Sexta, 14 de Junho de 2024
(73) 9 9808-0765
Política Brasil

Bahia e outros cinco estados possuem obras contra enchentes que se arrastam por até 15 anos

Além da Bahia, Espírito Santo, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo abrigam projetos de obras que deveriam evitar os impactos de fenômenos da natureza, mas que nunca se concretizaram

13/05/2024 15h43 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Fonte: O Globo
Enchente em Itabuna no ano 2021
Enchente em Itabuna no ano 2021

Os anúncios feitos pelos governos federal e estaduais de verbas emergenciais para o atendimento a vítimas de desastres naturais e para a reconstrução de cidades não é a garantia de segurança para moradores de áreas atingidas. Obras contra enchentes se arrastam até 15 anos, em pelo menos seis estados, com promessas de gastos de R$ 7,3 bilhões (valores corrigidos). 

Bahia, Espírito Santo, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo, com históricos de estragos provocados por fortes temporais, abrigam projetos de obras que deveriam evitar os impactos de fenômenos da natureza, mas que nunca se concretizaram. Em alguns casos, foram cancelados, paralisados ou se arrastam há décadas, obrigando famílias a morar em áreas de risco.

A Bahia, por exemplo, que foi castigada no final de 2021 pelas chuva também soma obras paradas. Foi anunciada a liberação de R$ 136 milhões corrigidos para os municípios atingidos. Pelo menos 190 foram prejudicadas e houve 30 mortes. Mas desde 2013 há ações de prevenção de enchentes em andamento.

Em Salvador, são 120 locais com obras de contenção de encostas orçadas R$ 282,2 milhões corrigidos iniciadas em 2014. Outras, de 2013, no valor de R$ 44,8 milhões corrigidos, foram paralisadas com 89% da obras executadas. Itabuna e Ilhéus reúnem obras de prevenção de enchentes que, juntas, somam R$ 7,6 milhões corrigidos. Há macrodrenagem em Itabuna, iniciada em 2010, e recuperação de encostas em Ilhéus, de 2016. 

Receba as principais notícias direto no WhatsApp! Siga o canal  Rede Bahia em Dia

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.