PGR dá parecer em favor da libertação de Geddel Vieira Lima

A Procuradoria Geral da República (PGR) encaminhou nesta segunda-feira (03) ao Supremo Tribunal Federal (STF) sua manifestação no processo de Geddel Vieira Lima, de acordo com a coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

O Ministério Público se posicionou a favor do ex-ministro baiano para que se cumpra o restante da pena em regime semiaberto. Geddel que está preso no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador, foi preso preventivamente em julho de 2017, após a Polícia Federal apreender cerca de R$ 51 milhões em dinheiro em um apartamento em Salvador (BA). Denunciado em dezembro do mesmo ano pelo Ministério Público Federal, ele foi condenado em outubro do ano passado a 14 anos e 10 meses de reclusão.