Diretor do Conjunto Penal de Jequié emite nota de esclarecimento após denúncia sobre suposto assédio moral e abuso de poder

No finalzinho da tarde desta terça-feira (16), o Bahia em Dia publicou uma matéria onde o policial penal e instrutor-chefe do Curso de Aperfeiçoamento Policial Penal (CAPP), Gilson Ferreira, denunciou ao Sindicato dos Policiais Penais da Bahia (SINSPEB), um suposto caso de assédio moral e abuso de poder por parte do diretor do Conjunto Penal de Jequié, Elmar Lopes Silva (Veja aqui).

Baseado nesse fato, o diretor do Conjunto Penal de Jequié, Elmar Lopes Silva, entrou em contato com nossa redação nesta quarta-feira (17) para prestar uma nota de esclarecimento. Veja a declaração a seguir:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Recebemos com tristeza a notícia de uma nota de um Sindicato de Salvador com conteúdo infundado (com MENTIRAS) CALUNIANDO o Diretor do Conjunto Penal de Jequié, Dr. Elmar Lopes, tratando de supostos episódios que nunca aconteceram.

A VERDADE é que existe um pequeno grupo de Servidores do Conjunto Penal de Jequié que “estavam acostumados com algumas práticas impróprias”, que não são permitidas, causando insatisfação com a Direção.

Para a devida compreensão, acerca do tema que envolve o armamento, cumpre esclarecer que a responsabilidade pelo material Bélico de uma Unidade Prisional no Estado da Bahia, é do Diretor da Unidade, portanto não há fundamento nenhum pra esta nota inventada e publicada pelo Sindicato, nunca coube a servidor nenhum qualquer tipo de decisão acerca desse tema, é o DIRETOR quem PERMITE ao servidor fazer carga de uma arma, e não ao contrario. Está ai a mentira.

Estamos fazendo GESTÃO PÚBLICA promovendo ações de RESSOCIALIZAÇÃO e de CUIDADO com o INTERNO e com o SERVIDOR, sempre com diálogo e carinho tudo dentro dos princípios norteadores da Administração Pública.

Acontece que em desfavor do servidor Gilson Ferreira, foi encaminhado a Corregedoria da SEAP, um conjunto probatório, para apuração de infração administrativa por meio de PAD – Processo Administrativo Disciplinar, nos termos da Lei 6677/94 (ESTATUTO DO SERVIDOR), “POR ABANDONO de POSTO” no plantão deste servidor, tudo documentado.

“NÃO TRATA-SE DE NOTA INFUNDADA E SEM PROVAS”.

Este mesmo servidor inclusive desrespeitou o Diretor, usando palavras de ofensas. Sabe-se que em outras Gestões, Diretores foram afrontados por servidores, com “TAPAS NA MESA DO DIRETOR”, DEDO NA CARA DO DIRETOR, GRITOS, e etc.

Em recente episódio, ao solicitar institucionalmente o material Bélico para a realização de Inventário, como ocorreu com todos aqueles que detinham a carga de armas, os Agentes Ordinários não fizeram oposição e entregaram as armas, já alguns Policiais Penais membros do GEOP, disseram ao Diretor que não daria a arma, inclusive um deles disse que “SE FOSSE TOMAR HAVERIA TROCA DE TIRO”, TRATA-SE DE AMEAÇA do Servidor ao Diretor. Vale salientar que ate a presente data não foram entregues todas as armas institucionais do Estado que encontram-se com o grupo GEOP o que inviabiliza a conclusão do inventário.

AS PROVAS dos fatos narrados, foram juntadas e adotadas as medidas judiciais legais e medidas administrativas legais, que foram encaminhadas a SEAP – Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado da Bahia.

Numa expressão de carinho, na manhã desta quarta-feira 17 de janeiro de 2024 o Diretor foi surpreendido com uma manifestação de apoio dos servidores de plantão com a entrega de um abaixo assinado em solidariedade ao Diretor Elmar Lopes.

Esta direção manifesta o respeito pelo trabalho dos POLICIAIS PENAIS e inclusive os do Grupo Especial de Operações Prisional – GEOP, por sua importância e serviços prestados ao Estado da Bahia.

Estamos comprometidos a continuar desenvolvendo o trabalho dentro da legalidade, e afirmamos que não vamos promover nenhum ato de ilegalidade para satisfazer a quem quer que seja.

Continuaremos firmes, com o trabalho sério e com dedicação, fruto da confiança que nos foi depositada pelo Governador Jerônimo, pelo Presidente do MDB da Bahia Alex Futuca e demais lideranças políticas. Ao passo que nos colocamos a disposição para eventuais esclarecimentos.

Siga o Bahia em Dia nas redes sociais 

Instagram: https://www.instagram.com/bahia_em_dia/

Facebook: https://www.facebook.com/bahiaemdia/

Bahia em Dia