezembro. O jogador nega veementemente as acusações. Segundo o G1, Daniel Alves foi detido após prestar depoimento sobre o ocorrido.

Na denúncia feita pela vítima, diz que o crime ocorreu no dia 30 de dezembro. A mulher alegou que foi assediada e que Daniel Alves teria tocado debaixo da saia que ela estava utilizando. A direção da discoteca acionou a polícia, porém quando chegaram no local, o jogador já havia ido embora.

A polícia da Catalunha abriu um inquérito para investigar o caso e denunciou o brasileiro para a Justiça no dia 10 de janeiro. Então a Justiça também começou a investigação. Daniel Alves ainda não é considerado réu e a polícia ainda não informou por qual o motivo o jogador foi detido.

Natural de Juazeiro, na Bahia, Daniel Alves é o jogador com mais títulos na história do futebol, com 42 troféus. Ele já passou por times como Barcelona, Juventus, PSG e São Paulo. Atualmente ele tem contrato com o Pumas, do México.

Siga o Bahia em Dia nas redes sociais 

Instagram: https://www.instagram.com/bahia_em_dia/