Ubatã: TRE-BA cassa mandato de vereador; parlamentar tentará recurso

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) cassou, por unanimidade em sessão realizada na tarde desta quarta-feira (22), o mandato do vereador Wellington Ferreira de Souza (PSL), conhecido popularmente como “Pulu”. A Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) foi impetrada pelo ex-candidato a vereador Atemilson Bispo dos Santos (PRB), o “Mantena”, que é o suplente da coligação.

O edil foi acusado de suposto abuso de poder econômico por ter supostamente organizado e distribuído, segundo a denúncia, farta bebida e alimentação durante uma cavalgada. A denúncia foi embasada em documentação e oitiva de testemunhas e teve parecer favorável pela cassação pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). Pulu já havia tido o mandato cassado em dezembro de 2017 em decisão proferida pela Justiça Eleitoral de Ubatã, mas respondia a ação no cargo. Com a decisão desta quarta, Pulu ainda pode ingressar com Embargos de Declaração no próprio TRE-BA para tentar se manter no cargo. Caso seja negado, ele ainda poderá recorrer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. Caso o vereador não obtenha êxito nos recursos, assumirá o cargo o advogado Atemilson Mantena (PRB).

(Ubatã Notícias)