Policial Militar é morto a tiros em Salvador e é o segundo agente assassinado em 2 dias na Bahia

Um policial militar foi morto a tiros na noite de terça-feira (19), próximo da Praça da Revolução, no bairro de Periperi, no subúrbio de Salvador. Segundo a Polícia Civil, o crime tem indícios de tentativa de assalto. Os suspeitos fugiram.

A vítima foi identificada como Vagner Nunes Costa, soldado lotado na 11ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Barra). Vagner Nunes teria participado de uma partida de futebol com amigos e após deixar o local onde jogava, foi baleado, por volta das 21h40min. Informações iniciais apontam que ele foi abordado por dois homens armados, em uma motocicleta, que tentavam cometer um assalto.

A vítima, que teria reagido ao crime, foi socorrida por equipes da Rondas Especiais (RONDESP) Baía de Todos-os-Santos (BTS) e levada para o Hospital do Subúrbio, mas não resistiu. Informações iniciais apontam ainda que a arma do policial foi levada pelos suspeitos. No entanto, a Polícia Civil não confirmou essa versão.

Em nota, a Polícia Militar informou que o soldado Vagner Nunes fazia parte da corporação desde 2009 e deixou esposa e uma filha de 9 anos. O crime é investigado pela 3ª Delegacia de Homicídios (DH/BTS), que fica no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Este foi o segundo homicídio de agentes da Polícia Militar em 2 dias, no estado da Bahia. No outro caso, o soldado Luís Ricardo da Costa Santos, de 40 anos, foi morto a golpes de faca na noite do último domingo (17), durante uma briga em uma distribuidora de bebidas no centro da cidade de São Desidério, no oeste do estado (relembre).


Siga o Bahia em Dia nas redes sociais 

Instagram: https://www.instagram.com/bahia_em_dia/

Facebook: https://www.facebook.com/bahiaemdia/

Bahia em Dia