Sexta, 14 de Junho de 2024
(73) 9 9808-0765
Polícia Polícia

Dezoito pessoas são presas em operação contra PMs da Bahia e Pernambuco

Foram cumpridos diversos mandados nas cidades baianas de Salvador, Juazeiro, Santo Antônio de Jesus, Porto Seguro e Lauro de Freitas, além Petrolina, em Pernambuco, e Arapiraca, em Alagoas

21/05/2024 11h38 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Fonte: G1
Dezoito pessoas são presas em operação contra PMs da Bahia e Pernambuco

Dezoito pessoas foram presas e uma foi baleada na manhã desta terça-feira (21), na Bahia, Pernambuco e Alagoas, durante uma operação da Polícia Federal, que investiga policiais militares da Bahia e Pernambuco, CACs e lojistas suspeitos de integrar uma organização especializada em vender armas e munições ilegais para facções criminosas.

Para a operação, foram determinados o cumprimento de 20 mandados de prisão e 33 de busca a apreensão. A pessoa baleada foi identificada como Diego do Carmo dos Santos. O confronto aconteceu no bairro São Gonçalo do Retiro, em Salvador.

As investigações apontaram que Diego do Carmo fez 16 encomendas aos investigados. A primeira delas ocorreu em 14 de fevereiro de 2022 e a última, em 6 de junho de 2023, ou seja, um período de cerca de 16 meses.

Segundo a Polícia Federal, desde as primeiras horas da manhã, cerca de 325 policiais cumprem os mandados em desfavor de agentes de segurança pública, CACs, empresários e lojas de comercialização de armas de fogo, munições e acessórios. 

O cumprimento dos mandados ocorreram nas cidades baianas de Salvador, Juazeiro, Santo Antônio de Jesus, Porto Seguro e Lauro de Freitas , além Petrolina, em Pernambuco, e Arapiraca, em Alagoas.

A Polícia Federal informou que o caso continuará a ser investigado, na tentativa de descobrir a real amplitude da suposta organização criminosa e identificar outros integrantes. Receba as principais notícias direto no WhatsApp! Siga o canal  Rede Bahia em Dia

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.