Câmera registra colisão entre carros no trevo do município de Presidente Tancredo Neves


O acidente aconteceu na manhã deste sábado (17), no trevo da cidade de Presidente Tancredo Neves, e envolveu dois veículos, um modelo Polo de cor preta e um Uno de cor branca.

A câmera de monitoramento de um estabelecimento que fica próximo ao local flagrou o momento em que os veículos se chocaram. No vídeo é possível ver o momento em que o condutor do Uno se aproximava para atravessar a rodovia, sentido ao centro da cidade, quando o mesmo avançou e acabou sendo atingido pelo Polo que seguia na BR-101, sentido ao distrito de Moenda. Após a colisão o Polo chegou a capotar.

O SAMU foi acionado e prestou os primeiros socorros. Apesar dos carros ficarem bastante danificados, felizmente os ocupantes dos veículos tiveram apenas ferimentos leves. Assista no vídeo abaixo o momento do acidente:

(Bahia em Dia)

Gandu: Polícia Militar prende dupla de assaltantes, apreende armas e recupera motocicleta e produtos roubados


Por volta das 19:30hs desta sexta-feira (16), uma guarnição do PETO da 60ª CIPM/Gandu, foi acionada para verificar um roubo que havia ocorrido na estrada que dá acesso ao município de Piraí do Norte.

Segundo a vítima, dois elementos armados com um revólver e uma espingarda o rendeu nas proximidades do lixão e roubou sua motocicleta fugindo pela vicinal que dá acesso ao bairro Bela Vista, em Gandu. Por volta das 21:15hs, a guarnição foi informada que os bandidos encontravam-se em uma motocicleta azul e teriam acabado de roubar um celular de uma senhora nas proximidades da ponte de Bira, bairro Eliseu leal, utilizando-se para tal de uma arma de fogo. Momentos após, a guarnição interceptou os marginais nas imediações da Rodoviária de Gandu e, ao realizar a busca pessoal nos elementos foi encontrando um revólver calibre 32 com um cartucho intacto e um cartucho picotado.

Presos, os suspeitos identificados como Leandro Costa de Jesus, 22 anos Deivson dos Santos Ramos, vulgo “Cheng” de 20 anos, confessaram que haviam cometido 4 assaltos a mão armada na mesma noite. Primeiro roubaram a motocicleta na estrada de Piraí do Norte. Depois, roubaram 2 celulares de uma mulher na Rua 2 de Julho e em seguida, roubaram o celular de uma mulher nas proximidades da ponte de Bira. Por fim, roubaram outro celular nas proximidades do Hospital velho.

A guarnição deslocou para uma casa no bairro Bela Vista, onde a motocicleta roubada estava escondida e recuperou a referida motocicleta. Em seguida, a guarnição deslocou para a casa de Cheng, onde encontrou uma espingarda tipo cartucheira, 4 celulares produtos de roubo, 2 bolsas produtos de roubo com a identidade das vítimas, 2 estojos calibre 32 deflagrados, 5 cartuchos calibre 22 intactos, pólvora para ser utilizada na espingarda e uma placa de uma motocicleta, possivelmente utilizada para adulterar a motocicleta utilizada nos crimes.

A dupla foi conduzida e apresentada na Delegacia de Polícia de Valença juntamente com as vítimas e todo o material apreendido para serem tomadas as medidas cabíveis. (Bahia em Dia/60ªCIPM/Gandu)

Wenceslau Guimarães: Menor de 12 anos é apreendido com 41 dolões de maconha


Na manhã do último domingo (11) policiais da 60ªCIPM//Gandu, realizaram a apreensão de um adolescente de 12 anos pelo ato infracional de tráfico de drogas no bairro Pantaleão, município de Wenceslau Guimarães. A ação ocorreu, após um cidadão teolandense denunciar que havia sido vítima de um roubo de celular na noite do sábado (10), nas proximidades do circuito da “Festa da Banana”, que é realizada no município de Teolândia.

Segundo informações policiais, após a denúncia, uma guarnição BRAVO do PETO deslocou com o apoio da guarnição do 2° pelotão até o bairro Pantaleão (de posse das coordenadas do aplicativo de rastreamento) e deu início a operação que culminou na apreensão de um menor de iniciais R.N.S de 12 anos, em posse de 41 dolões de maconha prontos para comercialização. O celular não foi encontrado, porém os envolvidos já foram identificados.

(Bahia em Dia)

Ibirataia: Caio Pina critica a falta de contratação dos artistas locais na festa de São João 2017


                               Caio Pina, ex-vereador de Ibirataia

Na última quarta-feira (07), por meio de nota publicada em seu perfil do Facebook, o ex-vereador de Ibirataia, Caio Pina, criticou a falta de contratação de grande parte dos artistas locais para o São João da cidade. Notícias dão conta que as poucas bandas locais que irão se apresentar estão sendo contratadas por preferência política. 

Para Pina, seria um absurdo priorizar algumas bandas por preferência política. Ele ainda defende que não só o São João, mas o governo seja de todos. Por fim, Pina diz que é preciso maior fiscalização por parte dos vereadores e do departamento de Cultura do município.

Confira a nota na íntegra:

Valorizem a Prata da Casa!
Sem dúvidas o São João é a principal festa popular de Ibirataia, um evento bonito e essencial para manter viva nossa cultura além de fomentar novos investimentos em nosso comércio. Parabenizo a Gestão Municipal pelo esforço de manter viva tradição. Mas penso que o São João é de Todos! Assim como o Governo é. As disputas políticas devem se acabar com o fechar das urnas e quem venceu a eleição tem o dever de Governar para todos. Lamento e repudio o fato de grande parte de nossos artistas não terem sido contratados para abrilhantarem os festejos juninos. O dinheiro da Prefeitura não pertence ao Prefeito ao Vereador nem a nenhum partido, os recursos da municipalidade embora sejam administrados por um gestor (a) pertencem a toda população e notícias de seletividade na contratação das bandas pela preferência política não pode acontecer, seria um absurdo. O departamento de Cultura do município tem o dever de fiscalizar e mediar essas situações e também os nossos Vereadores devem impedir essas distorções.
Ibirataia tem grandes e talentosos cantores(a) Vamos valoriza-los!
#CaioPinaVamosdefenderIbirataia!

(Bahia em Dia)

Operação da PF erradica 18 mil pés de maconha no interior da Bahia; dois suspeitos foram mortos em confronto


Duas pessoas morreram durante a “Operação Baraúna 2”, da Polícia Federal, no norte da Bahia na quinta-feira (8). A ação que começou no dia 4 de junho, foi finalizada na quinta-feira e erradicou 18 mil pés de maconhas em cidades da região, como Juazeiro, Curaça, Ireçê, Xique Xique e João Dourado. Não há detalhes do local onde as pessoas morreram.

De acordo com a PF, ninguém foi preso. A “Baraúna 2” deu continuidade à ação da PF para erradicar plantações de maconha no norte da Bahia. Na primeira fase, mais de 105 mil pés de maconha foram erradicados. Ninguém foi preso na primeira etapa da ação. A operação ainda teve o apoio da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e do Exército. (G1)

Com voto de Gilmar Mendes, TSE rejeita cassação da chapa Dilma-Temer


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) absolveu nesta sexta-feira (9), por 4 votos a 3, a ex-presidente Dilma Rousseff e o presidente Michel Temer da acusação de abuso de poder político e econômico na campanha de 2014. A maioria dos ministros considerou que não houve lesão ao equilíbrio da disputa e, com isso, livrou Temer da perda do atual mandato e Dilma da inelegibilidade por 8 anos. O voto que desempatou o julgamento foi o do ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE, o último a se manifestar.

A ação julgada pelo TSE foi apresentada pelo PSDB após a eleição de 2014 e apontava mais de 20 infrações supostamente cometidas pela coligação “Com a Força do Povo”, encabeçada por PT e PMDB. A principal era a suspeita de que empreiteiras fizeram doações oficiais com o pagamento de propina por contratos obtidos na Petrobras, além de desvio de dinheiro pago a gráficas pela não prestação dos serviços contratados. Além da perda do mandato e da inelegibilidade de Dilma e Temer, o PSDB reivindicava na ação que os candidatos derrotados Aécio Neves e Aloysio Nunes fossem empossados presidente e vice.
O julgamento da chapa, que começou em abril deste ano, foi retomado nesta semana com os votos do relator, Herman Benjamin, e dos demais ministros da Corte. Também se manifestaram os advogados das partes (defesa e acusação) e o Ministério Público Eleitoral.

Quatro meses após autorização, obra em rodovia que liga Ibirataia e Gandu ainda não começou


Anunciada ainda no início do ano a recuperação da BA-120, que está praticamente intransitável, no trecho que liga os municípios de Ibirataia e Gandu, até o momento ficou apenas no papel. No dia 03 de fevereiro de 2017, durante discurso na Praça Rui Barbosa, em Ipiaú, o governador Rui Costa afirmou que já tinha assinado a autorização para licitação da recuperação da referida rodovia (VEJA A MATÉRIA). Na ocasião, o governador ainda relatou que a obra deveria começar logo após um Edital ser publicado num prazo de aproximadamente 45 a 60 dias, tendo em vista toda a burocracia ‘necessária’ para liberação do recurso financeira para custeio da obra e a execução prática dos serviços, porém, exatos quatro meses já se passaram e não há sequer sinal de início das obras.

Enquanto isso, motoristas queixam que a medida que o tempo passa, os buracos se multiplicam ao longo da via e em muitos trechos, não há asfalto. Com a pista danificada, os veículos precisam andar em zigue-zague, mesmo quando é preciso dividir a mesma faixa com outros carros, o que aumenta o risco de acidentes. Atualmente, a rodovia, que também serve como via de acesso entre as BR-330, BR-116 e BR-101, é classificada como umas das piores malhas rodoviárias do Estado da Bahia.

“Em fevereiro, o governador falou que no máximo 60 dias um Edital seria publicado e em seguida o serviço de recuperação seria iniciado, já fez quatro meses e até agora nada de Edital, nada de serviço”, relatou um leitor do Bahia em Dia.

(Bahia em Dia)

Wenceslau Guimarães: Operação da PM prende quatro por tráfico de drogas e apreende uma menor


Quatro pessoas foram presas por tráfico de drogas e uma menor apreendida durante a Operação Varredura, realizada pela 60ªCIPM/Gandu, na noite deste último domingo (04), em Wenceslau Guimarães.

Segundo informações policiais, durante uma sequencia de abordagens efetivadas pela Operação Varredura, um indivíduo identificado como Elinaldo Cardoso dos Santos, vulgo “Nengo” foi flagrado com uma porção de maconha, um pino de cocaína e o valor de R$ 535,00 em espécie. Em seguida, a Guarnição deslocou-se até a residência de Nengo, lá encontravam-se Cleison José do Carmo Reis, vulgo “Keu”, Romildo Saturnino dos Santos, Joseane Ferreira dos Santos e uma menor de iniciais R.S, onde, ao perceberem que o comparsa teria sido abordado, supostamente buscaram dar um destino as quarenta e cinco peças de drogas que encontravam-se na casa, todavia, o tempo foi decurso e todos foram surpreendidos pela Guarnição, então, foi constatado a existência de mais 30 buchas de maconha de pequena monta, 15 buchas de grande monta e mais um pino de cocaína.

Diante dos fatos, os quatro maiores de idade receberam voz de prisão em flagrante por tráfico de drogas e a menor recebeu voz de apreensão por ato infracional de tráfico de drogas. Ambos e todo material apreendido foram conduzidos a Delegacia de Polícia para os procedimentos legais.

Segundo a assessoria do Major PM Rodrigues de Castro, a “Operação Varredura” é uma iniciativa do Comando de Policiamento com vistas a combater o tráfico de drogas, armas e outros crimes em toda a região, não possuindo assim, limites de atuação, bem que, as operações terão continuidade no intenso e cotidiano combate principalmente ao tráfico de drogas.

(Bahia em Dia)

Ibirataia: Músico repudia falta de contratação de artistas locais na Festa de São João 2017


                                      Lael Senna – Músico e Comunicador

O músico e comunicador Lael Senna, da cidade de Ibirataia, entrou em contato com o programa Fala Ipiaú da Rádio Educadora AM para comentar com pesar a contratação da Vingadora do Funk para animar o São João daquela cidade, em desprezo aos artistas atrações da cidade. “O meu repúdio é com relação à falta de apoio aos músicos da cidade, a prata da casa, que tocam o verdadeiro estilo da festa, que é o forró. Em todas as outras gestões, os músicos da cidade sempre tocaram na festa. Este ano a prefeita fez diferente, por perseguição política, já que oitenta por cento dos músicos não votaram nela”, afirmou.

Para Lael, os gastos com bandas caras como Caviar com Rapadura (que no passado foi remunerada em sessenta mil reais em Ibirataia), Bonde Forró (também em valor de cerca de sessenta mil) e Vingadora, mostram uma situação de gastos que não condizem com a situação de crise no município. ”Eu duvido muito que a Vingadora esteja vindo por trinta mil, como estão dizendo. A banda está no auge e em época de São João o cachê é mais caro. Ela normalmente cobraria oitenta mil para fazer um show desse”, comentou.

                                     Artistas locais

“Tem festa em Algodão, Tesourinhas, Forró da Educação. O marido e secretário de governo da prefeita Ana Cléia, Júlio Leal, me disse que não tinha mais espaço para os músicas da casa. Das 23 bandas da cidade, só quatro foram contratadas, apesar de terem anunciado que dez estariam nos palcos este ano. Os que foram escolhidos deverão receber cachê de mil reais para se apresentar”, denunciou.

Lael citou músicos da cidade que já chegaram até a tocar no exterior e a forma como eram tratados nas gestões anteriores: “O ex prefeito Jorge e o ex prefeito Marcos sempre pagaram a gente bem, nós éramos bem recebidos, mas desta vez está sendo uma vergonha para gente. Dizem que santo da casa não faz milagre mas aqui de Ibirataia saiu Love Hits e Trem Bala. Cada banda da cidade teve de pedir aos vereadores para conseguir uma vaga e nunca foi assim”.

Para ele, tudo se resumiria a uma questão político partidária. “No meu caso eu vejo como perseguição sim. Alegaram que era problema no orçamento mas, como estão com problema se fazem uma festa nesse porte? Eu sei que no último ano de governo vão querer procurar a nós músicos da cidade, mas estamos indignados, merecemos ser valorizados e vamos virar as costas, principalmente ano que vem que é ano político”. (Ipiaú on Line)

Laje administra vantagem, empata com o Teolândia e conquista o título da 4ª Copa Intervale


                                           Foto: Mídia Bahia

A seleção de Laje entrou em campo neste domingo (04), contra o Teolândia, no estádio Rui José de Almeida, com larga vantagem para conquistar o título da 4ª Copa Intervale. O selecionado lajista poderia perder por até um gol de diferença, já que venceu na partida de ida por 2 a 0. Aos teolândenses cabia uma vitória por dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis. Se vencesse por três ou mais gols levaria o título.

Jogando em casa, a seleção de Laje administrou a vantagem e saiu de campo com um empate de 1 a 1, que lhe garantiu o título desta temporada. André abriu o marcador para os donos da casa e Bosque igualou para o Teolândia. (Bahia em Dia)